De virada, Raça bate a Transcarvalho é campeão municipal


Foi emocionante a final da primeira divisão do Campeonato Municipal de Futsal entre as equipes do Raça Futsal e da Transcarvalho Futsal realizada na noite de ontem no ginásio municipal de esportes Pedro Batista. Depois de dominar a partida durante 35 minutos, quando vencia por 3 a 0, o Transcarvalho se perdeu em quadra e, com erro de arbitragem, viu o Raça empatar (3 a 3) faltando meio segundo para terminar a partida. Com o empate, o título só foi decidido na prorrogação, com vitória do Raça por 3 a 1, fechando o jogo em 7 a 4, placar final.

Mesmo sem Douglas, seu principal jogador, o Trans Futsal, com um time entrosado, dominou a partida até aos 15m do segundo tempo, quando, com gols de Fernandinho(2) e Dudu, vencia por 3 a 0. Ambas as equipes perderam chances de ampliar o marcador. Ainda no primeiro tempo Josué (Raça) teve a oportunidade de empatar, mas o chute explodiu no travessão da meta defendida por Tigrilo, No segundo tempo foi a vez da Trans Futsal meter três bolas na trave. O goleiro Rafael (Raça) também interviu com boas defesas.

O Raça fez jus ao nome, já que o time, menos entrosado que o adversário, e contando com o reforço do ala Kiko (Guimarães/Silvano/Sorocaba), se superou na base da garra e da determinação. E a reação da equipe veio aos 15m do segundo tempo com gols de Evinho (1x3) e 19’30 com Paulinho (2x3). Em seguida aconteceria o lance capital da partida. Faltando 0,5 segundo, isso mesmo: meio segundo para o jogo terminar, o árbitro João Carlos Ibañes marcou uma falta inexistente em uma divida entre Fernandinho e Evinho. O árbitro alegou que o atleta do Transcarvalho cometeu jogada perigosa, entrando de ‘carrinho’. A marcação foi muito contestada pelos jogadores da Transcarvalho. Como o Trans já havia ‘estourado’ em falta, a cobrança foi direta, sem barreira. Na cobrança, Kiko bateu rasteiro com categoria e empatou o jogo que foi pra prorrogação (um tempo de 5m). Com moral e empurrado pelos seus torcedores, grande maioria no ginásio, o Raça venceu por 3 a 1 fechando a goleada em 7 a 4, para alegria, não só dos jogadores, como do técnico Edgol (eleito o melhor técnico da competição), de Val, patrono da equipe, e torcedores.

Cruz Azul goleia Vila e é campeão da segundona
Foi de virada, e, como diz o ditado, de virada é mais gostoso, que o Cruz Azul venceu a Nova Pilar e conquistou o título da segunda divisão. O time começou perdendo o jogo e, comandado pelo ala Daniel, principal destaque do jogo, virou a partida e aplicou uma sonora goleada por 8 a 1 no time da Vila que não foi, nem sombra, daquele time de outrora, e foi completo e totalmente envolvido pelo Cruz Azul que dominou o duelo do começo ao fim do jogo e consagrou a melhor equipe da competição com o título e o acesso a divisão de elite no ano que vem. A Vila também integrará a primeira divisão em 2012.

Decisão da terceirona deu América
Na decisão da terceira divisão o campeão foi o América que bateu o Mac Max Tintas pelo placar de 4 a 3, em jogo também recheado de emoções e decidido, apenas nos minutos finais. Ambas equipes disputarão a segundona em 2012.
Transcarvalho vice-campeão
Paulinho o artilheiro da primeira divisão
Paulinho o artilheiro da primeira divisão

Silas, Paulinho, Val e Edgol


Val e Edgol, eleito o melhor técnico da 1ª divisão
América (vermelho) campeão da terceirona em cima do Mac Max





Silvio Yasuda (sec. de esportes) e Castor artilheiro da segundona
















Outros resultados e campeões

Dia 06/12 - Terça-feira (FINAIS)
Sub-09: ABFC/Campestre 5x2 Futuros Craques
Sub-11: Futuro Craques 9x0 ABFC/Campestre-A
Sub-13: ABFC/Campestre (3)4x4(2) Juventus
Sub-15: Desma 4x3 ABFC/Campestre-A

Dia 07/12 - Quarta-feira (FINAIS)
Feminino: ABFC/Campestre (3)1x1(1) Mac Max/SELJ
Sub-17: Mac Max/SELJ 3x2 Desma
Sub-19 Desma 2x1 Juventus FC

Dia 08/12 - Quinta-feira (disputa de 3º lugar)
3ª Divisão: Verona/Hamada 6x3 Amigos
2ª Divisão: Ouro Safra 9x5 Bazar Tomie/Multi Class
1ª Divisão: Falcão Azul/Douradinho 5x2 Sup. Rugine/Doda
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

2 comentários:

KIEDIS disse...

FALTA 'INEXISTENTE' EM UM LANCE DE CARRINHO NO FUTSAL... vc só pode ser torcedor do Transcarvalho.

NÃO
EXISTE
CARRINHO
NO
FUTSAL

Sergio Santos disse...

Kiedis... você viu o lance?

Eu não estava torcendo pra ninguem.

Na minha visão e de vários torcedores que estava próximo ao lance [estavámos na grade atrás do gol, de frente para o lance] não foi carrinho. Na matéria eu disse que o árbitro entendeu como carrinho [o que eu discordo].

O Fernandinho foi caindo pro lance, mas não foi carrinho... foi travada normal. Essa é minha opinião e de muitos outros que estavam ao meu lado.

Um abraço. Participe sempre.

Postar um comentário

PUBLICIDADE