Patrícia... Exemplo de superação e lição de vida ao vencer o câncer

Agora, a adolescente pilarense de 14 anos é a estrela de uma campanha publicitária do hospital do câncer infantil - GPACI

Patrícia com CD da sua música e o folheto da campanha/Foto: BSS.
Quem ouve a desinibida e descontraída adolescente Patrícia do Nascimento Pedroso, uma pilarense de apenas 14 anos, cheia de esperança e fé, contar como enfrentou e venceu o câncer fica sensibilizado com a sua história de superação, com o seu alto astral e a forma como ela encarou a situação. Ela fala, sem nenhum constrangimento, ou vitimização, dos problemas que enfrentou (e ainda enfrenta) nos últimos três anos, quando foi diagnosticada com um tipo de raro de câncer, o Tumor de Ewing.

“Nunca levei para o lado ruim. Sempre pensei que fosse dar certo. Nunca me ví como uma pessoa doente e, respeitando as orientações e restrições médicas, procurava fazer as coisas mais normais, como estudar, passear e brincar. Nunca perdi a fé em Deus de que venceria”, conta.

Patrícia é a quarta dos seis filhos do casal de agricultores Maria de Fátima do Nascimento e Amauri Mendes Pedroso e residem em um pequeno sítio no Bairro do Turvinho, zona rural, onde receberam a reportagem do Blog do Sérgio Santos para a entrevista.

Patrícia conta que tudo começou no ano de 2011. “Percebi que meu braço esquerdo começou a crescer com um inchaço, mas não sentia dor. Depois de um mês, eu e minha família percebemos que o inchaço não diminuía e procuramos um médico”. Do Centro de Saúde em Pilar do Sul, Patrícia foi encaminhada para o AME (Ambulatório de Especialidades Médicas) em Itu-SP. De lá, foi encaminhada para exames em São Paulo e reencaminhada de volta a Itú. Como os médicos não descobriam o problema, e desconfiados que se tratava de algo grave, a encaminharam para o Hospital do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil), em Sorocaba, onde, depois de passar por consultas, foi submetida a uma biópsia, realizada na Santa Casa de Sorocaba, que diagnosticou o câncer.

A partir daí, Patrícia, que acabara de entrar na adolescência, passou pelos mais difíceis momentos da sua vida, que está apenas no início, sempre tendo a companhia da sua mãe, Dona Maria de Fátima, sua companheira inseparável.

No GPACI, Patrícia teve acompanhamento médico e psicológico. Recebeu toda a orientação sobre o tratamento, como a temida quimioterapia e a inevitável queda de cabelos. “Fiquei tranquila e preparada para todas as etapas do tratamento”, diz Patrícia. “Fomos muito bem tratadas e cuidadas por todos. Um hospital muito bom”, acrescenta Dona Maria.

Sobre a pior fase do tratamento, que se iniciou em abril de 2012, Patrícia diz que foi a quimioterapia, por causa dos efeitos colaterais, como mal estar e ânsia de vômito. E a queda do cabelo? “Não foi o pior. Eu estava preparada. Já na primeira sessão da quimio o meu cabelo, que era grandão, começou a cair e eu apressei o processo. Passava o pente e caia aos montes (risos). Em poucos dias eles caíram e passei a usar lenço, numa boa”.

No início, Patrícia e a mãe eram apanhadas no sítio por uma ambulância da prefeitura todos os dias as 4h30 para ir ao GPACI. “Foi então que conhecemos a ABOS (Associação Beneficente Oncológica de Sorocaba), onde poderíamos se hospedar. Começamos a dormir lá e fomos muito bem acolhidas”, conta Patrícia.

Depois de sete sessões de quimioterapia, em outubro de 2012, Patrícia foi submetida a uma delicada cirurgia que durou cerca de três horas, que consistiu na retirada de parte do osso úmero do braço esquerdo, que foi enxertado com um osso retirado da perna e com tecido retirado do abdômen. O processo de reconstrução do braço contou ainda com a colocação de uma placa e parafusos de titânio.

Logo após a cirurgia, Patrícia ganhou um presente que mantém muito bem guardado. Um CD com a música “A Canção da Patrícia” feita exclusivamente para ela, com seu nome e as coisas que mais gosta, pelo Projeto Música Feliz (veja site aqui), grupo que cria gratuitamente músicas com o nome da criança, ou adolescente, portador de doença grave ou crônica, ajudando a elevar a autoestima delas, confortando e as motivando a enfrentar o difícil momento que estejam passando.

Depois da cirurgia, Patrícia ainda foi submetida a sessões de quimioterapia, em menor intensidade, e de radioterapia.

Por causa do tratamento, ela não pode frequentar a escola, mas, em mais uma mostra de dedicação, estudou no GPACI e concluiu a sétima série. Em 2013 voltou a frequentar a escola Cida Lacerda (Jardim Colina). “Daí continuei o tratamento e era corrido. Tinhas os dias de ir ao GPACI. Eu saia de madrugada, ia ao hospital, fazia o tratamento e voltava em tempo de ir para a escola. As vezes chegava atrasada (risos), mas a diretora entendia e me deixava entrar para frequentar as aulas, onde recebi muito apoio dos meus colegas e professores”.

A cirurgia foi um sucesso e Patrícia está curada do câncer, mas, durante os próximos cinco anos, a cada três meses, ela terá que voltar ao GPACI para avaliação e acompanhamento.

No final do ano passado, dona Maria de Fátima, recebeu uma ligação telefônica informando que deveria comparecer com a filha urgente ao hospital. A mãe ficou preocupada, mas lá chegando elas tiveram uma surpresa: Patrícia, que além de simpática é muito linda, havia sido escolhida para estrelar a campanha publicitária do GPACI. “Aceitei e fiquei muito feliz de poder retribuir com o hospital que tanto me ajudou”, disse Patrícia.

Foram feitas fotos, vídeo e áudio de Patrícia que foram utilizados em confecções de folders, outdoor, cupons e comerciais de revistas, jornais e TV da promoção “Acelera GPACI. As pessoas compram um cupom por R$ 25, ajuda o hospital, e concorre a um automóvel HB20, da Hyundai.

“Vamos ajudar. Porque lá a gente é bem cuidada”, diz dona Maria. Segunda ela o Hospital, além de recursos financeiros, necessita também de doações de medula óssea e sangue.

Solicitada a deixar uma mensagem para as pessoas que estão passando, ou que, por ventura, venham a passar pelo mesmo problema que ela, Patrícia disse: “Nunca pense no pior. Não desista, lute”.

No dia 31 de maio, próximo, Patrícia do Nascimento Pedroso fará 15 anos.

Patrícia com os pais, Amauri e Maria de Fátima / Fotos: Sérgio Santos

Veja, abaixo, os materiais da campanha publicitária (clique para ampliar). O aúdio no vídeo também é da Patrícia. Acesse o site do GPACI: www.gpaci.org.br


No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

19 comentários:

Anônimo disse...

Que lindo....Uma licao de vida...Que Deus Abencoe muito .

Anônimo disse...

exemplo de vida e de superação, conheço essa família, muita fé, muita esperança,muita garra e muita vontade de viver...parabéns Patrícia, que DEUS abençoe você e todos os seus familiares...........

Anônimo disse...

Como diz a frase: "nunca fale pra Deus o tamanho do seu problema, e sim pro seu problema o tamanho do seu Deus" que e maravilhoso e essencial em nossas vidas!! Grande licao da vida!!!

Vera Lúcia Nicomedes Macedo disse...

A Patrícia é uma menina que nos enche de alegria, ela é corajosa mesmo e está sempre de bom astral. Lá na escola Cida Lacerda, temos um enorme prazer em tê-la em nossa companhia. Parece-se como uma dessas poesias que tomam conta de nós: brota da espontaneidade, entra, grita, brilha...inunda a nossa vida e leva nossa tristeza.
Parabéns pelo dom da vida, Patrícia.

Anônimo disse...

Trabalho na escola que ela estuda, sempre de bem com a vida! Isso serve de lição para todos que, por qualquer problema, se entregam e só reclamamm sem procurar melhorar! Em frente Patricia, você é linda e tem muita vida pela frente!! Bjs.

Edmilson(Drogaria do Povo) disse...

Essa foi de tirar o fôlego,difícil não ficar comovido com os detalhes da sua batalha por uma nova vida,além também de suas horas escolares fornecidas pela Vera Lúcia Nicomedes,que faz com que agradeçamos ainda mais o Papai do Céu pelos filhos que temos em casa com muita saúde e que por vezes reclamamos de suas simples bagunças,que neste momentos estou morrendo de saudades e vontade de abraça-los,que Deus abençoe você Patrícia e sua mãezinha,lição de vida,amém.

Anônimo disse...

Parabens linda historia de vida, conheço a família dela, pessoas maravilhosas .

Anônimo disse...

Que Deus te abençoe parabens pela vitória

Anônimo disse...

Parabens deus te ilumine uma liçao da vida

Anônimo disse...

Que Deus abençoe essa menina e sua familia, que essa luta todos sabem é intensa,parabéns por encarar o problema de frente.

Natália Zini disse...

Parabéns pela reportagem, Sérgio. Que exemplo de superação. Vou sugerir aqui na tv. abs.

Anônimo disse...

O sorriso dessa linda jovem ,nos fás parar e pensar!! Será que sei oque é realmente sentir dor,e continuar a lutar como ela lutou? Lição de vida Patricia, que Deus ti abençoa cada dia mais,Linda e forte Patricia♥♥♥

Sergio Santos disse...

Obrigado Natália... Acho que ficaria muito boa essa história na TV. Abraços.

Cristina Joana disse...

Conheci a Patrícia há 3 meses.....Achei lindo ela ajudando a mãe e o pai nos deveres diários, e o mais importante....sorria tanto, que jamais imaginaria que passou e passava por tamanha prova. Que o Criador, mantenha sempre perfeita esta sua obra maravilhosa (PATRICIA)...Parabéns pequena grande MULHER!!!!!!

Anônimo disse...

que força e superaçao ,deus abençoe mto essa familia!!!

Shirley Santos disse...

somente com o sorriso desta menina para poder dizer obrigada deus pelo meus filhos perfeitos patricia que deus abençoe e continui com este sorriso lindo

Anônimo disse...

smente com este sorriso para dizer obrigado deus pelo meus filhos perfeitos pois podemos saber como esta mãe sofreu linda patricia continue com este sorriso gostoso vanilde

Anônimo disse...

MEUS PARABÉNS PELA REPORTAGEM SERGIO. SE PUDER PUBLIQUE SEMPRE REPORTAGENS ASSIM. PARA MOSTRAR QUE O AMOR DE CRISTO AINDA VIVE NAS PESSOAS. BOM EXEMPLO SEMPRE FAZ BEM

Anônimo disse...

O agir de Deus é liiiindo

Postar um comentário

PUBLICIDADE