Ponte na estrada para Tapiraí pode demorar até quatro meses para ser concluída

Para contratar uma empresa para executar um determinado serviço, ou mesmo para comprar materiais, o poder público deve seguir os ditames da lei federal 8.666, que disciplina as normas e regras da licitação. Por essa razão, todo o procedimento de licitação, contratação e construção da canalização do córrego da Vila São Manoel, sob a estrada vicinal José Waldemar (Pilar do Sul / Tapiraí / litoral sul), e que rodou com a chuva do último sábado, deve levar até quatro meses para ser concluído.

O procedimento foi anunciado em uma reunião na tarde desta quinta-feira (07) entre a prefeita Janete Carvalho, o vice-prefeito Angelo Paiotti, Pedro Samuel (Defesa Civil) e os secretários José Francisco (finanças) e Cristiano Batista (administração).

Eles informaram que o projeto da obra já está pronto e será feito no sistema de aduelas ao custo aproximado de R$ 115 mil. O procedimento de licitação, desde a publicação de edital até a contratação de uma empresa para executar a obra, obedecerá um prazo mínimo de 45 dias. Após isso, o prazo de execução da obra, se não houver fatores adversos, como chuva, será de 60 dias.

Devido a necessidade e urgência da obra, o setor jurídico da Prefeitura está tentando, junto ao Tribunal de Contas, a dispensa de licitação para que a obra seja concluída num prazo menor.

A destruição da canalização do córrego, e a consequente interdição da estrada, aconteceu no com as fortes chuvas do sábado, 02 (leia aqui). A canalização do tipo tubular de aço não suportou a força da enxurrada, que retorceu e arrastou a tubulação, abrindo uma cratera no local.

Desde então, existem dois desvios, ou caminhos alternativos, para acessar aquela região. Um deles liga os bairros Avaré, na SP-250 (Pilar / Piedade), passando pelo aterro sanitário, ao Ribeirão, na vicinal José Waldemar Mazzer. O trecho tem cerca de três quilômetros de extensão e, de acordo com Angelo Paiotti, que coordena a equipe de manutenção de estradas rurais, a estrada está em bom estado de trafegabilidade.

O outro desvio vai do bairro Usina Batista ao bairro da Saudade, tem cerca de oito quilômetros de extensão e interliga a rodovia SP-250, passado pela Usina Hidroelétrica Batista, a estrada vicinal José Waldemar Mazzer, no bairro da Saudade.

No total, oito passagens de água foram danificadas

Com os temporais dos dias 27 e 29 de dezembro e 02 de janeiro, este com maior intensidade, além da ponte da Vila São Manoel, outras sete foram danificadas na zona rural. Os bairros Turvo dos Antunes, Pombal, Claro, Lavrinha, Boa Vista e Lageado apresentam problemas de queda de ponte ou rompimento de cabeceiras. 

“Estamos trabalhando muito para reparar todos os estragos, principalmente na zona rural. Estou em busca de recursos dos governos estadual e federal para as obras necessárias, mas se não conseguir vamos utilizar recursos próprios e executá-las, porque são importantes e a população não pode esperar”, disse Janete. 

Leia também
FOTOS: SERGIO SANTOS
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

7 comentários:

Daniel Lemes disse...

a ponte na rua padre caetano centro como que está correndo risca de quem passa por la

Anônimo disse...

Olá, gostaria de saber como vai ficar a situação dos alunos do Turvo Dos Góes e ribeirão

Anônimo disse...

SERGIO BOM DIA, POR ESSE MEIO FAVOR COMUNICAR A PREFEITURA PARA QUE SINALIZE O FINAL DO DESVIO DA SAUDADE INFORMANDO SENTIDO (PILAR/PIEDADE), PASSO DE BIKE PELO TRECHO PILAR/ PAINEIRA E VARIOS CARROS TEM ME PARADO PARA TIRAR DUVIDA.
FICA AI MINHA SUGESTAO, GRATO E BOM TRABALHO.

Anônimo disse...

seria bom conseguir um novo desvio, que seja mais seguro trafegar. o desvio pela estrada do lixão não esta sendo vantajoso, a estrada esta em péssimas condições. sem conta que varias pessoas estão comentando que ladões estão tentando roubar carro e moto na quele trecho.

Anônimo disse...

No inicio falaram 2 meses pra arrumar, agora ja aumentou pra 4 meses. Tomara que realmente arrumem logo porque o povo está sofrendo muito!! Sem contar os riscos que estão correndo !!

Anônimo disse...

tem que fazer um desvio perto da ponte pq la pro lixao ta tendo roubo atencao motorista

Anônimo disse...

Se a prefeitura não tem gente com capacidade para resolver oque era um probleminha no jardim pinheiro que agora virou problemão, imagine se ela vai ter pra fazer ponte de desvio. Simplesmente um monte de salario jogado fora, cabine de emprego.

Postar um comentário

PUBLICIDADE