Cercados pela PM, assaltantes fazem refém de escudo e conseguem fugir

Após render um rapaz de 19 anos, dois ladrões armados com um revólver calibre 38 e uma escopeta calibre 12 invadiram um sítio no Bairro do Claro no início da noite desta terça-feira (04). Eles vasculhavam a casa quando foram surpreendidos por uma guarnição da Polícia Militar. Desobedecendo a ordem dos policiais e utilizando a vítima como escudo, os bandidos conseguiram fugir, embrenhando-se em uma mata.

Segundo a polícia, o assalto aconteceu por volta de 18h30 e apenas o rapaz estava no sítio. Os bandidos chegaram à pé. Eles vasculharam a casa à procura de pertences que lhes interessavam. Nesse momento a irmã do rapaz ligou no sítio e estranhou o modo como o irmão atendeu o telefonema e imediatamente ligou para o seu pai, que ligou várias vezes para o filho que não atendia as ligações. Desconfiado o agricultor, que estava na cidade, foi até o destacamento da PM e relatou o acontecido, dizendo que desconfiava de assalto.

De pronto, os policiais, cabo Batista e soldados Oliveira, Nogueira e Denis, em duas viaturas se deslocaram para o sítio. Lá chegando encontraram as luzes de fora apagadas. Os PMs chamaram pelo rapaz e um dos bandidos, armado com uma escopeta calibre 12, abriu a porta, percebeu que era a polícia e voltou para dentro. A partir de então, os policias passaram a negociar o rendimento dos bandidos, ordenando que eles libertassem a vítima e se entregassem. Os bandidos se recusaram e disseram que se a PM não os deixassem fugir matariam a vítima. Os policiais alertaram os bandidos que o sítio estava cercado pela PM. Depois de cerca de 15 minutos de negociação, os bandidos saíram utilizando a vítima como escudo, com as armas na cabeça do rapaz e entraram com a vítima em um carro e fugiram para os fundos do sítio. Próximo a uma mata eles abandonaram a vítima, se embrenharam no mato e fugiram.

À nossa reportagem o cabo Batista disse que naquele momento o mais importante era preservar a vida da vítima: “somos profissionais, treinados para lidar com uma situação dessas e fizemos o máximo possível para preservar a integridade da vítima, que naquele momento era feita refém”, disse o policial. Batista disse que por causa da escuridão no local os PMs fizeram o acompanhamento a distância da fuga dos bandidos até que tiveram certeza que a vítima estava fora de perigo.

Os policiais realizaram busca na região, mas devido a noite e o denso matagal no local, não conseguiram localizar os assaltantes, que fugiram levando um Notebook em um mochila.

A ocorrência foi registrado na delegacia de polícia como roubo e retenção de vítima. A polícia vai investigar o caso para tentar identificar a dupla de assaltantes.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

3 comentários:

Anônimo disse...

.Acabou o sossego até nos sitios,ta feia a coisa pessoal,o jeito é ir morar na lua

Anônimo disse...

eles so robao porque tem ums tonto que compra coisa roubada..

Anônimo disse...

SABE SERGIO AQUELA MOTO ROUBADA QUE POSTEI EM UM DOS MEUS COMENTARIOS SEMANA PASSADA DO MEU IRMÃO.ENCONTRARAM HOJE ABANDONADA ATRAS DA ESCOLA RECHINELLI.OBRIGADA A TODOS QUE NOS APOIARAM NESSE MOMENTO DIFICIL.DEUS ABENÇÕE A TODOS

Postar um comentário

PUBLICIDADE