PTB defende candidatura própria e Angelo Paiotti diz que está a disposição

"Investir em gente, nas pessoas... é assim que vou trabalhar
se for eleito prefeito de Pilar do Sul", afirmou Paiotti
Candidatura própria a prefeito e uma chapa forte de candidatos a vereador, esse foi o grande mote da reunião do PTB que aconteceu na sexta-feira (30/09) no auditório da câmara municipal. Os petebistas lotaram o auditório e foram unânimes em afirmar que o PTB deve ter candidatura própria e consolidar o processo de crescimento que o partido obteve nos últimos anos, principalmente nas duas últimas eleições, quando elegeu João Batista (em 2004) e Marquinho (em 2008), além de emplacar João Batista candidato a vice-prefeito na chapa com Zeca Despachante (PMDB) na eleição passada.

A reunião, que lançou cinco pré-candidatos a vereador, contou com a presença dos principais expoentes do partido como o presidente da legenda, vereador Marcos Augusto de Góes Vieira; ex-vereador João Batista; Angelo Paiotti, recém-filiado ao PTB e cotado para ser candidato a prefeito; Sebastião Silva Filho, da Secretaria Estadual de Esportes; Fábio Guerra, do PTB de Sorocaba; José Medina, primeiro suplente de vereador de Sorocaba; além do prefeito Toninho da Padaria (DEM) que também marcou presença e discursou no evento dos petebistas.

Em seu discurso Toninho da Padaria agradeceu o apoio do PTB e, principalmente, do Vereador Marquinho “grande companheiro e parceiro da nossa administração”, e ressaltou a importância do PTB na sua gestão.

Discursando na tribuna, João Batista lembrou e agradeceu os primeiros membros do PTB, desde Orlando Lagroteria (primeiro presidente nos anos 80), passando por Barrinha (Carlos Roberto de Barros) primeiro vereador eleito (em 1988), até os dias atuais. Falando do crescimento do partido, João deixou claro o desejo dos petebistas em ter candidatura própria: “O PTB não pode ser cauda, tem que ser cabeça”, disse. “O PTB terá que ter candidato próprio a prefeito. Sou pré-candidato a vereador, mas até me disponho, e deixo o meu nome a disposição, se preciso for, para ser candidato à prefeito para manter o PTB crescendo e se fortalecendo”, afirmou João Batista.

O presidente Marquinho defendeu a mesma posição corroborada pelos principais lideres do partido, mas afirmou que o PTB está disposto ao diálogo com os outros partidos. “Estamos abertos para isso. Para fazer qualquer coligação, para qualquer possibilidade de aliança com os demais partidos, mas estaremos fortes nas eleições do ano que vem”, disse. No seu discurso Marquinho também disse que o PTB não aceitará, nas alianças, traições e nem “aventureiros políticos que queiram nos usar para chegar ao poder”.

O discurso mais esperado era o do ex-vereador e empresário Angelo Paiotti. Em uma articulação que envolveu o ex-prefeito Antonio Ayub, junto ao deputado Campos Machado (presidente estadual do PTB), Angelo Paiotti se filiou recentemente ao partido e é cotado para ser o candidato da sigla à prefeito.

Ao anunciar o empresário e lhe passar a palavra, Marquinho fez elogios, não só a Paiotti, como ao ex-prefeito Antonio Ayub, “uma pessoa fundamental para as articulações e propostas dentro PTB, atualmente”.

Angelo Paiotti fez um relato de sua trajetória política, passando por seu mandato de vereador (2005/2008), até se filiar ao PTB em 27 de maio de 2011 (leia aqui). Pregou união e humildade, sem desprestigiar ninguém, abrindo conversações com todos os partidos que queiram compor com o PTB.

“O partido tem que ter candidatura própria e eu me coloco a disposição para ser candidato a prefeito, a vice, ou vereador, estou aqui para ajudar, para compor com o grupo”, disse Paiotti em tom conciliador.

O prefeiturável defendeu um plano de emergência para a cidade para prevenir os problemas e citou como exemplo a frota sucateada de caminhões da prefeitura que, segundo ele, às vezes se gasta mais com manutenção e horas paradas - o que aumenta o custo, do que, ao invés disso, renovar a frota.

Para a saúde, Paiotti defendeu um plano de ação integrado com a Santa Casa e a informatização do sistema de saúde. “Só para citar como exemplo, teve uma pessoa que com uma só receita pegou remédio em três lugares diferentes, por falta de um sistema que integre as unidades de saúde e, ao mesmo tempo, faça o controle de entrada e saída de materiais, além de agendamentos de consultas e atendimento, o que evitaria o desperdício e melhoraria a qualidade no atendimento a população”.

Para Angelo Paiotti, que é empresário no ramo de materiais para construção, o próximo prefeito terá que concentrar todos os esforços e investir no cidadão. “Já foram feitas muitas obras. Chegou a hora de deixarmos de pensar em obras de cimento e tijolos e pensar nas pessoas, nas famílias. Chegou a hora de fazermos investimentos em saúde, educação, em um condomínio industrial, porque o atual está sufocado, para gerar os empregos que a população precisa”, disse. “Investir em gente, nas pessoas... é assim que vou trabalhar se for eleito prefeito de Pilar do Sul”, encerrou Paiotti.

Os petebistas compareceram em bom número a reunião
Pré-candidatos a vereador, Angelo Paiotti e Marquinho
Toninho discursou na reunião e agradeceu o apoio do PTB
Clique nas fotos para ampliá-las
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

7 comentários:

Mineira de Pilar disse...

Oi Sergin.

Lá um Camundongu du Norti, pra lá de Belrizonti umas 500 légua noi tinha um candidatu qui era farso iguar nota de 50 cum desenhu de onça preta. Noi chamava eli di gatão da praça mordi que pintava iguar gatu memo qui noi tinha. Oi esse gagtu nossu era amsim. Nas noiti di lua saia atrai das gata e miava, miava, miava andanu im cima dus muro i dos teiado. Quanu em argum quintar aparacia arguma coisa boa pra pude cume eli ia lá, quanu quiria carni eli roçava nas perna, miava baxinhu, só pra mordi ganha a carninha. Mai pra caça ratu era uma coisa de ruim sô. NUm caçava nada e ainda catava a cumida du cachorro Pimpão. Quandu aparecia ladrão ou otro animar istranho o Pimpão corria atrai e mordia memo, mai o gatão fugia e parecia depoi. Noi inte achava qui eli também era bão. Mai depoi qui noi vimo que eli era ruim demu um jeitu neli e mandamu di vorta pro dono verdadero deli, agora noi num dá carne mai não, tá ficanu gordin dimai sô. Só qui pru Pimpão noi arrumemu uma casinha nova bem bunita e ração da mió qualidadi modi que eli mereci. Mordi memo.Essi noi num larga.
Oi até mi isqueci qui noi tava falanu du candidatu lá da minha terra. Aqui é tudo bão né? Num tem ninguém farso nem iguar gatu né? Eu gostu muito daqui mordi que us candidtu cunheci noi, passa lá na vila e cumprimenta noi veiarada, até toma nosso cafézin marrentu di minas. Tá certo qui dispoi das leição elis tem muitu trabaio e num tem memo cumo vir aqui na vila, noi inté intendi e noi ispera elis di cada 4 anu memu.
O Sergim, oia o Marqui infermero vereado cuma qui tá gordin tamém, pareci rostão di bolacha sô. Ô Marquin regimi pro cê e dá umas caminhada nas pista di cuper, asim qui fala Sergin? nas pista di cuper qui fizeru pra noi veiarada caminhá cum segurança.

Braçu pru ceis tudo e abra o zoio nas leição. Os doi zóio viu.

samuca disse...

Gostaria de destacar algumas falas entre elas a do João Batista que diz que" o PTB não pode ser cauda, tem que ser cabeça" me leva a perceber que ele, joão não esta nada contente com a condução do partido e inclusive se coloca a disposição como candidato a prefeito,adiantando o discurso do Angelo Paiotti,Marquinhos atual presidente do PTB,apesar da noticia trazer que defendeu a mesma posição corroborada com pelos principais lideres, afirma que o partido esta disposto ao dialogo com outros partidos mas não aceitara "nas alianças", traições e nem aventureiros politicos que queiram nos usar para chegar ao poder. Pra falar em alianças, quem podera e não podera, tem que conhecer os possiveis pretendentes ao cargo almejado,e quem é que esta afim de chegar ao poder a qualquer custo? Ou ele sabe quem é e não quiz dizer ou ele acabou confessando que o partido não fara alianças com ninguem e tera chapa própria, prefeito e vice e só estara aberto para poder agregar os candidatos a vereadores,pois só apresentaram cinco e a Camara Municipal tera onze vereadores e eles mesmo elegendo os cinco deles ainda seriam a minoria e não teriam governabilidade se sózinhos forem, bem quanto ao Angelo Paiotti, que teve a sua fala como conciliador, da forma que o Blog noticia, mais prece um Padre ou lider religioso pregando humildade e união, não apresenta nada de novo, não fala de como fazer, onde e quando fazer, faz discurso que ja estamos cansados de ouvir é o velho posando de novo, ainda diz que veio pra ajudar o partido no que dele precisarem e seja como candidato ou seja la o que for para ele ajudar o partido. Eu ainda não ouvi nenhum dos possiveis candidatos dizer, estou me colocando como candidato, defenderei e cmprirei com as diretrizes partidarias, o meu projeto é ser prefito de Pilar do Sul onde teremos que rever o quadro de servidores diminuindo os cargos comissionados e assim valorizar e capacitar o funcionalismo e o serviço publico, rever a politica de arrecadação com uma reforma tributaria, capaciatr a nossa mão de obra pilarense, rever a politica atual de geração de empregos e rendas, enfim, Pilar do Sul tera um choque de administração onde sejam atendidos toas as classes e diferenças seja na area rural ou urbana, politicas e projetos de melhoramentos e recuperação de estardas rurais onde assim sera valorizado o produtor e o produto do campo, na segurança, discutir com a sociedade para ver qual sera o modelo de Guarda Municipal que queremos, se alguem aparecer com estas propostas este sim tera o meu voto, por enquanto, tudo volta como antes no quartel de dante!

