Estelionatário engana funcionária e aplica golpe em loja no centro

Um indivíduo branco, cabelos grisalhos, trajando camisa polo amarela e óculos escuro, com uma pasta preta nas mãos, aplicou um golpe e levou R$ 120 reais de uma loja na rua Elias Válio, no centro. 

Assim que a proprietária saiu para almoçar, deixando a funcionária sozinha, o golpista adentrou a loja dizendo que era contador da empresa e que estava lá para receber a mensalidade no valor de R$ 426,20 pelos serviços do escritório.

A funcionária, de 25 anos, disse que iria ligar para a patroa para confirmar. Nesse momento o estelionatário, bom de papo, pegou o seu próprio celular e simulou uma ligação para a proprietária e disse que ela tinha autorizado o pagamento de R$ 120.

A funcionária acreditou e fez o pagamento. Assim que o golpista saiu, ela enviou uma mensagem para a patroa, que percebeu o golpe. Como a loja é registrada como MEI (Microempreendedor Individual) não possui escritório de contabilidade.

A ocorrência, que aconteceu nesta quinta-feira (18), foi registrada na Delegacia de Polícia, que vai investigar o caso.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

4 comentários:

Anônimo disse...

Como assim? eu estou no MEI e pago escritório de contabilidade.

Sergio Santos disse...

Não é obrigatório, Anônimo... A contabilidade da MEI é simplifica e o próprio empresário pode fazer as guias e recolher as taxas no banco, sem a necessidade do contador.

Anônimo disse...

Loja no centro da cidade é MEI? Olha a sonegação ai gente! Depois só os PTralhas são corruptos...

Anônimo disse...

Cade a foto???? queremos ver a cara do individuo...

Postar um comentário

PUBLICIDADE