Colheita da uva chega ao fim: Preço foi menor, mas produtividade maior

A colheita de uvas finas se encerra no início de abril em São Miguel Arcanjo e Pilar do Sul  (SP). A safra, que começou em janeiro, teve oferta mais escalonada neste ano. Assim, em fevereiro, quando tipicamente ocorre o pico de oferta, as vendas foram mais controladas e não houve quedas acentuadas de preços. Apesar disso, de janeiro a março, as cotações foram menores se comparadas às do mesmo período de 2011, devido ao aumento agregado da safra, que teve melhor produtividade. Na média dessas regiões paulistas, a itália foi cotada a R$ 2,09/kg de janeiro a março, 20% acima do valor mínimo estimado pelos produtores para cobrir os gastos com a cultura e 5% abaixo do preço do mesmo período de 2011.

A produtividade média nos dois municípios foi de 26,6 t/ha. Quanto à variedade niagara (rústica) de São Miguel Arcanjo, a colheita também teve início em janeiro, mas a oferta diminuiu em meados de março. A niagara teve cotação média, de janeiro a março, de R$ 2,06/kg, valor 32% acima do mínimo, mas 12% acima do verificado na safra/11. Neste ano, a produtividade e a qualidade foram maiores, devido ao clima seco e quente na região durante os três primeiros meses do ano. Na média, foram colhidas 22 t/ha, 28% a mais que na safra anterior. A colheita de niagara volta a se intensificar em abril e continua até maio, período chamado de “poda verde”. (Fonte: CEPEA/Esalq).
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE