Homem morre e outro fica ferido em grave acidente na rodovia SP-264

FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.
Um homem morreu e outro ficou ferido em um grave acidente na noite desta segunda-feira (25) no quilômetro 139 da rodovia Francisco José Ayub, a SP-264, no Bairro Água Doce em Pilar do Sul.

O acidente aconteceu por volta de 21h20 e evolveu um caminhão Volkswagen, de uma empresa de Guapiara-SP, e um Chevrolet Celta, placa da cidade de São Paulo.

Os veículos colidiram de frente. No impacto, o Celta partiu ao meio e ficou totalmente destruído. Houve um princípio de incêndio, mas uma testemunha que passava pelo local apagou o fogo, utilizando um extintor.

O motorista do caminhão, identificado pelo prenome de Dirceu, disse que trafegava sentido Pilar do Sul quando repentinamente o Celta invadiu a contramão, vindo pra cima do caminhão, e que não foi possível evitar a colisão.

O Celta foi arrastado por cerca de 30 metros e virou um amontoado de ferro e lata retorcidos. O caminhão, que estourou os pneus dianteiros e o para-brisa, ficou desgovernado e só parou, cerca de 80 metros adiante, dentro da mata.

Edmilson Santos da Silva, 38 anos, motorista do Celta, ficou preso às ferragens e morreu na hora. O ajudante do caminhão ficou ferido com escoriações nas pernas e foi socorrido por uma ambulância à Santa Casa e não corre risco de morte. O motorista do caminhão não se feriu.

O acidente mobilizou viaturas e equipes da Polícia Militar e Rodoviária, DER (Departamento de Estradas de Rodagem), e o resgate do Corpo de Bombeiros. 

O caminhão estava com uma carga de argamassa, que tinha carregado na Minercal, em Salto de Pirapora, e seguia destino à Capão Bonito-SP.

Ainda não foi identifcado o municípo que residia o motorista do Celta, Edmilson Santos da Silva, e nem se ele tinha familiares em Pilar do Sul, ou em alguma cidade da nossa região.

Nota da Redação: A SP-264 é conhecida como a "Rodovia da Morte" devido a quantidade de acidentes, muitos deles com vítimas fatais. Em 2012 centenas de feridos e 14 mortes foram registradas na rodovia, cujas obras de duplicação é prometida há anos pelo governador Geraldo Alckmin e por seu antecessor José Serra, ambos do PSDB. Soma-se a demora para o início das obras de duplicação ao fato de que raramente o trecho entre Sorocaba, Pilar do Sul e Salto de Pirapora é fiscalizado pela Polícia Rodoviária, e os abusos dos motoristas, como excesso de velocidade e desrespeito as leis e normas de trânsito, faz da viagem pela SP-264 uma aventura, da qual nem todos sairão com vidas.

FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.
FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.
FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.
FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.

FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.

FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.
FOTOS: SÉRGIO SANTOS / BSS.

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

19 comentários:

Anônimo disse...

Não precisa publicar este comentário, não é nem uma crítica mais sim uma sugestão, suas reportagens sao muito bem feita e de utilidade publica, mais sou contra a publicação de imagem onde aparece a vítima, ainda mais neste estado em que esta na foto... pois acho que nenhum familiar do mesmo gostaria de velo nesta situação e sim lembrar de fotos dos momentos bons da vida que ele teve.... as outras fotos sim são mais para ver mesmo como foi o acidente.

Anônimo disse...

Desculpe da informação que aqui foi postada referente a duplicação da rodovia, no meu ponto de vista é mais fácil culpar a estrada do que realmente levantar o que levou ao acontecimento do fato, isso quer dizer que a imprudência é causa de 80% dos acidentes, querer lutar contra a força que existe em um carro, não se preocupando com ser que existe, é preciso que seja analisado sua causa para que assim possamos ter a certeza daquilo que possamos falar, e também para uma melhor conscientização ao transito e respeito a vida. Portanto, quero aqui colocar essa difícil situação de mais uma vida que se perde na estrada, poderia ser um de nós.

Sergio Santos disse...

Anônimo das 9:34, o texto critica sim a demora da duplicação da SP-264, mas cita três fatores para os graves acidentes:

1) demora da duplicação;
2) falta de fiscalização da Polícia Rodoviária: e
3) os abusos dos motoristas, como excesso de velocidade e desrespeito as leis e normas de trânsito.

Sergio Santos disse...

Anônimo das 9:18: entendo e agradeço a sua sugestão. Não costumo publicar fotos assim, mas o objetivo é mesmo chocar e chamar a atenção e, quiçá, despertar nos indivíduos (pelo menos em alguns deles) a triste realidade da consequências de atos insanos no trânsito brasileiro que mata mais por ano, do que motou-se em toda a guerra do Vietnã, do Iraque, Bósnia, Afeganistão, etc.

Sabia que serei criticado, pensei bem antes de postar a foto. Mas as vezes tem que chocar para que as pessoas se conscientizarem... (o extinto jornal Noticias Populares colocava fotos bem piores que esta. A foto que publiquei está bem longe, só ampliando pra conseguir ver).

Se conseguir salvar pelo menos uma pessoa, já terá valido a pena.

Sergio Santos disse...

Entendo que a duplicação da SP-264 (trecho Sorocaba-Salto) é IMPORTANTÍSSIMA, mas a precariedade da fiscalização da POLÍCIA RODOVIÁRIA aliada a LEI e uma PUNIÇÃO branda é o pior de tudo... Motoristas IRRESPONSÁVEIS, que desrespeitam todas as normas e leis de transito... andam feito loucos, com uma pressa BESTIAL, como que se não correr não irá chegar ao destino... e que ao cometerem as piores barbaridades NÃO PAGAM POR ISSO... A realidade é uma só: NIGUÉM VAI PRESO NO BRASIL POR CRIMES DE TRÂNSITO... Precisamos de uma lei enérgica, que o indíviduo pague, como qualquer CRIMINOSO, pelos crimes de trânsito.

Outra coisa... há 30 anos atrás os veículos, Fusca, Brasilia, Passat, Kombi, Corcel, Variant, Fiat 147, etc, não ultrapassava 100, ou 120km por hora (na reta).... Hoje qualquer merda de carro chega facilmente a 200km por hora... NÃO É UMA IMBELICILIDADE a velocidade máxima permitida no Brasil ser de 120km por hora e os carros correr 200km?... Porque não impõe uma lei que o veículo já sai de fábrica com o limite de 120km/hora????????

Enquanto isso 135 pessoas morrem por dia, e 50 mil morrem por ano, em acidente no Brasil... esses números são apenas as vítimas que morrem no local do acidente... Muitas outras morrem dias depois no hospital e cerca de 200 mil ficam feridas e, muitas delas, inválidas pro resto da vida.... OU SE CONSCIENTIZAMOS disso, e os nossos legisladores criam leis ENÉRGICAS, ou continuaremos a lamentar e ENTERRAR NOSSOS MORTOS...

Maita disse...

Só uma correção. A guerra do Vietnam, na sua fase americana (1965-1975), vitimou cerca de 1 milhão e meio a 2 milhões de vítimas, entre civis e militares de todos os lados envolvidos. Os dados que você citou são próximos ao número de baixas americano, cerca de 58 mil mortes.
Logo, o trânsito brasileiro, por ano, mata o equivalente a 10 anos de batalhas encarniçadas nas florestas do Vietnam, isso em vítimas americanas, melhor equipadas e protegidas.

Anônimo disse...

temos que ver sim fotos do tipo para todos se conscientizar,garanto se o cidadão do celta estivesse no limete permitido da estrada isso não teria acontecido,os caras sabem ir para frente e mal dar re no carro e querem correr feitos pilotos de formula 1 não tem respeito com as pessoas que por ela trafegam ai quem esta no padrão da estrada corre risco de vida por casa desses caras que fazem do carro uma arma. Parabéns Sergio ,quanto as fotos quem não quiser não olhe afinal não estão sendo obrigados a ver

Rafael Kauê disse...

Esse rapaz mora do lado da minha casa é o meu primo e não tem parente e nem amigos neste local. Ele foi fazer a troca de óleo do carro no jabaquára e nao voltou. Estamos querendo saber o que levou a ir nessa cidade. Posso dizer que era uma pessoa corteta, trabalhador

Anônimo disse...

Esse é o link do facebook do Edmilson, um querido, a família e os amigos estão todos muito tristes com tudo isso e sem saber direito o que aconteceu, na espera de novas notícias. https://www.facebook.com/profile.php?id=100000956443011&fref=ts
Tem também um vídeo do G1 http://g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-regiao/noticia/2013/11/motorista-morre-em-acidente-na-sp-264-em-pilar-do-sul.html

Anônimo disse...

sergio :seu trabalho e ótimo essas fotos mostra a realidade.e bom para a pessoa ter um pouco mais de conciençia. no transito;

Anônimo disse...

Edmilson era trabalhador, educado, filho único, uma pessoa discreta, muito legal, amigo de todos os vizinhos, queremos saber como isso aconteceu, ele saiu de casa e não voltou mais, como pode! A criminalidade esta demasiada em São Paulo, para esse palhaço anônimo que escreveu temos que ver sim fotos do tipo para todos se conscientizar,garanto se o cidadão do celta estivesse no limite... Não julgue, ele pois nem nós que somos amigos da família ainda não sabemos o que aconteceu. Só Deus pra dar paz a mãe dele que era uma pessoa maravilhosa, e que agora só Deus quem pode dar calma e paciência ao coração dela.

Anônimo disse...

Pô Sergio, não faça isso, apelação pra que
Você gostaria que fosse sua imagem, use efeitos photoshop

Anônimo disse...

Realmente as fotos estao ao longe e da sim pra se ter uma ideia de como infelizmente ficou a vitima. Mais aqui nao esta em questao as fotos publicas, pq o problema ´e bem maior, transito violento, falta de respeito com as leis, falta de fiscalizaçao nas nossas estradas, duplicaçao da via prometida pelos governantes e nada. desrespeito com a vida do proximo, leis cada vez mais fracas..e tantos outros problemas mais graves. As fotos chocam sim, mais nos seres humanos so aprendemos qdo somos chocados deparados com a dura realidade na nossa cara. Pra aprendemos a nao usar nossos veiculos como arma, aprendermos a valorizar a nossa vida e a do proximo. Se estiver com pressa saia mais cedo, se estiver atrasado para os compromissos e dai..a vida ´´e muito mais importante. Nao estamos julgando o rapaz apenas ele sabia dos motivos pra estar em alta velocidade...mais por favor que mais esse grave acidente de transito nos sirva de exemplo, pra que nenhuma vida volte a se perder assim de forma tao tragica.Muito triste.

Anônimo disse...

O que vc Sergio Santos tem contra o SAMU de Pilar do Sul? Por que não menciona que eles tbém estiveram prestando socorro em todas as suas postagem, porque vc omite e só coloca os bombeiros os rodoviários e nunca o SAMU?

Anônimo disse...

espero que a Policia investiguem o caso pois ele saiu de casa para trocar o óleo no bairro do Jabaquara e foi parar nesse local algo estranho uma pessoa que sai de casa para ir logo ali perto algum mistério.Isso só não foi só um acidente foi também uma criminalidade.Justiça não vamos descasar até saber de toda a verdade.

Anônimo disse...

Quem pode explicar o que ele foi fazer na outra cidade e o outro rapaZ ELE TAVA COM ALGUEM DO LADO

Sergio Santos disse...

Viu como é ruim ser ignorado?
Não tenho absolutamente nada contra os socorristas...
Deixem de passar informações seletivas para APENAS uma pessoa... Se quiser conversar estou a disposição. Estou aberto ao diálogo...

Entendam uma coisa: Eu existia antes da AMBULÂNCIA, existo com a AMBULÂNCIA e vou continuar existindo sem a AMBULÂNCIA... Trabalho com notícias há 16 anos em Pilar do Sul... Pra mim é indiferente falar, ou não, da AMBULÂNCIA... Pra mim não muda absolutamente nada.

Respeito! É só isso que eu peço...
Respeito todo mundo gosta, e eu também.

Sergio Santos disse...

Ontem, dia 26/11/2013 o "Blog do Sérgio Santos" teve 4.842 acessos únicos (visitas) e 15.561 leituras de páginas, ou de textos (page views)... 15 vezes mais do que teve o principal concorrente... Respeito, apenas isto que eu peço. Respeito.

Maita disse...

Seja qual for o motivo do acidente, uma coisa é verdade: os carros vendidos no Brasil são um lixo. Mas o pacote não vem sozinho. A ignorância do nosso povo também ajuda o Brasil a ser o quarto pior trânsito do mundo.

O problema nunca foi a alta velocidade. Na Alemanha, onde as autobans não tem limite de velocidade o número de vítimas é mínimo. O problema sempre foi a imprudência.
Pessoas que não sabem nem engatar a ré se aventuram a 100, 120 nas estradas. Um absurdo.

Aliado a isso, não sabemos nem o que comprar. O brasileiro acha que ter um carro 1.0 financiado em 200 vezes é a coisa mais incrível do mundo. Se tiver controle do som no volante então, perfeito.

O brasileiro compra carros que vêm de fábrica com trio elétrico e rodas de liga leve mas não faz a menor ideia do que são ABS e Air-Bag.
Carros, que sempre tiveram tração traseira e portanto, motor traseiro, hoje têm motores dianteiros, tudo para que a menor das colisões gere um gasto excessivo na substituição de peças do motor. O próprio motor 1.0 flex é uma enganação. Diminuindo cada vez mais a massa dos carros, aplicando ligas mais leves, fica fácil de fazer um motor desses render.

Outros matérias, como fibra de carbono são muito mais leves e muito mais resistentes, mas os estudos na área ainda são escassos. Por que? Por que não interessa. Qualquer coisa jogada no mercado é comprada em massa.

Renault Clio e Chevrolet Agile por exemplo, foram eleitos recentemente os piores carros da américa latina no quesito segurança. Isso falando de empresas que são referência no mundo. Mas para o mercado brasileiro qualquer coisa tá boa né?!

Outro absurdo vem por parte do governo. O imposto sobre bicicletas pe de 40,5% enquanto o dos carros é de meros 32%, isso falando de um produto altamente industrializado. O resultado? Um número crescente de vítimas no trânsito.
Ou passamos a exigir produtos com maior qualidade, o que implica maior segurança ou a coisa tende a piorar. Lei de Murphy

Postar um comentário

PUBLICIDADE