Cidade Alerta disse...

Como um filiado ao PTB, acho que devemos sim concorrer com cadidato proprio.
Mas antes de dar nome e definir os candidatos, temos que fazer uma "PRE BOCA DE URNA", para ver na afeição do povo, quem seria mais voto.
Pensemos nisso, antes desta decisão.

voz do povo disse...

PORQUE O SENHOR"SAMUCA",NÃO SE CANDIDATA A PREFEITO?PARECE QUE SABE TUDO,PELO MENOS ESCREVE BEM,PARECE ENDENDER DE POLITICA PUBLICA,MAS ACHO QUE NEM VEREADOR O SENHOR NUNCA FOI?OU SERÁ QUE ESTOU ENGANADO?PREFEITO ASSIM QUE O SENHOR FALOU E OQUE TODO MUNDO QUER,MAS TÁ DIFICIL DE PARECER UM SUJEITO ASSIM PRA NÃO DIZER IMPOSSIVEL.DIMINUIR CARGO COMISSIONADO?E O CABIDÃO DE EMPREGO COMO É QUE FICA?DAR CARGO PRA FUNCIONÁRIO CONCURSADO?SERÁ QUE NÃO É MAIS DIFICIL LIDAR COM "MACACO VEIO"????

samuca disse...

Agradeço ao VOZ DO POVO por me indicar candidato a prefeito pelos meus conhecimentos politicos e administrativos, é verdade que nem vereador eu fui e nunca estive candidato através de pleito eleitoral, quanto a me candidatar a prefeito, não me encontro nas possibilidades por não fazer parte do quadro politico que pleiteiam o cargo de executivo municipal, a respeito do quadro de servidores é só prezar pela equidade, razoabilidade, eficiencia e respeito a coisa publica como impessoalidade e economicidade, haja visto que trata-se de administrar um orgão publico, tem que ter em mente o resultado da prestação de serviços, afinal o eleito nada mais é do que representante do povo e todo o ato administrativo politico tem por finalidade o interesse publico, é só o prefeito e vereadores eleitos seguirem estes regramentos denominados principios administrativos, um abraço Vóz do Povo e me coloco a sua disposição.

voz do povo disse...

CARAMBA,SAMUCA,LOGO QUE EU TAVA IDEALIZANDO UMAS MUSIQUINHAS PRA SUA CAMPANHA:-UPA,UPA,UPA,VOTEM NO SAMUCA,OU CHEGA DE GENTE CADUCA,VOTE NO SAMUCA,OU CHEGA DE ENROLAÇÃO SAMUCA É A SOLUÇÃO OU ESSA MUSIQUINHA,QUE TEM QUE POR O NOME DO VICE:-QUE TAL UM NOME FICTICIO-- SAMUCA E O PEDRÃO E GENTE DO POVÃO "35"(TAMBEM FICTICIO)E O IDEAL PRA GANHAR ESSA ELEIÇÂO,EPA,EPA,EPA,JÁ OUVI ESSA MUSIQUINHA EM ALGUM LUGAR E ACHO QUE NÃO DEU MUITO CERTO NÃO,AINDA POR CIMA POSSO SER PROCESSADO POR PLAGIO.MAS NA VERDADE E TUDO BRINCADEIRA SEU SAMUCA,GOSTEI MUITO AI DA SUA EXPLICAÇÃO POR NÃO QUERER SE CANDIDATAR A CARGO PUBLICO,MAS A GENTE PRESCISA FAZER UMAS PIADINHAS DE VEZ EM QUANDO MESMO QUE SEJA SEM GRAÇA,PRA PODER ESQUECER O CAOS QUE ESTÁ ESSA ADMINISTRAÇÃO.A GEMTE BRINCA MAS FALA SERIO.UM ABRAÇO SEU SAMUCA.

samuca disse...

Com toda certeza VOZ DO POVO, educação se faz com atos ludicos, culturais e históricos, pode me chamar de Pedro Samuel de Camargo se assim preferir, mas o debate civilizado somente nos traz mais conhecimentos e assim poderemos analisar os acontecimentos que por muitas vezes ocorrem por nossas culpas ou irresponsabilidades. Mas continuo a disposição não só da vossa senhoria e sim de todos aqueles que queiram apresentar e debater propostas exequíveis para a nossa querida Pilar do Sul.

Postar um comentário

PUBLICIDADE