Após ameaçar vizinho, lavrador é detido por posse ilegal de arma de fogo

O homem pagou fiança de R$ 4.400 para responder em liberdade
Foto: Divulgação / Marcio L. Queiroz.

Por volta de 22h30 esta sexta-feira (08) a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de ameaça no Pinhal de Cima, bairro localizado na zona rural as margens da rodovia Nestor Fogoça (SP-250) na divisa de Pilar do Sul e São Miguel Arcanjo.

No local, a vítima de 30 anos disse que estava em casa com sua esposa, de 21 anos, quando o vizinho surgiu em frente a sua residência gritando “sai pra fora se for homem que eu vou dar um tiro na sua cabeça”. O casal disse que ia chamar a polícia e o vizinho foi embora, mas retornou em seguida reiterando as ameaças.

Os soldados Luciano e Sara se dirigiram para o local e lá chegando localizaram M.R.V. de 39 anos que confirmou que teve uma desavença com o vizinho, mas negou que estivesse armado.

A mulher de M.R.V. confirmou que o marido mantinha uma espingarda em casa e autorizou os PMs a entrar na residência onde eles apreenderam uma espingarda 651, calibre 28, desmuniciada, e um cartucho calibre 28. 

Indagado, o lavrador alegou que a arma era registrada e que pertencia ao patrão, mas que este estava viajando para o exterior. Localizado por telefone pelo encarregado da fazenda, o patrão negou a propriedade da espingarda.

Diante dos fatos, M.R.V. foi conduzido a delegacia onde o Dr. Oscar Garcia Machado Junior, delegado de plantão, o autuou em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e arbitrou uma fiança de cinco salários mínimos, R$ 4.400, que foi paga pelo irmão do patrão e o indiciado responderá o inquérito em liberdade.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

1 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE