Motociclista morre ao colidir com caminhão na Pe. Benedito Mariano

PUBLICADO AS 2h26 - ATUALIZADO AS 7h33
FOTOS: SÉRGIO SANTOS
Um motociclista morreu após colidir contra um caminhão no final da noite deste domingo (20) por volta de 23h50 na avenida Pe. Benedito Mariano, próximo a escola Dr. Narciso José, no Jardim Nova Pilar II.

Uma ambulância foi acionada, mas, com fraturas multiplas e traumatismo craniano, a vítima não resistiu e morreu no local.

Segundo informações colhidas no local, o motociclista Valdomiro Bruni de Aquino, 21 anos, residia no Bairro Reunidas e seguia no sentido centro-bairro e teria avançado a preferencial e colidido contra a lateral do caminhão que vinha no sentido contrário.

O caminhoneiro Valdimir Pereira, 45 anos, se evadiu do local e foi alcançado pelos policiais já na rodovia Francisco José Ayub (SP-264). Ele alegou que após passar a lombada viu a moto vindo em sua direção e que percebeu a colisão na lateral, na calota da roda dianteira esquerda, mas não imaginou que o motociclista tinha se ferido e continuou viagem.

O condutor do caminhão aceitou fazer o teste do etilômetro (bafômetro) que deu negativo para ingestão de bebida alcoólica.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia onde o caminhoneiro foi autuado em flagrante acusado de homicídio culposo na direção de veículo automotor. O delegado Milton Andreoli arbitrou uma fiança de R$ 1.000 que foi honrada pelo  caminhoneiro que foi liberado, mas responderá ao inquérito que vai apurar as causas do acidente.

A Polícia Militar, com os soldados Luciano, Cardena, Almeida e Leonilson atenderam a ocorrência e preservaram o local para a perícia técnica da Polícia Científica, onde compareceu os perítos Bernardo e Andreia.

O caminhão estava carregado de milho e seguia de São Miguel Arcanjo para Araçoiaba da Serra.




FOTOS: SÉRGIO SANTOS

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE