Paiotti e Daniel participam de debate de estudantes com candidatos a prefeito de Pilar do Sul

Transcorreu na mais perfeita normalidade o debate promovido pelo DCE – Diretório Central do Estudantes da Uniso (Universidade de Sorocaba), entre os candidatos a prefeito de Pilar do Sul na noite desta sexta-feira (23) no auditório do Salão Pio X.

O destaque negativo do encontro foi que o candidato ‘Democrata’ Antonio José Pereira, o Toninho da Padaria, apesar dos insistentes convites da organização, não compareceu ao debate.

Já os candidatos Daniel Nunes da Silva, o Coureiro (PT) e Angelo Paiotti (PTB) compareceram e responderam todas as perguntas formulados pelos estudantes, membros da comunidade e imprensa.

Segundo os organizadores cerca de 400 pessoas prestigiaram o evento histórico em Pilar do Sul. Uma viatura da Polícia Militar, composta pelo cabo Cardena e o soldado Cruz, esteve presente para garantir a segurança e o bom andamento do evento, mas não houve nenhum contratempo, pelo contrário. Ao final, todos se confraternizaram no que foi considerado uma festa da democracia e de pleno exercício de civismo e cidadania.

Para Rafael Brizola Miranda, 22 anos, auxiliar de escritório e estudante de técnico em administração, o debate foi importante para conhecer as propostas dos candidatos e o que eles podem fazer para melhor a cidade. “Infelizmente um dos candidatos não veio. Eu estava em dúvida, mas a partir que um faltou, pra mim, é falta de responsabilidade e após ouvir os dois candidatos com certeza deu pra decidir o meu voto”, disse.

Já Ricardo Izaias, 57 anos, disse que nunca tinha visto um debate e o que lhe chamou a atenção foi a organização e o respeito mútuo entre os dois candidatos. “É importante o debate. Faltou ser o três candidatos, né? Toda eleição deve ter debate, é bonito de ver esse ‘olho no olho’ encarando o povão”.

Uma servente de 65 anos, que preferiu não se identificar, disse que já tinha o seu candidato definido, que acha o debate importante e deve ser realizado em todas as eleições, mas que ele não alterou em nada a sua escolha.

Para o candidato petebista Angelo Paiotti foi ótimo e democrático o debate. “Quero parabenizar o DCE pela realização do debate e por essa lição de democracia. Aqui pudemos expor nossas ideias, nosso plano de governo. E é assim que tem que ser. O candidato deve estar perto do povo. Onde o povo está, temos que estar. Acredito que a população foi a grande vitoriosa pelo que aconteceu aqui hoje”.

Para o petista Daniel Coureiro o debate foi excelente e disse que desde a eleição passada, quando também concorreu, ele já defendia a realização do encontro entre os candidatos. “O debate foi maravilhoso, com respeito com o púbico e os candidatos e é assim que se faz a democracia. Cada candidato tem as suas propostas. Eu apresentei a minha o meu adversário apresentou as deles. Agora resta o eleitor decidir o que é melhor pra nossa cidade hoje”.

A presidente do DCE, Nicole Carvalho, disse que a avaliação final feita pela organização do debate foi que ele foi muito bom e que o objetivo é promover mais debates nas eleições futuras. “Apesar de toda perseguição e ameaça que sofremos, foi um alivio ter promovido esse debate. Dois candidatos e mais de 400 pessoas compareceram e a gente deu uma aula de política pra nossa cidade”.

Há 20 anos, desde 1996 quando a Igreja Católica teve a iniciativa, não acontecia um debate entre candidatos a prefeito de Pilar do Sul. Para Nicole, o desse ano será um marco histórico e, daqui pra frente, necessariamente, nas eleições municipais vindouras terá que se ter um debate entre os candidatos.

“Daqui pra frente, é dar continuidade. E enquanto estivermos morando aqui vamos realizar o debate. Até lá (próximas eleições) não estarei mais à frente da presidência do DCE, mas sempre vai ter alguém de Pilar do Sul no DCE pra que a gente possa promover o debate”.

Com relação a objetividade das perguntas dos cidadãos e as respostas dos candidatos, Nicole disse que foi além do esperado. “Teve muita participação de estudantes da ETEC, um trabalho realizado pelo professor para que eles participassem do debate, e os candidatos nos surpreenderam pela coragem que eles tiveram de estar aqui, dando a cara a tapa para a população e responder, mostrando que eles estão preparados para governar Pilar do Sul”.

Ao final ficou uma certeza de que quem venceu o debate foi a democracia!

Fotos: Sérgio Santos.

No Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. MTB 51.754/SP.
    Comentar pelo Blogger
    Comentar com Facebook

2 comentários:

O cidadão disse...

Parabéns aos candidatos que participaram. É assim que a democracia acontece. E mais uma vez, minha crítica ao candidato faltoso. Não tem competência nem pra debater, quiça pra governar.

Edson Lagartixa disse...

"Há 20 anos, desde 1996 quando a Igreja Católica teve a iniciativa, não acontecia um debate entre candidatos a prefeito de Pilar do Sul."
Não que isso acrescente alguma coisa, mas, tenho a gravação em áudio deste debate de 1996, para os estudantes esta disponível se interessar.

Postar um comentário

PUBLICIDADE