Criança atacada por bandido sai do hospital e reencontra sua cadela heroína

A criança e sua heroína / Foto: Sergio Santos / BSS.
A menina de apenas 10 anos que foi covardemente atacada por um bandido no último dia 30 de agosto (leia aqui) recebeu alta médica do Hospital Regional, onde ficou internada por 11 dias, e voltou para casa nesta terça-feira, dia 10.

O reencontra dela com familiares e amigos e, principalmente, com a cadela Kiara, que a salvou do ataque do criminoso, foi emocionante. “Obrigada, Kiara! Muito obrigada por me salvar”, disse a garota chorando abraçada a sua cachorra de estimação. A mãe também agradeceu a cachorra: “Obrigada por salvar a vida da minha filha, Kiara”, disse.

O pai da menina, um trabalhador rural, disse que Kiara está com a família há cerca de três anos. Ele afirma que a relação do animal com a menina sempre foi de proteção. “Elas se dão muito bem. A gente percebe que a Kiara protege a minha filha. Agora, depois desse caso, ela vai ser ainda mais querida em casa”, comenta o pai.

“Agora só quero ficar com a minha heroína. Quero voltar para escola, rever meus amigos e professores”, disse a menina, agora, depois que o pior já passou.

A criança contou que quando o homem entrou na casa e partiu pra cima dela ela chamou e atiçou a cachorra que mordeu o monstro e a salvou. "Falei assim: pega Kiara, pega ele. Aí ela foi para cima dele e mordeu a perna depois. Eu tentei fugir, mas aí ele bateu na minha cabeça. Num lembro de mais nada. Só lembro que acordei lá no hospital em Sorocaba", disse a menina a repórter Gláucia Souza, do portal G1.

O agressor fugiu antes que alguém percebesse o crime, que só foi descoberto quando a menina saiu do coma induzido e relatou o acontecido.

A Polícia Civil informou que está ouvindo testemunhas e finalizando o inquérito para solicitar a justiça a prisão preventiva de João Machado Rodrigues, vulgo João Hugo, de 42 anos, que está preso temporariamente desde o dia 05/09, quando o caso veio a tona, acusado de tentativa de estupro e de homicídio.

Segundo os pais da criança, os médicos informaram que a criança teve traumatismo craniano leve, por causa das agressões feitas pelo criminoso que utilizou uma mão-de-pilão para atingir a cabeça da criança. Ela permaneceu em coma induzido por cinco dias e durante o período os médicos administraram medicamentos e não foi necessário fazer cirurgia, ou drenagem. O recomendado agora é repouso para que ela possa se reestabelecer totalmente das lesões.

Leia mais no Portal G1 (aqui).
Clique aqui e assista o vídeo da reportagem a TV Tem


Kiara, a cadela heroína! / Foto: Sergio Santos / BSS.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabens,mesmo a essa cachorra Kiara. Que ela e sua dona e toda a sua familia,possa estar bem agora depois do grande susto,e penso comigo se nao tivesse sido,essa cachorra para ter salvo essa menina,so Deus saberia realmente o que teria acontecido,claro que isso que aconteceu a essa menina e um fato,lamentavel mas que sirva de exemplo para que nao maltratem esses animais como esta acontecendo por ai,esses caes e qual outro animal na nossa vida,e muito importante. Que a menina e sua cachorra Kiara,possam estar bem agora....

Anônimo disse...

Emocionante, graças a Deus a menina esta bem, amo cachorros são sincero.

Anônimo disse...

Caes são anjos dirfarçados, Lamentável muitos Pessoas por ai fazendo tanto mal pra esses animais que só possuem amor!!

Anônimo disse...

Gracas a Deus,essa menina esta,bem e que esse monstro fique preso, e o que ele merece e ainda e pouco, e que essa menina possa ficar bem junta com sua amiga de estimacao grande heroina...E Sergio Santos e a todos ficar atento com nossas criancas nossa cidade esta muito perigosa,nao sei se voces viram um mesmo caso,parecido mas lamentavel,que passou na jornal,uma menina de 6 anos foi abusada e morta na cidade de Itu,o maniaco foi transferido para nossa cidade aqui em Pilar do Sul,essa lei gente tem que mudar,e injusto fazer isso com qualquer pessoa mais ainda crianca...

Postar um comentário

PUBLICIDADE