Motorista do Nissan Sentra envolvido no acidente na SP-250 se apresenta à policia


O empresário José Ramos Neto, 30 anos, motorista do Nissan Sentra, envolvido no acidente com a Fiat Strada na noite de quinta-feira (17) na rodovia SP-250, que resultou em três pessoas mortas e uma ferida (leia aqui e aqui), se apresentou na Delegacia de Polícia de Pilar do Sul na tarde desta segunda-feira (21).

Acompanhando de um advogado, Ramos Neto foi ouvido pela equipe do delegado Milton Andreoli. Ele alegou que quem provocou o acidente foi o condutor do Fiat Strada, que fez uma ultrapassagem mal sucedida.

Ele disse que não se lembra do que aconteceu após a colisão, já que só acordou por volta de 11 horas do dia seguinte, no meio de um matagal localizado próximo ao secador de cereais da Ouro Safra, a cerca de um quilômetro do local do acidente, onde permaneceu ferido e desmaiado por mais de 16 horas.

Apesar de alegar que estava ferido, Ramos Neto não procurou atendimento médico. O delegado determinou que o empresário faça um exame no IML para constar os ferimentos que alega que sofreu.

O empresário, do ramo de corte e transporte de eucaliptos, admitiu que a sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o licenciamento do veículo Nissan Sentra estavam vencidos.

A Delegacia informou que José Ramos Neto está arrolado como autor do acidente, registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor, e que um inquérito policial será instaurado para apurar as causas e responsabilidade pelo acidente.

Leia também:
Delegacia de Pilar do Sul / Foto: Sérgio Santos.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

6 comentários:

  1. Fácil jogar a culpa no morto, até pq as testemunhas oculares são seus funcionários q sobreviveram...

    ResponderExcluir
  2. É cara so lamento pra voce, talvez a justica da terra voce pode conseguir passar, mas a justica de DEUS essa sabe bem o que foi e o que não foi, e isso cedo ou mais tarde as consequencia virao.

    ResponderExcluir
  3. NÃO É DE DUVIDAR QUE ESTAVA ALCOOLIZADO O ZÉ RUÉLA.
    QUEM BEBE E DIRIGE PRA MIM É UM ZÉ RUÉLA.

    ResponderExcluir
  4. Mas o que sobreviveu disse que ele causou o acidente.como assim não se lembra que fugiu.e agora dias depois se apresenta com adevogado.palhaçada

    ResponderExcluir
  5. Agora coloca a culpa do outro motorista(Roberto),mais fugiu do local se apresentou com advogado que teve tempo de instruir e colocar a culpa em que não pode mais se defender.O casal fazia esse trajeto até mais de duas vezes por semana a muitos anos,inclusive ela mesmo dirigindo conheciam a estrada a muitos anos.

    ResponderExcluir
  6. se nao foi o causador do acidente então por que fugiu

    ResponderExcluir