Queimada é crime: Fogo em mato mobiliza equipes da prefeitura

Equipes da Brigada de Incêndio e da Defesa Civil se mobilizaram na tarde da última terça-feira (13) para conter uma queimada em um terreno baldio no Jardim Esperança, zona leste de Pilar do Sul. O mato seco e alto contribuiu para a propagação das chamas, que só foram totalmente contidas com o auxílio de um caminhão pipa.

Vizinhos ao local não souberam informar como o fogo começou, mas as chamas ameaçavam chegar até as casas lindeiras ao terreno e a imensa fumaça incomodou os moradores do Jardim Colina e Vila São Manoel e poderiam ser vistas de várias partes da cidade.

Depois de uma hora e meia de intenso trabalho e com o auxílio de um caminhão pipa de uma empresa, já que o caminhão pipa da prefeitura estava em serviço na área rural, em um local que não pega o telefone, o fogo foi contido.

A Defesa Civil disse que não foi possível detectar como o fogo se iniciou, mas tudo indica que foi proposital e que o responsável pelo incêndio não foi identificado.

Queimada é crime
Provocar queimadas em matas e florestas, mesmo na zona urbana, é crime ambiental tipificado na Lei Federal 9.605 (Lei de Crimes Ambientais). Os infratores, se identificados, estão sujeitos às penas previstas nos artigos 14, 15 e 41 que podem chegar até seis anos de cadeia, além de multa que pode ir de R$ 50 até R$ 50 milhões, dependendo da gravidade do caso.

A Defesa Civil orienta a população a denunciar os infratores para a polícia, ligando no telefone 190 (PM) ou 197 (Polícia Civil).

Outra orientação da Defesa Civil é que a população acione a Prefeitura assim que for detectado o início do incêndio, o que facilita a sua contenção. Telefone da Prefeitura é 3278-9700.

Fotos: Sérgio Santos e Evandro Carvalho
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE