PM mata dois suspeitos de explodir bancos em Pilar e Sarapuí

Dupla é suspeita de explodir banco em Pilar e Sarapuí.
FOTO: SÉRGIO SANTOS.
Cruzeiro do Sul - Dois suspeitos de integrarem uma quadrilha de roubo a caixas eletrônicos foram mortos pela Polícia Militar na madrugada da última quinta-feira (06) durante troca de tiros na avenida Paraná, no bairro do Éden. 

De acordo com boletim de ocorrência, os policiais militares tinham informações do serviço de inteligência de que em uma residência da rua Franca Vicentim, no Eden Ville, estavam hospedados suspeitos de envolvimento em roubos a caixas eletrônicos, possivelmente articulando uma nova ação. 

A PM passou a patrulhar a região, mas antes de montar o cerco, chegou a informação via Copom de que uma forte explosão havia acontecido próximo ao Hospital da Unimed, no outro ponto extremo da cidade. Duas viaturas foram deslocadas ao local, mas não identificaram irregularidades. As equipes retornaram ao bairro do Éden para seguir com a operação de desmanche da quadrilha, mas antes de chegarem ao local, foram informadas de que dois homens haviam deixado a residência, aparentando estarem armados, em um Honda Civic, placas EFQ-5374, de Capela do Alto. O carro seguiu no sentido do bairro Cajuru. 

Um grande cerco foi montado. Por volta de 2 horas da madrugada, a PM avistou o veículo se aproximando da ponte do rio Pirajibu. Os policiais deram ordem de parada, mas o motorista, de 28 anos, desceu do carro, portando uma pistola. De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito teria apontado a arma na direção dos policiais e efetuado disparos. A polícia revidou e atingiu o rapaz. 

O passageiro, de 27 anos, também desceu armado e quando disparou contra os policiais, também foi alvejado. O Samu foi acionado para prestar socorro, mas quando chegou 10 minutos depois, os dois já estavam mortos. Após exames periciais, os corpos foram levados pela ofebas. (Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul).

NOTA DA REDAÇÃO: O Blog do Sérgio Santos apurou, junto a Polícia, que a dupla é suspeita de participação na explosão do Banco Bradesco de Pilar do Sul, ocorrido na última terça-feira (leia aqui e aqui).

Segundo a polícia, um deles seria o líder da quadrilha e, inclusive, teria sido indiciado por envolvimento em duas explosões de banco ocorridos no município de Sarapuí este ano.

Ainda na terça-feira, a polícia prendeu três suspeitos de participar do ataque ao Bradesco de Pilar. Antonio Gisleno do Nascimento, vulgo Piauí, 28 anos, Gislaine Fernanda Patuci Francisco, 28, e Márcio Ferreira, 23, foram autuados em flagrante acusados de associação criminosa (formação de quadrilha) e porte ilegal de arma de fogo. (Leia mais aqui).
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

6 comentários:

Anônimo disse...

LEGAL MENOS DOIS VAGABUNDOS PARABENS AOS POLICIAIS.

Anônimo disse...

Menos peso sobre a mãe Terra, parabens pelo trabalho dos policiais, e fogo neles.

Anônimo disse...

Mas tem gente burro purai.como dois peso a menos s eles ainda tao na terra.

Anônimo disse...

caro anônimo de 19:34, trata-se de força de expressão!!! Você deveria gastar energia voltada ao bem! Ademais, adjetivar alguém de burro em razão disso é uma infelicidade muito grande....sem contar que nem escrever sabe não é?! rs.... "purai" seguido de ponto....peso no singular....s.....tão....tsc..tsc... seja feliz e não desvie o foco de tão importante matéria com mesquinharia extremamente desprovida de riqueza assim.

Anônimo disse...

Burro mesmo, pois matar suspeito eh o cumulo da incompetencia, e quem disse que a historia foi como descrita nos b.o.?

Anônimo disse...

Assassinos Fardados Covardes, só são homens quando estão em Bando, sozinhos andam com o rabo entre a pernas. LIXOS !!
mas podem se preparando a fazer a malinha pois suas vagas no Romão Gomes estão reservadas.

Postar um comentário

PUBLICIDADE