Homem é morto a facadas em briga de bar no Jardim Campestre

PUBLICADO ÀS 0h46 - ATUALIZADO ÀS 10h08
Renaldo, 'Negão do Fogão', morreu no hospital/Foto: Divulgação.

O ajudante geral Renaldo Lemes Nogueira, 40 anos, foi morto à facadas durante uma briga de bar na noite desta sexta-feira (10) na avenida Antonio de Carvalho, no Jardim Campestre I.

Renaldo, o 'Negão do Fogão', levou duas facadas, uma no lado esquerdo do peito, próximo ao coração, e outra no braço esquerdo, e ainda foi socorrido pelo SAMU à Santa Casa, mas não resistiu e morreu.

O baiano Aílton Alves da Paixão, 38 anos, acusado do homicídio, foi preso, pouco tempo depois, pelos policiais militares Luciano e Sara na sua residência, localizada nos fundos do bar. Ele alegou que foi agredido por Negão e outro homem e agiu em legítima defesa.

Baiano estava ferido no braço esquerdo, segundo ele, provocado por um corte de garrafa de vidro durante a briga. Após ser medicado na Santa Casa ele foi conduzido à Delegacia, onde foi autuado em flagrante pelo delegado Milton Andreli, acusado de homicídio, e recolhido à cadeia local.
Aílton Alves da Paixão e a faca utilizada no crime / Foto: Divulgação.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE