Polícia flagra extração irregular de areia no Rio Turvo

Após receber denúncia, investigadores da Delegacia de Polícia de Pilar do Sul flagraram, na última quarta-feira (29) no Rio Turvo, no bairro da Barra, zona rural, uma extração irregular de areia e apreenderam uma draga, motor e apetrechos que eram utilizados na extração, bem como constataram a ocorrência de crime ambiental.

Segundo o boletim de ocorrência, a Casa da Agricultura, através do engenheiro agrônomo Aldovir Gori, vinha recebendo diversas denúncias de extração clandestina de areia e comunicou o fato a polícia que fez buscas e localizou a draga clandestina num local conhecido como Sítio do Armando. No momento da chegada dos policiais nenhuma pessoa foi encontrada operando o equipamento, mas tinha certa quantidade de areia extraída as margens do rio evidenciando a atividade clandestina naquele local. Após a perícia técnica, um guincho foi acionado para retirar a draga do leito do rio.

Na quinta-feira (30) o agricultor Nivaldo Rosa Murat Junior, 32 anos, compareceu à delegacia e assumiu ser o proprietário dos equipamentos apreendidos. Ele afirmou que havia arrendado um terreno para uma pessoa, a qual ele só conhece pelo primeiro nome, Márcio, que ainda não foi localizado e identificado pela polícia, e que seria o responsável pela maioria dos danos ambientais encontrados no local.

A Polícia continua investigando para identificar todos os responsáveis pela extração irregular e clandestina de areia e aguarda perícia técnica dos equipamentos, bem como do local, e o levantamento dos possíveis danos causados ao meio ambiente. Nivaldo foi ouvido e liberado.

Foi necessário o uso do caminhão do guincho para retirar e transportar o equipamento...

...de extração clandestina de areia no Rio Turvo. Fotos cedidas pela Polícia Civil
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE