Funcionários públicos não aceitam proposta da Prefeitura e entram em greve

Assembléia em frente a Prefeitura / Foto: Página 2.
Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (24), em frente à Prefeitura, os funcionários públicos municipais não aceitaram a proposta de reposição salarial feita pela Prefeitura e decretaram greve geral, por tempo indeterminado.

O impasse começou em janeiro, quando se iniciou a negociação entre a Prefeitura e o Sindicato dos Servidores Públicos (Sindpub). Os servidores reivindicam a reposição integral da inflação referente ao ano de 2015, que foi de 10,48%.

Alegando limitações orçamentárias e os disposto da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a Prefeitura ofereceu um aumento de 6,50%, retroativo a fevereiro, e o restante, 4,98%, seria concedido no mês de outubro. A Prefeitura ofereceu ainda um aumento real de 19% no cartão alimentação, que passaria dos atuais R$ 158 para R$ 188.

Com a recusa dos servidores, e como o impasse continuava, Sindicato e Prefeitura realizaram na tarde desta terça-feira (23) uma reunião na Justiça do Trabalho, para mediar e tentar uma conciliação entre as partes. Nessa reunião a sugestão da justiça trabalhista era que fosse dado agora um aumento de 5,48% e o restante, 5%, no mês de agosto, oferta recusada na manhã de hoje pela maioria dos trabalhadores.

Nota da Prefeitura - No início da noite desta terça-feira, a Prefeitura emitiu uma nota, onde explica as suas razões:

Prefeitura Municipal de Pilar do Sul

Assunto: Reajuste anual de salários do funcionalismo público municipal

NOTA INFORMATIVA

Os funcionários públicos municipais merecem de nós profunda consideração e respeito e, até por isso, vimos a público esclarecer alguns detalhes sobre a negociação para o reajuste anual dos salários do funcionalismo público municipal, nesse ano de 2016.

Inicialmente lembramos que a atual administração melhorou as condições de trabalho do funcionalismo municipal, como a implantação da falta abonada a todos os funcionários, antes apenas os professores faziam jus a esse benefício; licença maternidade estendida de 04 para 06 meses; licença prêmio; plano de carreira para todas os cargos e funções; efetivação de mais 60 professores; efetivação dos agentes comunitários de saúde; café da manhã; entre outros benefícios.

Todos os anos, 2013, 2014 e 2015, fizemos a reposição salarial, de acordo com a inflação, sendo que em 2013 concedemos um aumento real que variou entre 2% a 4%, conforme a referência recebida pelo funcionário.

Este ano, por causa da crise e da queda da atividade econômica, houve queda na arrecadação de tributos das 3 esferas da administração pública (federal, estadual e municipal), o que impactou diretamente no orçamento municipal, fazendo com que a previsão orçamentária para o ano 2016 não seja das mais otimistas, assim, não estamos conseguindo repor o aumento salarial referente ao índice inflacionário todo de uma só vez.

Como se não bastasse a crise, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impõe a administração pública que ela não gaste mais do que 54% do orçamento com a folha salarial, sendo 52% o limite prudencial recomendado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Na negociação com o Sindicato, que representa os funcionários públicos, oferecemos um aumento de 6,5%, retroativo ao mês de fevereiro, e aumento do cartão alimentação de 1,08 VRM para 1,28 VRM (Valor de Referência Municipal), que corresponde a um aumento real de 19%, passando dos atuais R$ 158,70 para R$ 188,08.

Com razão, os funcionários, através do sindicato, reivindicam a reposição inflacionária de 10,48%.

Acontece que, com a queda de arrecadação e os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e pelo Tribunal de Contas, o aumento máximo possível que a Prefeitura pode conceder no momento é de 6,50%, o que elevaria a folha para 53,9%, no limite da LRF. Mais que isso estouraríamos a folha salarial e os limites impostos pela Lei.

Nossa proposta é aumento de 6,50%, retroativo ao mês de fevereiro, e o restante 3,98% para o mês de outubro (de forma não retroativa), além do aumento real no cartão alimentação de 19%.

Continuamos negociando e acreditamos no bom senso dos funcionários públicos para entender e aceitar a proposta da Prefeitura, possível no momento.

Informamos também que atualmente a Prefeitura conta com 784 funcionários, sendo que apenas 06 cargos são ocupados por servidores não concursados, os cargos em comissão (apenas Secretários). A folha de pagamento fechou o ano de 2015 em R$ 28.495.364,00 (vinte e oito milhões, quatrocentos e noventa e cinco mil e trezentos e sessenta e quatro reais). 

Vale lembrar, por fim, que após a segunda parte do reajuste, proposta para outubro, o funcionalismo terá seus vencimentos íntegros para o próximo reajuste, o de 2017, não havendo, assim, prejuízo geral entre um ano e outro.

Janete Pedrina de Carvalho Paes
- Prefeita -
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

131 comentários:

Anônimo disse...

Até bobo quer um aumento de 10,48%...rsrs. Mas do jeito que tá a economia do país, a proposta da Prefeitura até que tá boa demais!!!

FM VEHICULUM disse...

e quem paga o pato é sempre a população, sindicato só serve para promover pessoas visando apenas ao seu beneficio próprio, olha só onde Lula foi parar através desses Sindicatos que dizem que defendem os interesses coletivos, #vergonhapilar

Anônimo disse...

Não se trata de aumento, apenas reposição salarial baseado na inflação, lei já existente e que deve ser cumprida. A Prefeitura deveria se prevenir e incluir, como deve ter feito, sob pena de responsabilidade fiscal, na lei orçamentária essa variação. A Prefeitura deve cortar gastos supérfluos e, garantir o pagamento correto do sagrado dispêndio do funcionário público.

Anônimo disse...

VC deve ser um desses puxa saco da prefeita anônimo das 11:14, os trabalhadores estão no seu direito de protestar até quando quiserem sim !! Eu sei que principalmente as mães irão ficar revoltadas por causa das escolas fechadas, mas se estão achando ruim, vão atrás da culpada de tudo isso... A prefeita Janete !!!!!_

Anônimo disse...

Vegonha mesmo!! Prefeita deixar chegar a esse ponto. Deixar bem claro: Não é aumento de salário q estão exigindo, pq aumento de salário não sai mesmo de jeito nenhum e já faz muito tempo. É o repasse inflacionário de 10.48 que é um direito de todo funcionário. Tudo subiu devido a inflação, inclusive nossos IPTU'S virão mais caros por causa da inflação. Então lute sim pelos direitos.

Anônimo disse...

kkkk ata no minimo vc é uns do mama lá . vergonha nossa cidade .....

Anônimo disse...

CRIA VERGONHA NA CARA PSDB,REPOSIÇÃO EM OUTUBRO? AONDE? MÊS DE ELEIÇÃO, ONDE A SUPOSTA PREFEITA VAI ESTAR COM A MALAS PRONTAS PARA DAR O FORA...E O FUNCIONÁRIO PUBLICO VAI FICAR A ESPERA DE UM MILAGRE PARA O PRÓXIMO GOVERNO PARA A TAL REPOSIÇÃO..O BOM SENSO QUEM TINHA QUE TER ERA VCS GOVERNANTES MUNICIPAL.PARABÉNS PELA INICIATIVA FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS NÃO SE CALEM QUALQUER FORMA DE PERSEGUIÇÃO A JUSTIÇA DO TRABALHO ESTÁ AI.

Anônimo disse...

Sr Anônimo de 10:58 e Sr FM VEHICULUM
É triste ver funcionários públicos que realmente trabalham serem chamados de bobo,talvez vocês sejam alguém que nunca precisou de um professor,de um gari, de um enfermeiro entre outros.
Comparar uma reivindicação justa com política suja não tem nada a ver, talvez agrade mais a vocês o fato de termos que pagar pedagio daqui até Sorocaba.
Força servidores e contem com o apoio da maioria da população

Anônimo disse...

Bobo é vc que não sabe o que está falando... OU é do grupo de que não fazem m....nenhuma.usando a crise do Brasil como muleta...

Anônimo disse...

Ah Tah Anônimo das 12:47, Pode ter certeza que os que mamam na prefeitura não estão nem ai pra esse repasse inflacionário, mesmo porque ele ganham muito mais e esse 10.48 pra eles não faz falta nenhuma, mas quem ganham o salario que ganhamos beirando o salario minimo faz sim e muita diferença, temos o direito de repasse inflacionário e iremos ate onde for pra que esse direito seja realizado, porque se fossemos brigar por aumento salarial não seria esses 10.48 e sim muito mais.

Anônimo disse...

Bobo!!! BOBO quem não briga pelos seus direitos, esses serão sempre galinhas deitada no ninho e NUNCA serão águia ...

Anônimo disse...

Engraçado,...funcionário publico não trabalha, é vagabundo, mama o dinheiro do povo, e coisa e tal , mas basta abrir um concurso que ta cheio de candidato a ser vagabundo tbm.
Fico pensando se algum dia quem trabalha vai ter valor neste país porque a moda no brasil e ser bandido, é se dar bem nas costas dos outros, afinal o mundo é dos espertos, kkkk
No dia em que quem trabalha for respeitado o Brasil ira progredir.
100% de apoio a greve, nossos direitos devem ser respeitados.

Anônimo disse...

A nota da prefeitura só não informa que a proposta apresentada na reunião de reconciliação, foi menos vantajosa para os funcionários do que a primeira. É esse o respeito e consideração que a administração tem para seus funcionários. Funcionários lembrem-se dessas mesmas pessoas em outubro no dia da eleição.

Anônimo disse...

Engraçado é ver funcionário que tem mais de 60 faltas por ano e funcionários que nem cumpre o horário direito,,,pegar microfone dar uma de vítima. Funcionário que falta um monte e que recusa-se a trabalhar mas lá pula grita e balança bandeira...num dos discursos disseram "eu quero o meu e o resto que se dane" olhando o próprio umbigo. Agora o povo prejudicado de novo é quem vai pagar o pato..

Anônimo disse...

Em todo lugar existem maçãs podres amigo, se vc sabe de tudo isso denuncie para que este tipo de funcionário seja devidamente punido,e se vc acha que todos são assim porque a população será prejudicada?
Funcionário publico é tratado como bandido, num serve pra nada , mas quando faz greve ai faz falta né?

Anônimo disse...

Pera lá galera!!! Não sei se me expressei mal, mas ao falar que "até bobo" quer um aumento de 10,48% eu quis dizer que TODOS querem um aumento de 10,48%. Só que é preciso entender que às vezes não é possível!! Ou vocês acham que a Prefeita está tendo algum beneficio político ou financeiro em fazer isso?!?! Não seria melhor dar um aumento significativo a todos em ano de eleição??? Na minha empresa, por exemplo, segundo informações prévias o aumento ficará em torno de 7%. Você acha que os funcionários farão greve por causa disso? Lógico que não, pois sabem que há milhares por aí afora querendo trabalhar por bem menos que isso! Sem contar os funcionários que já foram demitidos nestes últimos meses...rsrs (e isso a Prefeitura não pode fazer)....É normal do ser humano querermos sempre o melhor pra gente, mas em alguns casos é necessário analisar as circunstâncias. E sendo sincero, achei razoável mesmo a proposta da Prefeitura, e ponto! É uma opinião minha....Hoje virou moda "tachar" as pessoas pejorativamente....vide "coxinha", petralhas, mama-teta da Prefeitura, etc. Ninguém pode dar mais opinião que já é taxado de alguma coisa....Haja paciência!!!

Anônimo disse...

Engraçado. Tem grevista que é funcionário da prefeitura e vereador. Não faiz nada na prefeitura e menos ainda na câmara. Mama nas duas teta. Tem que trocar todos políticos na eleição, principalmente os vereador. Palhaçada viu.

Anônimo disse...

Engraçado. Tem grevista que além de ser funcionário da prefeitura tbm é vereador. Não faz nada na prefeitura e menos ainda na câmara. Mama nas duas teta. Palhaçada viu.

Anônimo disse...

Em risos com os comentários ...

Aos que estão protestando, aproveitem e peçam exijam melhoria nas ruas da cidade que está uma catástrofe.

Anônimo disse...

Só acho que se for pra fazer greve que seja feita de forma justa. Enquanto uns se negam a trabalhar pra ir em manifestaçao e passeata, outros tem que ficar tampando o buraco. Se é greve é pra todos que aderiram e não pra meia duzia.

Anônimo disse...

É desagradável o poder público deixar chegar ao ponto que chegou. Primeira vez na estória de Pilar do Sul, funcionários municipais entrarem em greve. Alguma coisa está errada, não ?

Anônimo disse...

Conjugação do verbo "fazer"
eu faço
tu fazes
ele/ela faz
nós fazemos
vós fazeis
não existe **faiz**
kkkkkkkk

Anônimo disse...

15h33

Se todo empresário tiver a cabeça como a sua, em pouco tempo estará falido. Isto não é uma manifestação por aumento de salário e sim por repasse do reajuste da infração e com certeza vc como empresário também irá sentir no bolso. Não estamos lutando por aumento, estamos brigando por repasse que a própria colocou em papel, e papel assinado não vale nada ?
Veja bem, se não há verbas, porque festa ? e porque não arrumar os remendos dos asfaltos que todos comentam, porque não arrumar os semaforos, porque não investir em nossa gente, em Pilar, porque Festa. Em casa que está em crise não se come filé minhon....

Anônimo disse...

Parem de reclamar e vão trabalhar,que culpa o povo tem...Dezembro e janeiro que foram meses de férias ninguém reclamo,agora que tem que trabalhar um pouco já vão parar.
Acho justo protestar,mais desde que não atrapalhe a população

Anônimo disse...

A proposta da prefeita (6,50% agora e 3,98% em outubro) não traria prejuízo ao funcionalismo público, que não pede nada além do que é justo, se:
- O reajuste de outubro seja retroativo a fevereiro/2016;
- Não fosse ano eleitoral (reajustes somente 180 dias antes das eleições), o que inviabilizaria qualquer correção salarial;

Tenho uma dúvida, se não chegarem a um acordo até 03/04/2016, que é 180 dias antes das eleições, como será resolvido esse impasse? Como a data do acordo será inferior a 180 dias, será "legal" o rejuste dos salários?

Anônimo disse...

Quer receber mais? trabalhe mais!! SIMPLES !!!

Anônimo disse...

Vai ser difícil mesmo essa gestão ou futura, ter tranquilidade na hora de saldar suas dívidas/obrigações, seja com reajuste salarial, obras ou pagar as contas, lembro que na gestão do Pref. ZAAR, o número de funcionários públicos municipais em Pilar do Sul era em torno de 480, hoje contamos com 784.

Temos então 384 funcionários a mais daquela época, aumentou o número de escolas, mas nada justifica esse aumento no quantitativo de funcionários, administrativamente é impossível mesmo gerenciar salários x receitas x rejustes x quotas, etc...

Anônimo disse...

O direito de um acaba quando afeta o de outro, irregular grave total, meu filho a filha do meu vizinho e outras crianças não podem ser prejudicadas pelo ato de reinvindicação de alguns, pelo até oque sei tem que funcionar os órgãos parcialmente ao menos se não é irregular. Justa causa para quem não voltar as funções, é possível negociar trabalhando, sindicalista só vem tumultuar, se não voltar as aulas vou até o ministério público fazer uma reclamação pra ver os responsáveis por essa greve.

Anônimo disse...

Perderam totalmente o foco,aproveitaram a situação para fazer política ,afinal as eleições já estão aí né! Pessoas que não tem moral nenhuma para abrir a boca! Defender seus direitos é uma coisa,agora fazer uma palhaçada em praça pública é muita falta de decência!

Anônimo disse...

Se aproveitam por serem concursados, pura politicagem, prefeita largue mão de ficar negociando com esses maria vai com as outras e procure ver a regularidade perante a lei desta greve e descubra que tenho certeza que vai achar e se achar rua para esses baderneiros, quando tem concurso está lá todos procurando uma boquinha depois ficam ai, se não está bom vai procurar outro serviço que ache que é melhor, mas não fiquem atrapalhando a vida de outros. E digo mais vcs só se aglomeraram porque parados vcs ficam todos os dias.

Anônimo disse...

Sergio. Lembra da PIADA, se o governador sobrevoa hoje só ia ver BOI andando no pasto. Será?

Anônimo disse...

Aí galera ta tão ruim mude de profissão tem muito pai de família querendo trabalhar aposto,tão achando que tão ganhando pouco arrume um trabalho em uma indústria ,lá você fazendo 12 horas por dia,durante 7 dias por semana garanto que vão ganhar muito bem.

Anônimo disse...

só falo uma coisa se o lixo acumular na frente da minha pode ter certeza que vou deixar lá na frente da casa da prefeita. muito incompetente essa nossa prefeita foi a única da história que conseguiu com que os funcionários fizessem greve. parabéns e não perca tempo de pedir meu voto na próxima que não vai ter não.vesti sua camisa e agora ver uma palhaçada dessa a nossa cidade passando por uma vergonha dessas que só tem uma causadora a senhora dona prefeita. resolve urgente essa situação para não sujar ainda mais a sua administração.

Anônimo disse...

DONA JANETE A RESPOSTA PARA ESSE PEQUENO PROBLEMA É SIMPLES: PERGUNTE AOS UNIVERSITÁRIOS......

Anônimo disse...

e olha que tinha muita gente que votou na senhora dona janete, o que fazer agora com esse curriculo: a primeira prefeita da história que deixou os funcionários entrarem em greve e olhe que o presidente do sindicato é eleitor fiel da senhora imagine se ele fosse da oposição ai seriam 20% de aumento.

Anônimo disse...

Uma coisa muito difícil é se por no lugar do outro, a população só vai sofrer se a prefeita não reajustar o salário aos funcionários, imagina você se no final desse mês seu patrão pagasse 5% a menos que você tem direito, eu aposto que você o questionaria.

Anônimo disse...

Se meu lixo acumular eu vou colocar na frente da casa do presidente do sindicato e desse vereadorzinho que tem dupla jornada e não faz nada nos dois setores.
Acorda moçada, estão usando a massa trabalhadora que são osm professores para se promover nas próximas eleições. Tem vereador que é funcionário publico que fez projeto e foi aprovado por eles mesmos o pagamento de 30% como gratificação. Isso mesmo, além do salário de vereador ainda ganham o salário da nossa prefeitura e ainda mais 30% como GRATIFICAÇÃO. Tem mais 30% de periculosidade. Abram o olho professorada. Não deixem que usem esta classe tão trabalhadora que esta realmente está com salário defasado em relaçao aos municípios vizinhos.

Anônimo disse...

A greve é um ato legítimo,as negociações vem ocorrendo desde janeiro.Infelizmente nao houve acordo.Agora quem acha que ser funcionário público é fácil estude e passe num concurso e venha ganhar quase um salário mínimo porque essa é a realidade.A não ser que queira um cargo comissionado au o salário é ótimo.

Anônimo disse...

arrume para mim que eu vou,com certeza e melho do que correr atras do caminhao por menos de $900,00 por ms

Anônimo disse...

Quanta contradição:
Funcionário publico não faz nada. Mas... não pode entrar em greve, porque senão não vai fazer nada.
Como assim... kkk
Se é loco cachoeira..kkkkk

anonimo disse...

Engraçado, tudo é culpa da Prefeita, se chove demais é culpa dela, se o povo num quer trabalhar é culpa dela, que todos assumam seus atos, chega de hipocresia, se tá como tá é por causa dos próprios funcionários que não produzem, o serviço de um funcionário precisam de dez prá olhar, tomem vergonha na cara, só ficam escondidos prá não trabalhar, quebram equipamentos prá fikar coçando, vão trabalhar na empresa privada prá ver se aguentam o baque, vão pra roça ganhar o seu pão de cada dia, empurram o dia com a barriga, não fazem nada, sobra tempo prá tudo menos trabalhar, vc vai nos postos de saúde, a gente fica igual peteca, dez pessoas na recepção e ninguém atende, só mau humor , cade a humanização, entra na sala de vacina não tem o profissional estão todos fofocando na cozinha, se tem curativo , dizem não sou eu que faço, vc é de outro posto pq mora naquele bairro, chega o povo tá de saco cheio de ser maltratado, façam as coisas trabalhem , não fiquem empurrando tudo pros outros, tem até enfermeira padrão que faz serviço de recepcionista se quer ser uma então faça concurso de recepcionista , isso é um abuso não tá contente de lugar pra outro a fila anda, só o cidadão que não tem direito a nada, funcionário querem só os direitos e os deveres? Se for por merecimento deveria cortar os salários deles, tá muito bom mesmo esta greve eles não querem negociação prefeita, eles querem é bandalheira, e ainda mais estes vereadores ah dá licença mamando nas duas tetas, vão buscar recursos prá Pilar , pq se tá ruim vcs vereadores são culpados, fikar somente criticando e pedindo lombada aqui, luz queimada ali, e avisando a Prefeita dos buracos não precisa nõs população vemos e falamos, não precisamos de vereadores prá isso, vão trabalhar também deveriam de ter vergonha de subir prá fazer uso da palavra sem nem saber o que tá falando, o pior fazendo politicagem e os povo aplausos, isso tá um circo.E nós pais que precisamos trabalhar não temos com quem deixar nossos filhos pq a educação está em greve, o absurdo passou dos limites msm, rua a eles Prefeita a população apóia que fike realmente quem trabalha nesta Prefeitura.

Anônimo disse...

Bando de burro, eles tem que aceitar pois se não houver acordo vai pró justiça do trabalho e a proposta vai piorar, sindicato só serve pra piorar, não estão nem aí pros trabalhadores, e outra coisa o Brasil todo está em crise, deve ter algum motivo para a prefeitura não der o que eles querem,e outra coisa o que tem de futuros candidatos a política nas próximas eleições agitando contra a administração atual da cidade, não que eu esteja defendendo, mas vamo acordar povo

Anônimo disse...

Engraçado, Pessoal pra falar no Palanque sobe e fala o quanto quer e quem diz ser tão esperto não escreve nem a Palavra Assembleia corretamente ! Quem será os errados ? Muito legal e digno o aumento, e tb direito dos trabalhadores, mas cá pra nós em tempos atuais mais vale um Pássaro na mão do que dois voando. E é muito facil gritar aos quatro cantos que é a favor da greve e tendo cargo comissionado ! Caráter, ta sobrando
Essa greve é só mais um pretexto pra grande maioria continuar sem fazer nada, assim é facil apoiar enquanto a populaçao quem sofre.

Anônimo disse...

Concordo que temos o direito do repasse inflacionário de 10,48%, porém existem regras a serem cumpridas, a da Lei da Responsabilidade Fiscal ao qual dá o limite de 54% da folha de pagamento sobre as receitas, se for dado esse aumento a prefeitura será obrigada a reduzir gastos com comissionados e até mandar embora funcionários em estágio probatório (menos de 3 anos de cargo). Sem contar o fato que a greve não vai adiantar de nada, vai demorar um bom tempo pra resolver e podemos ficar sem nada. Como diz o ditado: Mais vale um pássaro na mão que dois voando.
O mais engraçado é que falam mal do funcionário público, que é vagabundo e etc..., porém muitos esquecem que não são todos que ficam "coçando o dia todo", usando carro da prefeitura pra cima e pra baixo, gerando mais gastos com gasolina sem necessidade, só pra passar o tempo....é lamentável pois muitos levam a "fama" por causa de tantos "sem noção"... Também vale lembrar que quando abre o concurso público está cheio de gente querendo fazer, só que para passar meu amigo tem que ter CAPACIDADE para isso...

Anônimo disse...

Quer ganhar mais estude...quando prolongam os feriados ninguém reclama

Anônimo disse...

O grande capacidade pra depois reclamarem do salário e nem trabalhar direito, capacidade maior tem também os outros país de família que em tempo de crise dão valor a seu emprego e derramam o suor por ele.

Anônimo disse...

Bom tirando os garis, os professores, se for pra ficar quem realmente trabalha ai já era mesmo não vai sobrar muita gente, até a prefeita e o vice vão ter que cair fora.

Anônimo disse...

Frefiro trabalhar em uma empresa privada e correr de atraz daquilo que eu quero do que passar a vida inteira no mesmo cargo só mamando nas tetas.....

Anônimo disse...

Tá uma vergonha mesmo, pra que tantos funcionários assim numa prefeitura de um município com aproximadamente 30.000 habitantes? Sinceramente a administração pública não tem condições nenhuma de gerir nossa cidade, nossas ruas estão cheias de buracos e no meio desses quase 800 funcionários não tem quem arrume, a Ponte da Vila São Manoel foi levada com a chuva e precisou de uma Empresa privada para tomar frente e providenciar o concerto que até agora não acabou e provavelmente irá demorar muito para acabar, isso porque nossa prefeitura com quase 800 funcionários precisava terceirizar os serviços para a construção de uma nova ponte, nossa Santa Casa quase fechou nesse ano que passou por falta de dinheiro... agora vem a administração com essa desculpa que já virou texto de novela que por culpa da crise não tem aumento. Não tem aumento porque não houve administração correta, controle no orçamento. Tá cheio de cargo desnecessário, cheio de vereador, cargo de confiança e funcionário público que não faz nada... cheio de puxa saco, parente e Cunha de prefeita e vice apenas ocupando cadeira e ganhando o dinheiro que nos pagamos. Tem mesmo o funcionário público honesto trabalhador exigir os direitos, brigar por um salário digno. Ficam lá aqueles engravatadinhos que nem falar sabem direito ganhando rios de dinheiro enquanto um gari que trabalha no Sol quente correndo atrás de caminhão não chega a ganhar nem mil reais no mês.

Anônimo disse...

Essas pessoas que dizem que funcionário publico é tudo vagabundo são os ignorantes e cegos mentais que não enxergam que o lixo que deixam em suas portas são levados pelos coletores de lixo, que as ruas são limpas pelos garis, que os postos de saúde só funcionam por que tem funcionário lá, que as escolas também precisam de funcionários para funcionar e etc...
É ridículo falar que todo funcionário publico é vagabundo.
Como se no setor privado tudo fosse nota 10.
Me digam suas consultas no particular acontecem pontualmente?
Seu celular está sempre com sinal?
Sua internet nunca cai?
Seu carro nunca dá problemas?
Os ônibus nunca atrasam?
Seus dentistas são sempre pontuais!
As coisas que são feitas de "GRAÇA" não tem valor, e quando digo de graça é apenas um modo de falar, afinal tudo sai dos nossos bolsos inclusive dos funcionários públicos, que para que os ignorantes de plantão saibam, não são isentos de impostos tá!, e é fácil dar exemplos disso, nas poucas vezes que usei o transporte da saúde vi tanto absurdo, o pessoal quando sobe naqueles ônibus da saúde que é vamos dizer assim "GRATUITO" só falta cuspir na cara do motorista, mas quando vai no ônibus de linha que precisa pagar... É muito obrigado daqui, deus abençoe dali, boa viagem de lá...kkk
E no médico então, no SUS é uma porcaria, atrasa, é ruim, ai o sujeito vai no particular mais ou menos R$150 a R$200 reais em diante pra 5 minutos de prosa com o doutor, espera umas três horas pra ser atendido e sai feliz da vida, mas no posto de saúde se demorar uns 30 minutos pro médico chegar nossa!!! Vamos chamar a Tv TEM, o Ratinho, kkkkk
Quantas vezes fui mal atendido em comércios, em hospitais particulares e sabem porque? Porque somos todos seres humanos, e tem os que são bons funcionários e os que não são bons funcionários, independente de onde trabalham.
Eu sou funcionário publico concursado e não sou a favor da greve, e continuo trabalhando normalmente, acho que isso não vai dar em nada. É puro nhe nhe nhem.
Pra essas pessoas que criticam os funcionários públicos eu só digo uma coisa eu tenho dó de vocês, tenho pena mesmo, pq é de uma ignorância que nem sabe do que estão falando, e cuspir no prato que se come, e o pior que basta abrir um concurso que estão todos lá fazendo provinha pra passar, kkk
Ai num passa né porque num tem capacidade pra isso e vem aqui falar mal do funcionalismo publico, simples assim.

Anônimo disse...

Voltem a trabalhar bando de preguiçosos...Já se aproveitam de ser funcionário publico principalmente o povo que trabalha nos postos de saúde e vão ai querendo mais dinheiro sem ao menos merecer... aff

Anônimo disse...

sé tenho uma coisa para falar: como eu era feliz e não sabia no tempo do toninho da padaria. se arrependimento matasse eu votaria na dra bete na eleição passada. o voto perdido.

Anônimo disse...

"Num passa né porque num tem capacidade", rs rs rs rs
Esse(a) passou meio empurrada no concurso.
Serviço publico não é de graça meu caro. Pagamos mais caro que o serviço privado. Cada centavo seu que é gasto em tudo tem imposto.Tem muitos servidores públicos excelentes e profissionais mas as maçãs pobres estão acabando com a imagem dos bons.

Anônimo disse...

Lendo os comentários aqui, a gente percebe como tem gente que não entende nada ou finge não entender. Muitos falam que a Prefeitura deveria cortar gastos supérfluos, não fazer Feaps, etc. Isso não tem nada a ver....A Prefeitura deve até ter o dinheiro para aumento, mas são outras questões que impedem. É tão difícil de entender que o gastos com salário de pessoal não pode ultrapassar 54% do orçamento da Prefeitura? Ou seja, para que o problema seja resolvido seria necessário tomar alguma destas atitudes: 1) aumentar a receita (ou seja, aumentar os impostos) ou 2) Demitir pessoal. A segunda opção seria a mais viável já que a Prefeitura está inchada, e há dezenas de "maçãs podres" como alguns aqui já bem disseram. O grande problema é que diferente de uma empresa pública a Prefeitura não pode fazer demissões. Aí que está o problema! Não é uma situação simples de resolver...rsrs

Anônimo disse...

o governo da janete vai entrar pra historia!!!!
tudo de ruim aconteceu nesse mandato!!!!

Anônimo disse...

"diferente de uma empresa PRIVADA..."

REVOLUCTION disse...

BLOG TA BOMBANDO KKKKK PROFESSORES E FUNCIONARIO EM GREVE TODOS NO BLOG DO SERGIÃO....BORA BARGANHAR AQUI HJ GENTE MOVIMENTO TA BAUMMM ..

Anônimo disse...

concordo com este ultimo post

anônimo disse...

Queremos 10,48%? Sim queremos! Queremos até mais, SE FOR POSSÍVEL. As falas no palanque sindical foram que “leis não devem ser discutidas e sim cumpridas”, que “se for pra haver cortes, que seja feito, fazer o quê”. Os corte seriam dos secretários, comissionados cargos de gratificação, que na maioria são efetivos. voltariam aos seus cargos, haveria somente uma redução de seus salários, isso não seria suficientes para suprir a folha de 10,48. Então o que aconteceria a seguir, demissão dos que estão em estágio probatório, em torno de 150 funcionários. As leis devem ser flexíveis, de acordo com o caso concreto, analisam-se os dois lados, e abrem se as negociações. Então não seria o caso de o sindicato ceder, pois hora nenhuma se falou de negociação, negociação significa as partes cederem, a proposta foi lançada pela adm., mas não houve recuo por parte do sindicato, que tipo de negociação é essa? Que prefere sacrificar o emprego de 150 pessoas, por que A LEI DEVE SER CUMPRIDA, não seria melhor entrar num consenso, todos cedem, aceitar a proposta, e todos os empregos se mantém, e todos continuarem a luta pelo integral?

Anônimo disse...

Se o Toninho não fez nada quando a economia do país estava bombando, imagina agora nessa draga danada.

Anônimo disse...

Então poste aqui a parte do contrato que diz que o funcionário em estágio probatório pode ser mandado embora por incapacidade de gestão da prefeita, por favor trabalhe com fatos e não boatos.

Anônimo disse...

Concordo plenamente!!! O que acontece é que há muito interesse sindical em jogo e político também, já que é ano de eleição. Muita gente não está nem aí pro acordo, apenas querem tumultuar, subir em palanque pra chamar atenção pras próximas eleições, etc. Se existisse apenas um pouco de bom senso de ambas as partes(funcionários e Prefeitura) um acordo já teria sido feito, é fato! Só uma observação: há vários vereadores que são funcionários públicos (recebendo pelas duas funções) que estão no meio dos protestos. Por que eles não largam seus cargos de funcionários, enquanto "estivessem" vereadores, assim quem sabe a folha diminuiria e seria possível dar o aumento que todos querem? É pra se pensar também!!!

Anônimo disse...

Vergonha de pessoas como vc! Que não reconhece a luta e o trabalho do outro

Anônimo disse...

Vão ter manifestação sim! Vai ter paralisação nas ruas sim! E se reclamar vamos na porta da sua casa

anonimo disse...

Isso pq o sindicato é para proteger os funcionários de serem demitidos, que sindicato é esse, tá manchado os sindicatos que realmente são verdadeiros mediadores, pq aqui em Pilar do Sul o que estamos vendo é tudo o que não pode ser feito kkkkkk prá kaba msm Pedro vc sim é um verdadeiro sindicalista, com opiniões e entendimento de leis.

Anônimo disse...

Nossa, nem fale! Tem vereador subindo em palanque, incentivando o pessoal, mas que ganha dois salários. Por que esses não abdicam do seus salários como funcionário enquanto estiverem ocupando o cargo de vereador em benefício dos outros? É muita hipocrisia, tem muita politicagem nisso tudo!!! Política é uma porcaria, me perdoem a expressão! Sem dizer que tem um monte de gente querendo trabalhar ou que aceitaram o proposto pela Prefeitura que são impedidos pelo sindicato. Grave tem um limite, não pode atrapalhar a vida dos outros...

Anônimo disse...

Bem meu amigo, como vc disse, tem uma empresa!Vai olhar o lado dos trabalhadores pra que? Eles não são importantes pra vc, se um sai entra outro! Mas não! Não vamos nos deixar ser desvalorizados, pisados, taxados! Vamos pra luta dos nossos direitos, não ficaremos calados! Se a prefeita assinou uma lei que trate de cumprir!

Anônimo disse...

HAHAHAHAHAHA as vezes é melhor rir dos comentários insanos que a gente lê!

Vamos trabalhar sim, cidadão! Quando nossos direitos estiverem assegurados! Vamos protestar, vamos paralisar e se acha que o povo está sendo prejudicado, vá até a prefeitura exigir que nos escute! Chega de ser sucateado e desvalorizado! Críticos alienados NÃO PASSARÃO!!!

Anônimo disse...

Esse deve ser um daqueles que fala que tudo é culpa do PT e acredita em meritocracia! Coitado.

Anônimo disse...

Sinta-se a vontade! As escolas podem fechar sim! E ficarão fechadas até que sejamos atendidos! A greve é legal, não precisamos funcionar com um mínimo (a exemplo da Saúde)! Estamos agindo de forma regular, e as reivindicações são para TODOS! NÃO ALGUNS!

Informe-se antes de passar vergonha na Internet e no MP.

Anônimo disse...

que absurdo essa greve! se não estão felizes procurem outro emprego; venham pra empresa privada e vejam como é a realidade..

Anônimo disse...

Gente ta difícil ,mas ta mais difícil aguenta gente insuportável cantando o hino nacional tudo errado.!

Anônimo disse...

OPA!

ESTAMOS AQUI E EM GREVE TAMBÉM!

Anônimo disse...

Se ficamos parados todos os dias que sentido faz dizer que estamos atrapalhando a vida dos outros? Meio contraditório né não amigão?

Anônimo disse...

Tem muito pai de família reinvindicando seus direitos com toda razão do mundo!

Anônimo disse...

Parei de ler quando escreveu "hipocresia"

*Hipocrisia a sua, amigão!

Anônimo disse...

E o que significa esse Sindicato? Em vez de fazer proposta e ser o intermediador entre funcionários e prefeitura, só quer ficar colocando mais lenha na fogueira!

Anônimo disse...

Não tenho empresa não! Eu disse em relação a empresa que eu trabalho. Não terei aumento baseado na inflação nunca esse ano!

Anônimo disse...

Estudo e não é pouco não! Tenho uma jornada trabalho de 40 horas semanais estudo em uma Universidade de excelente qualidade! Estudo pra caramba, passei no concurso pq estudei tbm e todas as vezes que me sentir prejudicada em qualquer cargo que eu venha a trabalhar vou reivindicar meus direitos sim! Luto pelos meus direitos, pela qualidade de serviço e luto tbm pelo direito dos outros! Enquanto não houver resistência não haverá mudanças!

Anônimo disse...

Sindicato ao invés de ajudar só atrapalha! Só querem fazer baderna e causar! Aja paciência!

Anônimo disse...

Que absurdo ainda haver pessoas que pensam como vc! Alienados, filhos de um Educação sucateada... judiação

Anônimo disse...

O QUE VI HJ NA PRAÇA FOI UM ATO DE MUITA CORAGEM DOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS, NÃO VI NENHUM FUNCIONÁRIO DO ALTO ESCALÃO, SOMENTE OS MAIS HUMILDES FUNCIONÁRIOS COM SALARIOS BAIXOS, PARABÉNS A VCS E CONTINUEM FIRME NESSA LUTA, AMANHÃ QUERO VER O PANELAÇO EM FRENTE A PREFEITURA E NA ABERTURA DA FEAPS.

Anônimo disse...

Achei que os funcionários já estavam em greve há muito mais tempo...kkkk. Tirando a brincadeira de lado, a Prefeitura está inchada demais, tem muito funcionário na Prefeitura que mal trabalha, muitos "maçãs podres" como estão falando por aí. Se fosse uma empresa privada, muita gente já estaria na rua. O engraçado é ver vários destes subindo no palanque, pagando de bom moço, falando bravatas, e às vezes até reclamando de coisas mal feita na cidade pelo qual ele deveria ser responsável. É palhaçada demais....Além disso, a professorada ficou quase 90 dias de férias e agora num quer trabalhar....Vamos chegar num consenso pessoal...Pelo que eu entendi a Prefeitura até aumentou muito o vale refeição, justamente por lei não poder dar o aumento que todos querem. A diferença tá pequena, vamos ter um pouco de bom senso. Ou prefeita, vamos dar um jeito de demitir esses maçãs podres aí. Deve haver algum meio legal pra fazer isso. Assim resolve os dois problemas de uma só vez.Além disso, chega de baderna desses sindicatos aqui na cidade. Até pessoal da CUT aqui, meu Deus!

Anônimo disse...

Os responsáveis por essa educação sucateada são esses mesmos que estão lá praça reclamando...hipocrisia danada. Como bem disse um aqui, num sabem nem cantar o hino nacional....

Anônimo disse...

Mentira! Atos de coragem, onde isso? Funcionários iludidos por um sindicato que só quer baderna e fazer politicagem. Um monte de funcionário querendo trabalhar e são proibidos pelos outros. Muita gente que já aceitou a negociação, mas não tem voz ativa no sindicato que só quer tumultuar...rsrs

Anônimo disse...

Nenhuma greve é obrigatória, aderi a ela quem quer. Quem não quer, trabalha, os grevistas fazem reposição das horas.

Anônimo disse...

Pilar do Sul entra para História, funcionários municipais entram em greve e paralisa serviços públicos municipais, é pra acabá...

Anônimo disse...

E tbm há alguns setores que não podem parar totalmente, como os relacionados a saúde pública. Estes trabalham com 30% dos funcionários que normamente fazem revezamento, caso todos aderirem a greve.

Anônimo disse...

Prefeita e agentes políticos erraram muito, deixar chegar nesse ponto de greve. Como vai ficar conhecida a nossa cidade ? Perde mais um selo de bom pagador, seguindo o Exemplo da Dilma.

Anônimo disse...

Professores, funcionários de escolas, enfermeiros, ajudantes gerais, motoristas, garis? Estes são os responsáveis pela educação sucateada? Nossa educação é fruto de um governo desleal tanto com os servidores quanto com a população a quem deveria atender! Eu vejo na Praça pessoas que estão lutando pela primeira vez na história dessa cidade por fazer valer uma lei que os atinge sancionada pela própria prefeitura que agora a nega! Eu vejo trabalhadores que dão a cara a tapa para uma população raivosa que não os reconhece como deveria. Vejo gente humilde, trabalhadora, que cuida da Saúde e dos filhos de muitos! É hora de responsabilizar os verdadeiros culpados, os funcionários não tem poder, não mandam e nao são responsáveis pela má adminstracao Municipal.

Anônimo disse...

Um MONTE? De funcionário querendo trabalhar sendo proibido? Que planeta vc vive? Se a maioria aceitasse a proposta estariam na assembleia de votação e nao haveria greve, bem simples! Não fale oq não sabe, pfvr!

Anônimo disse...

Acho que se conseguirem o repasse, algum lado será prejudicado, e espero que esse lado não seja o meu e nem minha cidade que já não está numa situação agrádavel

Anônimo disse...

Pq teimam em querer falar de férias? Vc abriria mão das suas por um acaso? A greve é um direito constitucional assim como as férias! O reajuste anual é dado no início do ano, não no fim, não em férias, por favor entendam isso! A prefeitura não faz mais do que sua obrigação como empregadora, assim como os professores e funcionários fazem quando reinvindicam seus direitos!

As manifestações estão sendo pacíficas além de ser uma aula de cidadania para esse povo que só sabe reproduzir fala de "gente grande".

Mais do que na hora de Pilar sair dessa mentalidade feudal.

Anônimo disse...

concordo com você anônimo das 12:20, o Pedro era sindicalista de verdade, tinha opinião, não era Maria vai com as outras, não se deixava ser engolido por pessoas oportunistas!

Anônimo disse...

Querer colocar toda culpa na administração atual tb é palhaçada! Vários Prefeitos contrataram um monte de gente, principalmente o Toninho da Padaria....Como pode ser lido no texto essa adm. só tem 6 cargos comissionados.... É uma coisa simples, só não enxerga quem não quer: a economia geral piorou muito, empresas fechando na cidade (é só ver que uma das maiores chegou em processo de falência), e isso diminuiu muito a receita, então não conseguem dar o aumento pq os salários (que estão aumentando) só podem ser no máximo 54% da renda da Prefeitura (que vem caindo com a crise de todos setores). Muitos falarão que não se pode jogar a culpa na economia, na crise, blá, blá. Mas é fato que isso prejudica muito, quem já foi dono de empresa, administrou algo sabe que num é fácil.

Anônimo disse...

Amigo, você acha que sempre há uma pessoa ruim, seja ele qual Prefeito for, Toninho, Janete, e o resto dos habitantes são todos perfeitos? Vocês acham que os Prefeitos não melhoram a situação por quê não querem? Apenas por má vontade? Você acha que são todos mal caráter e não querem melhorar a cidade? Então todos os outros habitantes, funcionários são muito bons, capacitados, cumprem seus afazeres com absoluta produtividade, só que a Prefeita ou Prefeito atrapalha? Ah pelo amor....É por isso que o país não vai pra frente!!! É mal de brasileiro, sempre querer jogar a culpa nos outros, achar um culpado e só pensar em si próprio. Não me venha com essa, cada um tem sua parcela de culpa.

Anônimo disse...

A revisão geral anual dos vencimentos, prevista no artigo 37, inciso X, da CF, é questão controvertida que apresenta, inclusive, repercussão geral no E. STF (RE 565.089 SP). Por enquanto, há 4 votos contra a obrigatoriedade da Administração em conceder a revisão geral anual aos seus servidores contra 3 votos no sentido da obrigatoriedade da concessão. Portanto, até o momento, a revisão geral anual, obviamente, não é um direito líquido e certo do servidor.
Por outro lado, de fato, as despesas de pessoal do Executivo Municipal não podem exceder 54% (LRF, art. 20, III, b), sob pena de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal que pode acarretar ação por improbidade administrativa e rejeição de contas pelo TCE.
Não sou parente do gestor, não faço parte do governo, sequer conheço a Sra Prefeita.
Apesar disso, não tiro a razão dos servidores de pleitearem seus direitos e exigirem a correção de seus vencimentos. Apenas alerto de que não é com fundamentos rasos como "o aumento é mais do que obrigação da Prefeitura" que conseguirão ter êxitos em suas ações, principalmente em uma eventual ação no judiciário.
Para iniciar os debates, por que não rever o inchaço da máquina pública e quem sabe implementar um PDV no âmbito da Administração? São questões mais aprofundadas que necessitam ser analisadas....

Anônimo disse...

Não sou funcionário, mas amigos meus que são me contaram que que aceitariam numa boa o proposto pela Prefeitura. E ué, até onde sei chegaram a colocar um caminhão obstruindo a passagem da garagem da Prefeitura pra fazer questão que ninguém trabalhasse. ..rsrs

Anônimo disse...

Lógico que não abriria mão das minhas férias, dos 30 dias normais apenas (obviamente!). Mas quase 90 dias, sem contar aqueles feriados prolongados já é um pouco demais, não? E apesar de ser leigo no assunto, creio que não seja "obrigação" da Prefeitura dar o aumento ligado à inflação. Tudo depende do momento, da circunstância, se é possível ou não. É justamente por isso que deveriam existir os sindicatos, pra se chegar num acordo. Mas ao contrário disso só querem a discórdia. Imagina se todo o setor privado entrasse em greve porque queriam aumento de salário? Simplesmente seriam demitidos e contratados outros no lugar.

Anônimo disse...

Deve ter muito funcionário torcendo pra q a greve continue...já devem estar cansado D trabalhar esse ano

Anônimo disse...

Pede reajuste,pq n tem dinheiro...mas garanto q vai estar na feaps gastando

Anônimo disse...

kkk, fez mais que a janete que nem buraco anda tampando nas ruas ta feia a coisa na cidade nem as guias então pintadas... entre outras coisas

Anônimo disse...

Bateu saudades do tempo do Zaar e toninho... kk pelo menos faziam algo alem de construções, conta em dia e ajustes, mesmo não tendo essa capacidade da força que Janete teve nem os buraco ruas ta feia coisa... ou serão os funcionários que não dão conta tem cada cratera mato nas praças ..

Anônimo disse...

Fica uma pergunta: ficou bem claro que a Prefeitura, por lei, não pode dar o aumento desejado, pois irá ultrapassar os 54% do orçamento. Então, qual seria a alternativa dos funcionários que solução eles teriam? Como que eles solucionariam o problema? Minha dúvida Sérgio, talvez você possa ajudar: demitindo todos os 6 funcionários comissionados e aumentando o salário do restante em 10,48%, o valor ficaria abaixo dos 54%, ou ainda não? Ou teria que demitir mais gente? Pode demitir ou a Prefeitura não pode por ser concursados? Temos que ouvir todos os lados, analisar todas as questões antes de ter uma opinião formada.

Anônimo disse...

Algumas perguntas aos funcionarios do setor privado:
Vcs ficam contente qdo o patrão nao paga o 13.?
Ficam felizes qdo o patrão nao paga as férias? E qdo nao paga o INSS? E qdo nao paga o FGTS? E os acordinhos pra mandar embora? Ja fizeram alguma vez? E as horas extras q vcs fizeram, suaram pra trabalhar e nao receberam, reclamaram com o patrao? E qdo da diferença no salario? E qdo n vem o salario familia? Eu duvido q exista um aqui q abriu mão do seu direito em favor do patrão!!! Muitos d vcs reclamam da greve porque a greve esta atingindo vcs...vão la na prefeitura reclamar com a prefeita, afinal o que estão fazendo os funcionarios publicos é reinvidicando seu direito, assim como vcs fazem na empresa que vcs trabalham....abraços a todos...

Anônimo disse...

O dinheiro pago já é pouco, mas o que estão pedindo não é por estarem sem dinheiro! É por ser um rejuste que ocorre todo ano, e que esse ano a prefeitura quer negar oq é garantido por direito.

Anônimo disse...

Está bem ruim mesmo, mas sem querer defender a gestão atual, vale lembrar que nunca choveu tanto como agora em décadas. A chuva não dá trégua. Sem dizer que a maioria desses buracos sãos serviços mal feitos da Sabesp, pode observar.

Anônimo disse...

Os sindicalistas também recolheram as chaves dos veículos para que as pessoas não pudessem trabalhar. Anônimo das 14:53....você que anda precisando se informar.

Anônimo disse...

O anônimo das 16:04 horas, falou tudo o que eu queria, mas não teria capacidade de fazê-lo. Não tiraria uma vírgula do seu texto. Perfeito, você resumiu tudo!

Anônimo disse...

Vixi, eu não sinto saudade alguma...kkk

Anônimo disse...

Amigo, vai se informar. Não é garantido por lei, senão o reajuste seria inevitável, teria que ocorrer de qualquer jeito.

Anônimo disse...

Lógico, se as empresas deixassem de fazer tudo isso que você tá falando qualquer um ficaria indignado. Mas o que vocês estão reivindicando é um aumento reajuste total da inflação. E isso, por exemplo, eu mesmo não vou ter esse ano. Nem por isso vou fazer greve nem reclamar, pois no mesmo dia aparece outro no meu lugar ganhando metade do que eu. Temos que entender a situação.....Você acha que simplesmente a Prefeitura não quer pagar?!?! O que estaria ganhando com isso além do ônus político? Vamos para pra pensar um pouco....

Anônimo disse...

até parece que tem gente querendo trabalhar no circo... não seria a hora de cortar os cargos comissionados mas também as maças podres, ou até mesmo os aposentados, fica a dica.

Anônimo disse...

Vão estar na Feaps, e nos camarotes da Prefeitura diga-se de passagem. Posso apostar!

Anônimo disse...

Acredito que há muita gente boa como ruim em ambas as partes! E em momento algum afirmei o contrário! Agora essa história de "não tá feliz sai fora" é muito leiga, abstrata, não resolve problemas. O trabalho público assim como qualquer outro é uma via dupla, é preciso que haja um bom funcionalismo público assim como uma boa administração, ponderando entre as dificuldades de tal forma que esteja no mínimo atendendo de maneira razoável, oq infelizmente não é a nossa atual realidade! Quando digo administração e sucateamento público, regiro-me a tanto os órgãos administrativos municipais, quanto estaduais e federais. Infelizmente o setor privado (que vc julga ser a "realidade") não possui uma força do trabalhador pelo constante risco de perca, a alienação, a mais valia, assim como o medo, impede as pessoas de lutarem assim como a fazem reprodutores de uma realidade injusta.

A luta dos servidores públicos é mais que digna e coerente, a revolução começa da base, e a lei existe para ser cumprida, não estão pedindo absurdos, apenas reinvindicam coisas que a eles são de direito!

Vamos todos pra frente quando olhamos pro outro e enxergamos como nossas as suas legítimas lutas! Vamos pra frente quando pararmos de desmerecer a luta alheia, parar de achar só de quem é a culpa e buscar por soluções plausíveis! A prefeitura Municipal é sim responsável pelas atuais ações dos funcionários e nao querer enxergar isso meu amigo, é como dizem por aí: querer rapar o sol com a peneira!

Até mais ver.

Anônimo disse...

Há funcionários em escolas que optaram por não fechar, nos postos de saúde, se não quis ficar no seu posto foi pq realmente não bateu o pé pra ficar! Ninguém é obrigado não, fala pra esse seu amigo! Pq eu estou de greve por livre e espontânea vontade, não quer lutar, não va!

Anônimo disse...

E você um Ignorante !

Anônimo disse...

Você entendendo é o que vale Amigão ! Sinta-se a vontade de não querer ler ate o fim. Tolerância Zero pra vc ! AMIGÂO!

Anônimo disse...

Uma lei sancionada a um tempo razoavelmente curto não deveria estar dando tanto vexame! Se faço parte da administração e sei que ha riscos da folha estourar, pq coisa eu iria aprovar um reajuste que eu não poderia futuramente arcar?

Que chefe assinaria um documento referente ao salário de um empregado que nao pudesse pagar? Isso é irresponsabilidade.

E não é aumento! É reajuste!

Outra coisa, no ano passado setores da prefeitura trabalharam com redução de carga para diminuir os gatos como o de energia elétrica, a Educação não pode diminuir seus horários diários, ha dias letivos a se cumprir, simplesmente a soma das horas dos demais funcionários foram revertidos em dias fechados no fim do ano letivo! Não são 90 dias de férias, são 30 mais as devidas horas. E o professor nao sai de ferias com os alunos eles ainda permanecem por um tempo na escola, até cumprir seu calendario de trabalho.
Ai se vc se preocupa com feriados vai ter brigar com todos o país, e fazer mudar a lei trabalhista dos professores.Oq no momento não está em jogo, cada um tem direito e dever de lutar pelos seus direitos, e é uma pena que uma parcela das pessoas não reconheça o lado dos trabalhados que sempre saem taxados com algum estereótipo perjorativo.

Anônimo disse...

O único aumento q vai ter serão das bebidas,dos produtos na praça de alimentação na festa...
Tendo festa ninguém reclama

Anônimo disse...

Voltem a trabalhar mesmo e parem de cantar, para que ta feio

anonimo disse...

É tão vergonhoso que 70% terão de voltar, isso é para refletir?

Anônimo disse...

Voltamos pq alcançamos o nosso objetivo! E pode ter ctz que se não estivéssemos de acordo, iríamos recorrer e continuar em luta sim! Queria ver a escola do seu querido filho funcionar com 30% de professores e funcionários a menos! Todas as vezes que nossos direitos forem feridos não vamos nos calar! Somos fortes e graças a Deus e ao bom senso temos a maioria ao nosso lado!

Anônimo disse...

Ta falando dos administradores né colega? Quero ver um gari no camarote do lado do vice prefeito. Que coisa sem noção, vc não tem ideia do que falam.

Anônimo disse...

Concordo em tudo com você anônimo das 21:34! Principalmente quando se trata do setor de saúde!Ninguém quer trabalhar; somos jogados de um lado para o outro; além da enfermeira que quer ser recepcionista, na cananéia tem uma enfermeira que não cumpre o horário porque tem um outro emprego; isso é dinheiro público jogado fora! Tenho até pena de quem administra a saúde, porque deve ser muito difícil conviver com pessoas que são mal humoradas e não querem trabalhar!
E a vigilância sanitária então? Tem um monte de pessoas naquele setor e só os vejo na rua gastando combustível; inclusive lá tem um vereador que é pago para fiscalizar a não vê isso?? Que conivência é essa??? Esses dias até vi dois todos sujos de sangue andando pela rua. Será que trabalham demais e não da tempo nem de trocar de roupa? kk
Os funcionários lutaram pelos seus direitos, agora queremos ver cumprir os seus deveres!
Acredito que nessa prefeitura há alguns que trabalham demais, e muitos que trabalham de menos. Ta na hora de equilibrar isso! Queremos ser bem atendidos em todos os setores, isso é obrigação de vocês, porque trabalham para nós cidadãos e os seus salários saem do nosso bolso!
Mais ação e menos falação, fofoqueiros saiam da cozinha! Isso é tudo!

Anônimo disse...

Palavras q devem estar na cabeça de todos funcionàrios públicos,PACIÊNCIA(ou seja)SABER ESPERAR.muitos estão na fila aguardando pela sua vez,como eu,por isso não crie desavenças com os companheiros de trabalhos.dê graças de ter seu salário e receber no dia determinado,só tens á agradecer mesmo!!!

Anônimo disse...

Sabe porque temos ouvido falar tanto de corrupção na tv? Por causa de pessoas como você, que defende uma má administração e não faz questão de acompanhar os gastos do município e receitas. pois se acompanhasse veria os cargos comissionados que inclusive nossa juiza fez com que fossem extintos, mas infelismente aqui em pilar acontece algumas coisas no papel , mas na prática acontece outras. cargos foram criados no final do ano de 2015 apenas para acomodar certas pessoas. E é claro que é fácil sentar na sua casa e esperar que venham ex: buscar o lixo em sua porta,que varram a rua pra você passar, educar seus filhos,aferir sua pressão arterial,tapar os buracos com pouco material que é comprado (fazendo milagre com material ruim. Então por favor fique do lado dos pequenos e não de uma prefeita que ja não pode nem disputar o cargo para reeleição. obrigado

anonimo disse...

pois cada um pensa de uma forma mais tem muitos ali que nao ligaram para politica e sim pelo sei direito ...

anonimo disse...

muitos criticam vereador agnaldo silvestre , dizem que ele é isso ,isso mais pouco reconhcem que ele é um funcionario publico e faz isso tanbem pelos seus direitos e não por ato de politicagem .. falar é facil quero ver ter a coragem que ele teve de enfrentar todas as autoridades sub maior que ele colocando ate sua vida em risco .. vamos parar e pensar que só ele ta fezendo certo ...

Anônimo disse...

Queria deixar bem claro que não estou do lado da prefeita anônimo das 15:52! Ou você é um dos politiqueiros que se aproveitaram da greve ou um dos fofoqueiros da cozinha ou uma pessoa que não precisa do atendimento do SUS porque consegue pagar convênio médico. Pois se você usasse o serviço público de saúde iria concordar com tudo que eu falei! Vá um dia ao centro de saúde e voce irá perceber como é! Acredito que existem muitos funcionários bons, mas a maioria não dá valor nenhum para o emprego que tem, não querem fazer nada, só ir sacar o salário no final do mês. Isso é corrupção! Querer o dinheiro público, dinheiro do nosso bolso, sem querer trabalhar!

Anônimo disse...

Concordo com o anonimo 17:54, pq ta na hora de moralizar, que todos tenham o direito de ser bem atendidos, pq trabalhar não é favor, é dever. cumprir horário de trabalho,trabalhar com eficiência, profissionalismo e amor faz parte do qual são pagos para isso, o povo também tem que participar sim, a causa é justa, que todos façam sua parte.

Postar um comentário

PUBLICIDADE