Pilar do Sul ocupa 163ª posição no ranking nacional do Índice de Oportunidades da Educação

Pilar obteve o índice de 5.3 - acima da média Brasil (4.5) o do índice do estado de SP, 5.1
Secretaria de Educação / Foto: Sérgio Santos.

O município de Pilar do Sul ocupa o 163º lugar no ranking nacional e o 1º lugar entre os municípios da região (veja quadros abaixo) no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) divulgado no mês de outubro.

O IOEB é uma inciativa do Centro de Liderança Pública (CLP) realizado com o apoio do Instituto Península, da Fundação Lehmann e da Fundação Roberto Marinho.

De acordo com o levantamento, foram analisados 5.282 locais e a média dos municípios brasileiros ficou em 4,5. Pilar obteve o índice de 5.3, numa escala que vai de 0 a 10, acima do índice obtido pelo estado de São Paulo, que foi de 5.1.
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA

O IOEB é um índice único para cada local (município, estado ou Distrito Federal), que engloba toda a educação básica, da Educação Infantil ao Ensino Médio, de todas as redes existentes no local, bem como todos os moradores locais em idade escolar, e não apenas os que estão efetivamente na escola. 

O IOEB é formado a partir da relação de um conjunto de fatores e seus respectivos pesos. Esses fatores estão divididos em dois grupos: insumos educacionais, ou seja, fatores essenciais para um bom resultado educacional, e resultados educacionais, sejam eles de atendimento, de aprendizado ou de aproveitamento escolar. 

Indicadores de resultado educacional: IDEB - anos iniciais do Ensino Fundamental; IDEB - anos finais do Ensino Fundamental; Taxa Líquida de Matrícula do Ensino Médio. 

Indicadores de insumos e processos educacionais: escolaridade dos professores; número médio de horas aula/dia; experiência dos diretores; taxa de atendimento na Educação Infantil.

O IOEB é um indicador que apoia a atuação de líderes em prol da educação brasileira e visa a estimular os gestores a promoverem transformações em todo o processo educacional. Assinado pelos mesmos autores do IDEB, Reynaldo Fernandes, ex-presidente do INEP, e Fabiana de Felicio, ex-diretora de Estudos Educacionais do INEP, o IOEB aperfeiçoa o sistema de controle social da educação. 

O índice identifica quanto cada cidade ou estado contribui para o sucesso educacional dos indivíduos de determinada localidade e objetiva conhecer a oportunidade de educação que cada município e estado oferecem às crianças e adolescentes. 

Atualmente, no Brasil 15,67% das crianças entre 15 e 17 anos estão fora da escola e não há qualquer rede de ensino ou gestores públicos que respondam por esse contingente. Frente a esse cenário, um índice que inclua essa expressiva parcela da população é capaz de indicar as localidades que sofrem com alta evasão escolar e incentivar políticas colaborativas entre estado e município para reverter o cenário de abandono escolar. 

A pesquisa é referente ao ano de 2015, realizada pelo Centro de Liderança Pública (CLP), datada de 13 de agosto de 2015. (Fonte: IOEB).

Mais informações podem ser obtidas no site: www.ioeb.org.br
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE