Idoso é preso por porte ilegal de arma e tentar subornar PM de Pilar do Sul

Macaco Bugio cruza tranquilamente a estrada, em frente a viatura / Foto: Henrique Perin.
Um idoso, de 73 anos, foi preso em flagrante, na manhã do último domingo (28), no Bairro dos Góes, divisa dos municípios de Tapiraí e Pilar do Sul, acusado de porte ilegal de arma de fogo e por tentar subornar um policial.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta de 11h, os Policiais Militares Perin e Luciano, do destacamento da PM de Pilar do Sul, realizavam patrulhamento pela região quando se deparam com um automóvel VW Fusca, estacionado, com as portas abertas e sem ninguém por perto. Os PMs estranharam e fizeram uma busca no veículo e localizaram, uma espingarda calibre 36, numeração raspada, e 19 cartuchos.

Diante da suspeita de que no local poderia estar ocorrendo algum crime, os policiais adentraram ao sítio em frente e abordaram dois homens. Com um deles, o idoso de 73 anos, os PMs localizaram mais 3 munições intactas.

Questionado, o idoso confessou ser o proprietário, do Fusca, da arma e das munições e que não possuía qualquer documentação deles.

Armas e munições apreendidas/Foto: Henrique Perin.
Ao ser informado que seria autuado em flagrante e conduzido a delegacia, o idoso, segundo a polícia, teria oferecido ao soldado Luciano uma quantia de R$ 50 para que fosse liberado. O policial não apenas recusou a oferta, como comunicou ao idoso que ele acabara de cometer outro crime, corrupção ativa (art. 333 do C.P.) e que seria autuado também por isso.

Próximo dali, na residência do idoso, que fica do lado de Tapiraí, os policiais localizaram mais três espingardas, e munições. Ao todo, foram apreendidas quatro espingardas, 13 cartuchos intactos e 32 cartuchos deflagrados e apetrechos para recargas de cartuchos.

Conduzidos a delegacia, o idoso foi autuado em flagrante acusado de porte e posse ilegal de arma de fogo, e munições, e corrupção ativa, por tentar subornar o policial, e conduzido a CDP (Centro de Detenção Provisória) de Capela do Alto-SP. O delegado de plantão em Tapiraí era o delegado de Pilar do Sul, Dr. Milton Andreoli.

Durante a ocorrência, PM fotografa Macaco Bugio
Um fato curioso nessa ocorrência foi que, entre o trajeto do sítio para a cidade, um Macaco Bugio cruzou tranquilamente a frente da viatura da Polícia Militar. O soldado Henrique Perin conseguiu fotografar o animal, que parou para a foto e, depois, desapareceu na mata.

Tudo indica que as armas apreendidas com o idoso seriam utilizadas para caça ilegal. Veja que curioso: a PM apreendeu as armas e o macaco surgiu diante dos policiais como se quisesse agradece-los por aprender os armamentos que frequentemente são utilizados para ceifar as suas vidas. Seria uma demonstração de gratidão aos policiais?

Armas e munições apreendidas / Foto: Henrique Perin

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE