Bandidos furtam objetos e R$ 1.200 de residência próxima a subestação

A estante ficou vazia / Foto postada pela vítima.
Depois de 17 dias de ‘folga’ a gangue de furtos a residência voltou a agir. É o sexto caso registrado na cidade em menos de um mês.

Na noite desta sexta-feira (20) eles arrombaram e invadiram uma residência na rua Amador Bueno Pereira, próximo a subestação de energia da Elektro, e furtaram diversos objetos.

Segundo a vítima, um gerente comercial de 30 anos, ele a esposa e os dois filhos, um de sete anos e outro de apenas um mês de vida, saíram de casa por volta de 20h20 para irem a festa do Asilo. Quando voltaram às 22h15 encontraram a casa arrombada e toda revirada.

Foram furtados um televisor Phillips de 42 polegadas, um notebook Lenovo, um Xbox 360, um tablet Acer, um celular Samsung Galaxy Y, dois cobertores de microfibra, e R$ 1.200, em dinheiro.

Dessa vez, os bandidos não pouparam nem o iogurte das crianças, tomaram tudo. Até a carne que estava na geladeira, os bandidos levaram.

Revoltado a vítima postou uma foto da estante vazia no Facebook e lamentou: “E os (...) ainda tomaram o danone que estava na geladeira e limparam a boca no macacão do meu filho. Que ódio”, desabafou.

A nossa reportagem a vítima disse que a sensação de chegar em casa e a ver arrombada “é muito ruim”. “Passa várias coisas na cabeça da gente, porque tenho esposa e dois filhos pequenos em casa”, disse.

DENÚNCIA - Qualquer informação que ajude localizar os bens e identificar os bandidos podem ser fornecidas a Polícia Militar, pelo telefone de emergência 190, à Polícia Civil, pelo telefone 197, e ao Disque Denúncia, telefone 181. A ligação é gratuita.

Para fazer uma denúncia, não é necessário se identificar e o anonimato do denunciante será preservado.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

5 comentários:

Anônimo disse...

Palhaçada isso, apenas uma viatura da policia militar para circular e cuidar da cidade inteira, falta de segurança.
Até quando, estão esperando algo pior acontecer? Heim Sra. Prefeita?

Anônimo disse...

Realmente ja passou da hora da prefeitura cobrar do estado mais segurança a cidade.
Afinal ficar o tempo todo apenas ganhando caminhão, e entro outros veiculos. nao ira proteger ninguem.

Anônimo disse...

Um monte de nóia, que não recebeu educação dos pais, roubando pra comprar drogas e a culpa é da Prefeitura? Da Prefeita? Sem dizer que, se eles forem pegos, são soltos logo depois por não serem maiores de idade.Tem muita gente sem noção mesmo! Só sabem apontar o dedo pros outros mesmo!!!

Anônimo disse...

Concordo com o anônima acima. O pessoal tem que perceber ainda, que se comparado ao que se vê Brasil afora ainda moramos numa cidade bem tranquila e segura! Lógico que está longe do ideal, mas moramos no Brasil meus amigos! As mudanças tem que começar por cada um, não adianta esperar que os políticos, a polícia...,etc...resolvam tudo. O grande problema de tudo está nos próprios brasileiros. As pessoas acham que sempre "alguém" tem que resolver. Botar a culpa sempre nos outros é fácil mesmo!!!

Anônimo disse...

Os pais deverão ficar atentos nas coisas q o filho leva pra dentro de casa,pode ser de alguém que sacrificou e economizou pra comprar, e veio um vagabundo e levou embora,pais sejam mais q um investigador,só vcs podem fazer a diferença,e só assim temos filhos de confiança, ensina seu filho a ter caráter e aceitar a verdade ,tenho certeza que vai se orgulhar de tudo q lhe ensinou [ninguém merece isso, muita tristeza].

Postar um comentário

PUBLICIDADE