Acusado de estuprar crianças é preso pela Polícia Civil em Pilar do Sul

Viatura da Polícia Civil/Arquivo Sérgio Santos.
Cumprindo mandado de prisão, a Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira (07) o ajudante geral João Carlos Gomes Vieira, 50 anos, acusado de molestar sexualmente duas crianças em Pilar do Sul.

Segundo o inquérito policial, o caso aconteceu entre os anos de 2005 e 2009, período que o acusado era amasiado com a avó das crianças, que na época dos fatos tinham 8 anos de idade.

O tarado se aproveitava que as mães das crianças iam trabalhar, e as deixavam na casa da avó, para abusar das meninas, sem, no entanto, consumar o estupro. 

João C. G. Vieira
Foto: POLÍCIA CIVIL
Segundo o inquérito, o tarado ameaça as meninas para não contar nada para ninguém. Assustadas e não suportando mais a sequência dos atos libidinosos, elas contaram para as mães, que denunciaram o tarado à polícia.

Quando o caso veio a tona, em setembro de 2009, João Carlos fugiu e depois se apresentou na delegacia com um advogado, se reservando o direito de se manifestar apenas em juízo, e respondeu o processo em liberdade.

Em agosto, último, a Justiça foi condenou João Carlos Gomes Vieira a cumprir uma pena de 21 anos de reclusão e, desde então, ele era considerado procurado da justiça.

Na tarde de hoje, por volta de 15h30, uma equipe da Polícia Civil passava pela Rua D. Lucio Antunes de Souza, quando avistaram o acusado. Um dos investigadores, Alessandro Mendes, reconheceu João Carlos e o prendeu. Conduzido a delegacia ele foi recolhido a cadeia local, de onde só deverá sair quando tiver seus 71 anos de idade.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

16 comentários:

  1. Parabens para os policias civil pela boa obs e prender este melhante

    ResponderExcluir
  2. Parabens para os policiais q nao deixaram passar sem ser visto

    ResponderExcluir
  3. Agora sim, justiça sendo feita..que apodreça na cadeia, esse monstro

    ResponderExcluir
  4. pena que o melhante que atropelo o botina não teve a mesma ponição? ( ja pensou se estrupador pudesse pagar fiança tambem seria um Deus nos acuda . ainda bem que não tem a famosa fiança

    ResponderExcluir
  5. eu vanilde do conselho tutelar e minha filha estavamos no onibus do cometa sentado perto desse monstro sem saber desse fato

    ResponderExcluir
  6. Parabéns a todos os policias em especial ao Alessandro Mendes, policial experiente, batalhador, faz valer sua profissão... exemplo de profissional... o que seria de Pilar sem ele para ajudar combater a violência em nossa cidade ... Parabéns ... "Precisa ser mais reconhecido, valorizado..."

    ResponderExcluir
  7. Vedade...esse alessandro da delegacia e o melhor envestigador de pilar do sul parabens. Cris.

    ResponderExcluir
  8. Muito legal, prenderam, tem que ficar lá mesmo, é isso aí...
    Mas, "melhante"? Tá de sacanagem senhora?

    ResponderExcluir
  9. DEVERIA COLOCAR ESTE VAGABUNDO PARA APANHAR NA CADEIA TODOS OS DIA ATE COMPRIR A SUA PENA (E AINDA E POUCO PELO QUE FEZ )

    ResponderExcluir
  10. Vai vira mocinha na cadeia!!

    ResponderExcluir
  11. COM QUANTOS ANOS? 71 ANOS??? TA BOM ACREDITEM EM PAPAI NOEL TAMBEM???? MENOS DE 9 ANOS ELE ESTARA NAS RUAS DE NOVO NINGUEM CUMPRE O QUE O JUIZ DETERMINA É 1/3 DE PENA ESTARA NA RUA DE NOVO INFELISMENTE...
    .......

    ResponderExcluir
  12. Para mim uma pessoa que abusa de crianças só pode estar com algum demonio no corpo. Eu apoio a pena de morte para pedófilos. E parabéns ao Policial pela memoria fotografica!

    ResponderExcluir
  13. Vagabundo
    Safado
    Monstro

    Esse maniaco merece prisao perpetua
    Tem tantas mulheres purae i foi mexe justo com criança inocente ,
    Qe a justiça seja feita

    ResponderExcluir
  14. nesse caso não tem castração quimica bem que poderia ter

    ResponderExcluir
  15. Que excelente trabalho do investigador!
    Reconhecer após tanto tempo esse 'meliante', que memória, hein?!

    ResponderExcluir