Prefeitura libera ponte inacabada

ASSISTA (ABAIXO) VÍDEO DA REPORTAGEM DA
TV TEM SOBRE AS PONTES E PINGUELAS DE PILAR DO SUL
Tráfego na Américo Brasiliense foi liberado com buraco e sem asfalto
A administração do alcaide Toninho da Padaria (DEM) liberou para o tráfego a ponte da Rua Américo Brasiliense, ao lado da delegacia. A obra está inacabada e falta asfalto e, ainda, está em construção às obras de gabiões as margens do Córrego da Passagem, entre a rua Américo Brasiliense e Avenida Miguel Petrere.

Para evitar acidentes e que pedestres e veículos caiam nas crateras existes no local, a prefeitura adaptou corrimões feitos com madeira, o que dá um aspecto feio ao local que fica próximo da Rodoviária, portão de entrada e passagem de pessoas na cidade.

Obra inacaba: corrimão de madeira confere um aspecto feio ao local
A TV Tem exibiu no Tem Notícias de ontem, 16, uma reportagem (veja aqui) mostrando o abandono das pontes que caíram com as chuvas em janeiro de 2010, portanto há 1 ano e 8 meses atrás, mas até agora apenas uma das pontes (da delegacia) foi parcialmente reconstruída e as outras duas estão sem previsão de reconstrução. A prefeitura, a mesma que está gastando R$ 180 mil na reforma da praça central, alega “falta de verba” e que não há previsão de quando as pontes serão reconstruídas. Enquanto isso, munícipes se utilizam de horríveis ‘pinguelas’ para fazer a travessia nos locais.

O interessante na reportagem da TV Tem é que quem fala sobre as obras é Onivaldo Ribeiro, chefe de meio ambiente da confusa administração TP, e não Pedro Balduíno, secretário de obras, ou alguém da secretaria de obras.

A reportagem foi filmada na terça-feira, 13, e no dia seguinte a prefeitura se apressou e liberou a ponte ao tráfego, mesmo sem terminar as obras.



Fonte: TV Tem (clique e leia a matéria completa)
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

2 comentários:

Eleitora indignada disse...

Com o valor disponibilizado para obra não foi possível termina-la ? Estranho. Mais, já que demorou tanto, porquê não esperar terminar a obra para liberar o tráfego ? Quem esperou 20 meses poderia esperar mais 20 ou trinta dias. Obrigado Sergio pela matéria. Embora existam outros veículos de comunicação em nosso município, estes sequer fazem a mínima menção dos problemas de nossa cidade, parecendo que vivemos numa Pilar do Sul utópica.

leticia mizumoto disse...

Parece brincadeira!, se não tem verba para acabar uma obra, então porque a burrice de começar outra,(tão esperto é o nosso prefeito encheu nossa cidade de "obras" que na verdade não passa de buracos e cavocados intermináveis, vai ver que na "cabecinha oca" dele tá pensando em achar alguma mina de ouro em meio de tantos buracos, para achar dinheiro para pagar a obra,já que a tal da verda nunca chega,se é que já não chegou e os coitadinhos naõ ficaram sabendo,já que tanta é a lerdeza de inteligência na prefeitura!.

Postar um comentário

PUBLICIDADE