Bandidos voltam a agir e furtam mais de 2.000 metros de cabos telefônicos

Funcionário consertando os cabos/Fotos: Sérgio Santos.
Bandidos voltaram a agir e, dessa vez, furtaram aproximadamente 2.200 metros de cabos telefônicos nos bairros Reunidas e Pinhal, zona rural de Pilar do Sul. O furto ocorreu entre os dias 1º e 2 de julho e deixou os moradores, mais uma vez, sem comunicação através do telefone fixo.

Este é o sexto furto de cabos telefônicos em apenas 70 dias naquela região. O último ataque ocorreu no dia 17 de junho, último, quando os ladrões furtaram 1.500 metros de cabos dos mesmos locais (aqui).

Durante todo o dia de hoje (03) técnicos da empresa Telefônica Vivo, proprietária das linhas e concessionária do serviço telefônico, estavam no local trabalhando para repor os cabos e restabelecer o serviço. Segundo um dos técnicos, que preferiu não se identificar, a previsão era que algumas linhas do Bairro Reunidas voltassem a funcionar ainda nesta quinta-feira e as demais, no Pinhal, amanhã. Segundo ele, o prazo médio para repor os cabos e restabelecer o funcionamento das linhas é de aproximadamente 48 horas.

Segundo o funcionário, foram furtados cabos de 300 pares (linhas) na Rua Otávio Domingues de Oliveira e na Avenida Antonio Batista de Proença, na Reunidas, e nas margens da estrada vicinal José de Almeida Rosa (Pilar/São Miguel), do km 6 até o as proximidades do Pesqueiro Yasuda, cabos de 100 pares, que comportam até 100 linhas de telefones.

Crime aumentou, mas ninguém vê nem ouve nada
Esse tipo de crime tem aumentado muito ultimamente. Além de causar um enorme prejuízo para as empresas, causa transtornos para os clientes que, na maioria das vezes, tem no telefone fixo o único meio de comunicação.

Segundo informações da Telefônica Vivo, apenas em 2014 no estado de São Paulo, foram furtados 1.154 quilômetros de cabos telefônicos.  Os criminosos sobem nos postes e, após arrancar os fios da rede, eles os descascam, ou queimam, para extrair a parte interna, que é feita de cobre.

As ocorrências têm sido registradas na polícia, mas a dificuldade de se identificar os criminosos é muito grande já que, geralmente, ninguém vê nada e os bandidos não são denunciados.

A polícia solicita se alguém vir alguma ação suspeita que ligue imediatamente e denuncie. O telefone de emergência da PM é 190. As denuncias também podem ser feitas à Polícia Civil, pelo telefone 197, ou pelo Disque Denúncia, 181.

Rua Otávio Domingues de Oliveira/Fotos: Sérgio Santos.
Em 2014 foram furtados 1.154 km de cabos no estado de SP/Fotos: Sérgio Santos.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE