Policiais Civis de Pilar do Sul são homenageados em Sorocaba

Os policiais civis de Pilar do Sul, delegado Milton Andreoli, os investigadores Alessandro Mendes, Reinaldo Fabri e José Aparecido, os escrivães Cristiano Venancio, Aparecida Ruzzene, Isa Marques e Maria Aparecida Rodrigues, além do agente policial Edison Ferreira, foram homenageados pela Delegacia Seccional de Sorocaba com a "medalha de congratulação pelo empenho e resultado”.

A cerimônia foi realizada na noite ontem (28) no anfiteatro do Sorocaba Park Hotel e contou com a presença de diversas autoridades, como o prefeito Antonio Carlos Pannunzio (Sorocaba) e o delegado Julio Guelbert (Deinter 7), representando o delegado geral de policia do estado, Mauricio Blazeck

Na oportunidade, vários policiais de cidades da região também foram homenageados "por se destacarem no desenvolvimento das atividades de polícia judiciária, em especial a investigação criminal, resultando no expressivo aumento da produtividade, com a elucidação de vários crimes, muitos de grande repercussão".

“Mais que uma forma de agradecimento, essa homenagem externa o reconhecimento da Delegacia Seccional de Polícia de Sorocaba ao inquestionável avanço na qualidade do trabalho de polícia judiciária que só pôde ser alcançado graças ao emprenho e dedicação de seus abnegados policiais civis”, diz a nota distribuída à imprensa pela Seccional.

Dentre os tantos trabalhos e casos solucionados os policiais de Pilar do Sul foram homenageados por terem esclarecido, identificado e prendido os acusados em quatro ocorrências:

O primeiro deles foi um caso de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido em 11 de julho de 2013 no Bairro Caxangá. Em pouco mais de 16 horas, a Polícia Civil elucidou, identificou e prendeu quatro menores acusados do crime (leia aqui).

O segundo caso foi o esclarecimento de um roubo ocorrido em 12 de fevereiro deste ano no Bairro do Claro. Os bandidos, encapuzados e armados com uma faca e uma machadinha, renderam e amarraram as vitimas. Um casal foi identificado e preso. Vários objetos furtados foram recuperados e devolvidos as vítimas (leia aqui).

Outra ocorrência de destaque e repercussão aconteceu em 13 de janeiro quando a Polícia prendeu uma quadrilha acusada de praticar vários em Pilar do Sul e em cidades da região. Naquela época, a população estava aterrorizada com uma série de roubos. Em pouco menos de 15 dias foram registrados oito casos do tipo (leia aqui).

A última ocorrência de enorme repercussão foi a operação Nascente das Águas II, que resultou na prisão de 23 acusados de tráfico e associação ao tráfico de drogas, em 16 de setembro. A mega operação contou com a participação de cerca de mais 40 viaturas e 100 policiais e delegados (leia aqui).

O que chama a atenção e que mereceu destaque durante a cerimônia de entrega das medalhas é que todos os casos foram solucionados, os acusados identificados e presos, sem que um único disparo de arma de fogo fosse efetuado pelos policiais, apenas utilizando a investigação e a inteligência policial.

Alessandro Mendes / Foto: Divulgação/Polícia Civil
Reinaldo Fabri / Foto: Divulgação/Polícia Civil
José Aparecido / Foto: Divulgação/Polícia Civil

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns, amigos que nosso trabalho, possa a cada dia ser valorizado e respeitado por todos...Espero estar o mais rápido formada, e os ajudando na cidade de Pilar do Sul.

vanilde aparecida dos santos lima disse...

parabens, muito merecido este pessoal trabalha muito bem.

Postar um comentário

PUBLICIDADE