Três homens são baleados durante tiroteio em bar no Jardim Nova Pilar

Santa Casa / Foto: Arquivo / Sergio Santos.
Três homens, entre eles pai e filho, foram atingidos por disparos de arma de fogo no início da madrugada deste sábado (02), por volta de 0h30.

A tripla tentativa de homicídio aconteceu no Bar Esquinão que fica localizado na avenida Antonio Lacerda, Jardim Nova Pilar, zona oeste de Pilar do Sul.

Segundo o boletim de ocorrência, as vítimas estavam no bar quando surgiu dois homens em uma motocicleta e passaram a disparar contra as pessoas que estavam no estabelecimento.

Valter Evangelista Romão, 49 anos, foi alvejado com dois tiros na panturrilha esquerda, o filho dele, Leonardo Nunes dos Santos Romão, 20, levou um tiro no joelho esquerdo, enquanto que Leandro da Silva, 30, foi atingido com um tiro no pé direito.

As vítimas foram socorridas por populares até a Santa Casa, onde foram medicadas e continuam internadas em observação. Segundo informações da Polícia e do Hospital, eles não correm risco de morte.

As vítimas disseram desconhecer os autores dos disparos, informando somente se tratar de dois homens em uma motocicleta de cor cinza, que após os disparos fugiram.

A cabo Catarina e o soldado Almeida atenderam a ocorrência que foi registrada pela Polícia Militar como tentativa de triplo homicídio.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

8 comentários:

Anônimo disse...

Ta ficando feia a coisa na cidade os caras andando armados e soltos por ae..

Anônimo disse...

nunca vi tentativa de homicidio atirar nas pernas...acho só foi pra da um susto

Anônimo disse...

Deve dever algo..alguma intriga tem ai...
Ninguém sai atirando por ai por nada..como nesse caso...

Anônimo disse...

Aquele barzinho ta famoso toda semana tem historia

Anônimo disse...

Seguinte..antes de postar alguma noticia deveria perguntar pra algumas testemunhas.
Eu estava no bar durante o ocorrido..primeiro os tiros que balearam os cara não foi no bar,foi ao lado do bar não dentro,falaram que ouve uma tentativa de estrupo no bar tbm,olha sei lá ou o boletim de ocorrência ou o repórter está muito equivocado.
sei não mas isso pode gerar uma má impressão e estragar com o estabelecimento,vai que de repente o proprietário veja essa matéria e faz um (B.O) pedindo pra provar os fatos!
Mas é somente uma dica!
Abraço.

Sergio Santos disse...

Destemido Anônimo de 5 de maio, 23:54...

As notícias são publicadas de acordo com um documento oficial (e público) chamado BOLETIM DE OCORRÊNCIA e em INFORMAÇÕES OFICIAIS fornecidas pelos policiais (agentes públicos do estado).

Não sou policial, sou repórter. Não cabe a mim inquerir e/ou interpelar testemunhas e, muito menos, investigar crimes. Minha função é dar a notícia. Apenas.

Quanto a processo, não tenho nenhum receio. Em 31 anos de profissão JAMAIS FUI PROCESSADO, mas quem se achar no direito, pode me acionar judicialmente.

Quanto a dica, agradeço, mas dispenso. Em 31 anos de profissão acho que aprendi um pouquinho sobre notícia, jornalismo, reportagem, etc.

Grato.

Anônimo disse...

Desculpe me então Sergio santos..é que eu nem sabia que o senhor tinha feito faculdade de jornalismo...

Anônimo disse...

Anonimo de 5 de msio, 23:54, ja que estava no bar na hora do crime, pq ao inves de ficar enchendo o saco do jornalista, vc nao vai na delegacia e ajudar a policia dando sua versao? Ja que sabe de tudo o que houve la entao tente ajudar e nao ficar torrando o saco!

Postar um comentário

PUBLICIDADE