Ladrões invadem galpão e furtam objetos no recinto Chico Mineiro


PMs Sandro e Joaquim na ocorrência / Fotos: Luciana Medeiros.
Ladrões, ainda não identificados, arrombaram um dos galpões no Recinto Chico Mineiro e furtaram diversos objetos, entre ele um projetor Epson, patrimônio da Prefeitura de Pilar do Sul, e várias botinas, pertencentes a um projeto desenvolvido com estudantes no local.

O furto foi percebido na manhã de hoje (26) quando uma funcionária chegou para trabalhar e encontrou o local arrombado, os mobiliários revirados e diversos objetos espalhados pelo chão.

A sala é utilizada pelo projeto Jovem Agricultor do Futuro, desenvolvido pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizado Rural) em parceria com o Sindicato Rural e a Prefeitura com adolescentes de Pilar do Sul.

Luciana Marques de Medeiros, instrutora pedagógica do projeto, lamentou o ocorrido. “Arrombaram tudo lá. Levaram o projetor e as nossas botinas. Deu tanto trabalho para conseguir as doações das botinas com os empresários da cidade e roubaram”, disse.

Os ladrões arrombaram uma porta de emergência lateral, do galpão principal do Recinto. Com uma pedra eles quebraram o vidro e abriram a porta por dentro para adentrar a salão.

A ocorrência foi registrada pela PM, com o cabo Sandro e o soldado Joaquim, e a Polícia Civil vai investigar o caso.

Fotos: Divulgação / Luciana Medeiros.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. porque esses vagabundos não vão pra roça trabalhar ao invés de roubar e ser alguém na vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque a roça é lugar de gente decente que vive do suor do próprio rosto. E porque eles são covardes e não tem coragem de trabalhar. Coitados! Não sabe que um dia vai ter que acertar as contas. Quando menos esperarem. Que Deus tenha piedade. Mas terão que pagar centavo por centavo. Pois a cada um segundo a sua obra.

      Excluir