Clube de leitura de Sarapuí teve dois encontros em agosto

Encontro do dia 10 de agosto, sobre o livro de Agatha Christie.
Suspense e biografia foram os estilos lidos pelos participantes do Clube de Leitura de Sarapuí para os encontros de agosto. No dia 10, a conversa foi sobre “O assassinato de Roger Ackroyd”, de Agatha Christie, na sala de leitura da escola estadual de ensino médio Flora Prestes César.

Não faltaram elogios à autora, dama do suspense. Teve até um marcador de página especial que foi distribuído aos participantes, fazendo alusão ao bigode do detetive Hercule Poirot, personagem que está presente em mais de 40 livros da autora. O local também foi especialmente decorado por professores e alunos da escola para a ocasião.

O segundo encontro de agosto foi na Câmara Municipal, no dia 13, sobre o livro “O escafandro e a borboleta”, um relato autobiográfico do jornalista francês Jean-Dominique Bauby. Trata-se de uma história triste, mas também de determinação e perseverança do autor, que perdeu praticamente todos os movimentos do corpo após um AVC nos anos 90.

O autor morreu poucos dias depois de finalizar o livro, que foi todo escrito com ele ditando, letra por letra, com o único movimento que lhe foi preservado: piscando um dos olhos. Não faltaram histórias e relatos pessoais dos participantes sobre situações em que é preciso virar borboleta para fugir dos escafandros que nos aprisionam ao longo da vida.

Para setembro, o livro a ser debatido é “Holocausto brasileiro”, de Daniela Arbex.

Maiores informações na página do Clube de Leitura de Sarapuí no Facebook ou pelo e-mail jornalismo.portalsarapui@gmail.com, com a mediadora Fernanda Gehrke.

Fotos e texto: Fernanda Gehrke, jornalista
Encontro do dia 13 de agosto, sobre “O escafandro e a borboleta”.
No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

PUBLICIDADE