Justiça decreta prisão preventiva de casal acusado de roubo

O casal ficará preso até o julgamento / FOTO: POLÍCIA CIVIL.
A justiça acatou o pedido do delegado Milton Andreoli e decretou a prisão preventiva de Carlos Eduardo Vieira Lima, 32 anos, e sua mulher, Marina Germano Silva, 26 anos, presos no dia 09 de abril (leia aqui) acusados de praticar um assalto a mão armada no Bairro do Claro e um furto no Bairro do Pinhal.

De acordo com a polícia, na noite de 12 de fevereiro, os acusados, que estavam encapuzados e armados com uma faca e uma machadinha, invadiram um sítio no Bairro do Claro. Após render a família e recolher vários objetos eles fugiram, deixando as vítimas amarradas (leia aqui).

A investigação está sendo conduzida pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil que elucidou um furto realizado pelo casal em um sítio no Bairro do Pinhal e, inclusive, recuperou, na casa dos bandidos, vários objetos e uma geladeira que foram devolvidos para as vítimas.

A equipe de investigação informou que existe a suspeita da participação deles em outros crimes, por isso as investigações prosseguem.

Com a prisão preventiva decretada pela juíza Karina Jemengovac Perez, o casal deverá aguardar o julgamento e o desfecho das investigações presos. Ele na cadeia pública de Pilar do Sul e a mulher no presídio feminino de Votorantim.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE