Após sacar FGTS em Salto, mulher é assaltada e perde R$ 5 mil em Pilar do Sul

Uma trabalhadora rural de 33 anos foi assaltada e teve R$ 5 mil roubado na tarde desta terça-feira (28), por volta de 14h30, na Vila Claudino, em Pilar do Sul.

Ela havia sacado o Fundo de Garantia (FGTS) na agência da Caixa Econômica Federal em Salto de Pirapora e quando chegava em sua residência foi surpreendida pelos assaltantes . Um deles, o garupa, apontou um revólver e lhe tomou a bolsa.

A vítima disse que, em companhia do marido e do irmão, foi até o banco e sacou o FGTS, devido a uma rescisão trabalhista.

Quando chegou em casa, enquanto o marido e o irmão estacionavam o carro, ela ficou no portão, foi quando chegaram dois elementos em uma motocicleta preta e solicitaram informação sobre uma rua e imediatamente, um deles, apontou a arma e anunciou o assalto.

O irmão e o marido perceberam a ação, mas o bandido também lhes apontou a arma, subiu na garupa da moto e fugiu.

Além do dinheiro, na bolsa havia os documentos pessoais da vítima e um telefone celular Moto E, marca Motorola.

O irmão e o marido da vítima disseram que no pátio do banco viram uma moto com as mesmas características da utilizada pelos assaltantes, o que indica que, provavelmente, eles foram seguidos pelos bandidos desde a agência, em Salto de Pirapora.

DENÚNCIA
A Polícia solicita que se alguém souber qualquer informação que ajude localizar o celular e os documentos da vítima e identificar os assaltantes que denuncie para a Polícia Militar (telefone 190), à Polícia Civil (telefone 197) ou ao Disque Denúncia (telefone 181). A ligação é gratuita e não é necessário se identificar.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia que já está investigando o caso. 
Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. transportar grandes quantias assim de dinheiro é muito arriscado. quis economizar 7,90 de Ted teve um preju bem maior.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos de leis enérgicas iguais as que existem na Indonésia, pena de morte para crimes graves e ediondos, só assim haverá redução drástica no índice de crimes iguais a esse.

    ResponderExcluir