Região Metropolitana de Sorocaba é aprovada por unanimidade na Alesp

Foi aprovado por unanimidade nesta segunda-feira, 08/04, durante sessão da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, o Projeto de Lei Complementar nº 1, de 2014, que cria a Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). Agora a proposta seguirá para sanção do Governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB).

O deputado estadual Hamilton Pereira (PT), autor da proposta que deu origem ao projeto apresentado pelo Governo do Estado, comemorou a aprovação da RMS e agradeceu todos os "parceiros nessa luta", que já duram nove anos. "Finalmente a nossa região, que já se metropolizou, se formalizará como Região Metropolitana, com direto a todas as ferramentas de planejamento criadas com a Lei", celebrou.

Para Hamilton, a integração entre os municípios deve incentivar o crescimento e o desenvolvimento de forma igualitária, destacando a vocação de cada uma das 26 cidades que formam a RMS.

A Região Metropolitana de Sorocaba será composta pelos municípios de Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.

Hamilton Pereira é autor da proposta que deu origem ao projeto apresentado pelo Governo do Estado / Foto: Divulgação/HP

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

1 comentários:

Anônimo disse...

Sergio nos informe quando veremos as vantagens dessa Lei Complementar, como ligar para as cidades que fazem parte da região metropolitana, como se fosse uma ligação local, sem usar o código de DDD.

Postar um comentário

PUBLICIDADE