Funcionário público comete suicídio no Jardim Panorama

O funcionário público municipal, Everton Gonçalves, de 31 anos, foi encontrado morto, no início da madrugada (1h15) deste sábado (09), enforcado, em uma corda amarrada em uma viga, em sua residência na Rua Araçá, no Jardim Panorama, zona rural de Pilar Do Sul.

Segundo o boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Militar, um familiar de Everton o encontrou já sem vida e acionou a PM. Os soldados Donizete e Luciano atenderam a ocorrência.

Uma equipe de perítos da Polícia Cientifica esteve no local e realizou perícia técnica. A Polícia Civil vai investigar o caso, que foi registrado como suicídio.

Este é o quarto suicídio registrado em pouco mais de três meses em Pilar do Sul. Na última quarta-feira (06) uma mulher de 36 anos morreu depois de saltar da ponte sobre do Rio Turvo (leia aqui). Em janeiro um rapaz de 22 anos foi encontrado enforcado, no dia de seu aniversário (aqui) e em novembro, do ano passado, um motorista de 32 anos se enforcou no Bairro da Paineira (aqui).

Everton Gonçalves/Foto: reprodução do Facebook
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

5 comentários:

Anônimo disse...

meu DEUS como pode,o mundo ta no fim mesmo!!só DEUS NA VIDA DESSAS PESSOAS!!!

Anônimo disse...

Nossa esse rapaz ficou no Hospital entre a vida e a morte, praticamente Deus deu a vida novamente e agora ele tirou a vida com suas próprias mãos.Que Deus console sua família.

claudia disse...

Everton você vai fazer muita falta que você esteja em um bom lugar nos vamos sentir saudades que DEUS conforte sua esposa e sua familia

Anônimo disse...

Deus peço a vc que o senhor ai do ceú conforte as pessoa de sua familia qUE ficam aqui sem muita estrutura, pois sabemos que é muito dificil perder alguem que amamos muito... que a familia desse jovem seja consolada por DEUS.....

Enfermeiro disse...

É lamentavel, pessoas tão jovens cometendo estes fatos. Faço um alerta para as autoridades locais em saúde pública, para que haja um planejamento de assistencia social e psicologica, identificando possiveis quadros depressivos, e estes encaminhados para a especialidade médica, para o devido tratamento preventivo. Aproveito para parabenizar Sergio Santos pelo excelente site.

Postar um comentário

PUBLICIDADE