Fuga de suspeito com carro roubado mobiliza PM e até helicóptero Águia

PUBLICADO EM 20/11  -  EDITADO EM 21/11 AS 10h30

O homem foi preso acusado de receptação e desobediência. Como não pagou a fiança, arbitrada em R$ 10 mil, ele foi recolhido a cadeia local.
Trevo da Cananéia / Fotos: Sérgio Santos.

Após uma fuga alucinante, que mobilizou diversas viaturas e até o helicóptero Águia, a Polícia Militar prendeu Fábio Antunes Praxedes, vulgo Fabinho do Brinco, 36 anos, no final da tarde desta sexta-feira (20).

A ocorrência teve início por volta de 17h30 quando a PM recebeu uma denúncia anônima informando que havia um carro com um elemento suspeito rondando comércios no Jardim Marajoara.

O cabo Batista e soldado Marcos foram averiguar a denúncia e na Avenida Santos Dumont encontraram o veículo. Ao notar a viatura, o suspeito empreendeu fuga e seguiu sentido São Miguel Arcanjo, pela rodovia Nestor Fogaça (SP-250), sendo acompanhado pela viatura.

Outra viatura com o soldado Leopoldino foi ao apoio, mas pelo sentido oposto, pela estrada vicinal José de Almeida Rosa, bairro Reunidas.

Na antiga pousada Monte das Oliveiras, o suspeito abandonou a SP-250 e pegou uma estrada de terra que dá acesso, pelo Haras Carol, a vicinal José de Almeida Rosa, no bairro do Pinhalzinho.

Próximo a Ponte Estreita, ele foi surpreendido pela viatura do soldado Leopoldino. O suspeito não obedeceu a ordem de parada e continuou a sua fuga, seguindo sentido Pilar do Sul. No trevo da Reunidas, sempre em altíssima velocidade, segunda a polícia, ele pegou sentido Sarapuí, sendo acompanhado pelo policial.

No trevo de acesso a Jardim Cananéia, o suspeito perdeu o controle do veículo, saiu da estrada, caiu em um barranco, abandonou o veículo e continuou a sua fuga a pé, por um matagal.

Outras viaturas da região, que ouviram o chamado, vieram ao apoio, como as equipes do sargento Odail, da PM de Salto de Pirapora, e do sargento Ruivo, da PM de São Miguel Arcanjo.

Com o auxílio do helicóptero Águia da PM de Sorocaba, diversos policias iniciaram a caçada ao suspeito pelas matas da região do Jardim Cananéia, bairro da Barra e Reunidas.

Já por volta de 19h, os PMs, cabos Marques e Samuel e soldado Vieira, patrulhavam pelo bairro da Barra quando foram informados por uma testemunha que um homem havia saído da mata e, logo a frente, localizaram e prenderam o suspeito, que foi conduzido a Delegacia de Polícia, onde a ocorrência foi registrada.

Fabinho do Brinco, que tem diversas passagens pela Polícia por estupro, furto, estelionato e tráfico de drogas, nega que seja ele o homem que estava com o carro roubado, mas não soube explicar o que fazia na região.

O soldado Leopoldino o reconheceu como o homem que saiu do carro e fugiu pela mata, inclusive estava trajando as mesmas roupas descritas pelo PM, como camiseta preta e calça jeans.

O veículo, um Hyundai HB20, branco, placa FHB-8236, foi roubado em Sorocaba. Ele foi recolhido ao pátio do Guincho Máximo e está a disposição da Polícia para perícia.

Fabinho do Brinco foi autuado em flagrante acusado de receptação de veículo roubado e por desobediência. Foi arbitrada uma fiança de R$ 10 mil, que não foi honrada, e o acusado foi recolhido a cadeia local onde permacerá a disposição da justiça.

Aqui a notícia chega completa!






Fotos: Sérgio Santos.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns à todos os cidadãos que estão atentos, aos policiais e ao jornalista que fez a cobertura! Deus sempre os protejam!
Também oremos por esse irmãozinho que ainda não aprendeu a conviver de forma fraternal para que se arrependa dos desatinos cometidos e que um dia possa ressarcir os débitos morais que possui e que possa se tornar um cidadão de bem.

Anônimo disse...

Excelente trabalho, Parabéns aos policiais , a sociedade já não aguenta mais tanta bandidagem impune por aí.

Anônimo disse...

A impunidade é apenas aparente. Um trabalhador digno pode ganhar pouco mas possui consciência limpa e quando põe a cabeça no travesseiro dorme em paz. Mas os criminosos não podem descansar nem neste e nem no outro mundo enquanto não acertar os débitos que foi adquirindo ao longo da vida. O quanto antes acertar as contas consigo mesmo mais cedo vai sair da prisão em que se encontra. A prisão da consciência.

Postar um comentário

PUBLICIDADE