Aposentado desaparecido no Turvinho pode ter sido vítima de latrocínio

Anézio Gomes de Oliveira está desaparecido/Foto: Divulgação.
A Polícia Civil investiga o desaparecimento do aposentado Anézio Gomes de Oliveira, 77 anos, que não é visto desde anteontem, segunda-feira, 06 de junho.

A residência dele no bairro do Turvinho, zona rural de Pilar do Sul, estava com uma janela arrombada, vidros quebrados e marcas de sangue.

O sobrinho do idoso, Luiz Gomes de Oliveira, 55, que reside em sítio vizinho, foi ontem pela manhã na casa do tio e descobriu a janela arrombada, chamou por ele e, como não respondeu, adentrou no local e descobriu a casa toda revirada e nenhum sinal do aposentado.

O sobrinho disse que na noite anterior, durante o apagão de energia elétrica, por volta de meia noite, ouviu latidos dos cães. Ele disse também que o tio mantinha uma lata de dinheiro em casa onde, acredita, havia cerca de R$ 4 mil, que desapareceu.

Familiares do idoso continuam procurando por ele pelo sítio e nas redondezas, mas até agora ele não foi encontrado.

Ainda ontem as polícias Civil e Militar estivaram no local, colhendo vestígios e ajudando nas buscas ao aposentado, e encontrou uns pedaços de pano ao lado de uma tesoura, como se alguém tivesse feito mordaça e amarras.

A ocorrência foi registrada como furto e desaparecimento, mas a polícia não descarta qualquer hipótese, até mesmo de latrocínio (roubo seguido de morte), e segue todas as linhas de investigação.

A polícia solicita que se alguém tiver alguma informação sobre o caso e do paradeiro do idoso que ligue para o Disque Denúncia (181) ou para a Polícia Militar (190).
Janela arrombada / Foto: Divulgação.

Vidros da janela quebrados / Foto: Divulgação.

Panos e tesoura: evidencia de que pode ter sido feitas amarras e mordaça / Foto: Divulgação.

A casa estava toda revirada e tinha objetos separados para serem levados / Foto: Divulgação.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE