Projeto de lei pode proibir carona em moto em São Paulo

AP
Vocês se lembram dessa notícia que demos aqui? Pois não é que ela foi aprovada pelos nobres deputados.

Do R7 - A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou, nesta terça-feira (22), um projeto de lei que proíbe a carona em motocicletas de segunda a sexta-feira. Se a lei for aprovada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), ela passará a valer para os municípios com mais de um milhão de habitantes, como é o caso de São Paulo, Campinas e Guarulhos.

O projeto é de autoria do de autoria do deputado Jooji Hato (PMDB). Além disso, os motociclistas terão que fixar o número da placa em um colete e no capacete. Em caso de descumprimento pode resultar em multa de R$ 130.

Gilberto Almeida dos Santos, o Gil, presidente do SindimotoSP, sindicato que representa os motoboys de São Paulo, diz que o projeto é um "absurdo".

- Isso é um absurdo e um tremendo retrocesso na liberdade das pessoas de irem e virem, de moto, a seus trabalhos, passeios e até transportar pessoas para hospitais.

O presidente Gil avisa que irá, se for o caso, promover uma passeata em São Paulo para que não haja a aprovação da lei. Disse ainda que também prepara uma carta de repúdio, porque acredita que houve discriminação na lei, e já audiência com o governador.

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE