Alckmin reúne prefeitos da RMS para anunciar a suspensão de concessão e pedágios

Geraldo Alckmin anunciou a suspensão de pedágios em todo o Lote B / Foto: Divulgação.
O governador Geraldo Alckmin se reuniu nesta terça-feira (01) no Palácio dos Bandeirantes com os prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) para discutir o projeto de concessão do Lote B do "Novo Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo", cujo eixo principal é formado pelas rodovias SP-324 (de Vinhedo a Campinas), a SP-79 (de Salto a Sorocaba e de Sorocaba a Piedade), a SP-264 (de Sorocaba a Pilar do Sul) e SP-250 (de Pilar do Sul a Ribeira). No total são 481 quilômetros de rodovias no lote B.

Durante a reunião, Alckmin anunciou a suspensão da concessão de todo o Lote B e da implantação de qualquer pedágio na região. "Tudo será debatido e discutido com calma com a região, analisando os investimentos que poderiam ser feitos, quais os locais que são mais necessários", explicou.

"Nós vamos trabalhar juntos, sintonizados com a comunidade da região que é a mais interessada no seu desenvolvimento, nos investimentos e na geração de emprego", acrescentou o governador.

Participaram da reunião os prefeitos Antônio Carlos Pannunzio (Sorocaba), Antônio Luiz Carlos Gomes (Itu), Maria Vicentina (Piedade), Janete Carvalho Paes (Pilar do Sul), Tsuoshi José Kodawara (São Miguel Arcanjo), Fábio Augusto Holtz (Sarapuí) e Erinaldo Alves da Silva (Votorantim).

A reunião também contou com a presença dos secretários Saulo de Castro Abreu Filho (Governo), Duarte Nogueira (Logística e Transportes), Edson Aparecido (Casa Civil), além de Karla Bertocco, (subsecretária de Parcerias e Inovação) e Giovanni Pengue (diretor geral da Artesp).

Do Portal do Governo do Estado
Geraldo Alckmin discute com secretários, deputados e prefeitos da Região de Sorocaba/ Foto: Divulgação.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

5 comentários:

Anônimo disse...

e vcs vão acreditar nesse cara?
é ano eleitoral meu povo
ano que vem ele esquece toca pedagio em tudo

Anônimo disse...

Concordo com VC anônimo das 08:45 isso q eles falam é tudo pataquada pro povo acreditar, ano q vem vai colocar MSM, mas não devemos permitir e aceitar de boa... Pois é só pra roubar nosso dinheiro, garanto q não vai ter investimento algum nas rodovias... Ano eleitoral se fazem de bonzinhos, mas esse PSDB tá sujo até o pescoço!!!!

Anônimo disse...

Quando acontece acidente todo mundo reclama das estradas mas querer desembolsar um pouquinho ninguém quer mesmo. Viajo constantemente e vejo a diferença entre as estradas pedagiadas e as que são concessão do DER. Quanto custa a morte de uma pessoa? E também lembrando que não é só PSDB que tem gente mentirosa, basta olhar o nosso governo federal.

Anônimo disse...

Anonimo de 04MAR16 07:21 é por causa de pensadores como você que o País está essa porcaria de hoje, pessoas que acreditam que temos que sermos taxados com impostos alto, e sobretaxados com pedágios, já pagamos uma das maiores taxas tributárias tributárias do mundo, é simples basta parar a corrupção e esses políticos bandidos, assassinos, enquanto eles enchem os bolsos, pessoas morrem em estradas ruins, aguardando uma vaga em UTI, pela falta de medicamentos, mesmo que se tenha medida judicial determinando a entrega do medicamento, falta de médico, de hospitais, basta honestidade, o valor arrecadado em impostos é um absurdo, se usado com honestidade, e em pouco tempo se consegue em ordem este País, e não precisaremos pagar mais por aquilo que temos direito, se você não se lembra que Tiradentes foi enforcado e esquartejado pelo ideal de libertarmos do julgo Português, que cobrava impostos semelhantes aos que atualmente pagamos, caso não acontecesse o pagamento acontecia a famigerada derrama, quer saber de uma coisa, abraça todos os políticos corruptos e sai pro mundo, para cadeia,ou como se dizia na época de Tiradentes para o "quinto dos infernos".

Paulo Motta disse...

Ele foi claro "Tudo será debatido e discutido com calma com a região, analisando os investimentos que poderiam ser feitos, quais os locais que são mais necessários", então serão colocados pedágios sim, pois até infraestrutura para isso já foi realizada (instalação de conduites para a instalação de praça de pedágio.

Postar um comentário

PUBLICIDADE