Laudos revelam que Zelão não atirou em Luciana e que ambos foram vítimas de um atirador


Perícia não encontrou vestígios de chumbo nas mãos de Zelão, que é destro e foi alvejado no lado esquerdo do rosto e na nuca.
Radiografia mostra os dois projéteis alojado no cérebro de Zelão.

A reportagem do Blog do Sérgio Santos teve acesso ao Inquérito Policial 193/16 e aos laudos com os resultados das perícias realizadas pelo Instituto de Criminalística da Polícia Técnico-Científica e Instituto Médico Legal (IML) que apontam que José Antonio Gomes (Zelão da Central Bier) não foi o autor dos disparos que mataram Luciana Gonçalves da Silva e que os feriu.

O laudo do IML, assinado pelo médico legista Dr. José Eduardo Campos, demonstra que os disparos foram efetuados à distância e que Zelão, que é destro, foi alvejado por dois tiros na cabeça, sendo que um atingiu o maxilar esquerdo e o outro a região occiptal (acima da nuca) e que jamais poderiam terem sidos efetuados por ele mesmo. 

O laudo dos exames residuográficos, amostras colhidas pela perita Dr. Kelly Furtado e analisadas pelos peritos criminais Dr. Décio Murilo Moraes e Dra. Gláucia Nunes, comprovaram que não existiam partículas de chumbo (resíduos de disparo de armas de fogo) em nenhuma das mãos de Zelão e de Luciana.

Além disso, a perícia técnica realizada no veículo demonstrou que os estilhaços de vidros estavam para o lado de dentro do carro, evidenciando que os disparados foram efetuados do lado de fora, pela porta dianteira esquerda do veículo.

O delegado titular de Polícia de Pilar do Sul, Dr. Milton Andreoli, disse que, com o resultados dos laudos, está descartada a suspeita inicial sobre Zelão, que ambos foram vítimas de um atirador. “Essa fase da investigação está concluída. Estamos trabalhando com as hipóteses de latrocínio (roubo seguido de morte) ou vingança”, disse Andreoli, que não revela maiores detalhes para não atrapalhar as investigações em curso.

O crime

O crime ocorreu no início da noite de 19 de novembro do ano passado em uma plantação de eucaliptos na região da Usina Jorda Flor, zona rural de Pilar do Sul.

Em seu depoimento, Zelão disse que ele e Luciana estavam dentro do carro quando foram repentinamente surpreendidos por um homem que efetuou os disparos.

Zelão disse que desmaiou e que quando recobrou os sentidos estava ensanguentado e visualizou Luciana ferida e desfalecida e que, desesperado e desorientado, ligou o carro e partiu para a cidade. O ladrão roubou os celulares deles e uma carteira com a quantia de R$ 500.

Luciana Gonçalves da Silva, 36 anos, que era solteira e residia no Jardim Ipê, foi atingida por um disparo na região temporal direita e já chegou morta à Santa Casa. 

Zelão foi alvejado no lado esquerdo do rosto e na nuca, foi atendido no Pronto Socorro e posteriormente, com dois projéteis alojados no cérebro, transferido para o Hospital Regional em Sorocaba, onde ficou internado por diversos dias.

Prisão temporária revogada

A ocorrência foi registrada pelo delegado de plantão Oscar Garcia Machado Junior, delegado do município de Piedade que respondia pelo plantão naquele final de semana em Pilar do Sul, que, diante de dúvidas e informações inicialmente contraditórias, suspeitou que Zelão tivesse matado Luciana e tentado suicídio e, por conta disso, solicitou a sua prisão temporária.

O pedido foi analisado pela juíza Bárbara Syuffi Montes, do plantão judiciário em Sorocaba, que decretou a prisão de Zelão para que fossem aprofundadas as investigações e avaliadas as suspeitas, que depois não se confirmaram.

No dia 5 de dezembro, já com os primeiros resultados de laudos do IML, o delegado Milton Andreoli solicitou a revogação da prisão temporária de Zelão, que foi concedida pelo juiz titular de Pilar do Sul, Dr. Ricardo Augusto Galvão de Souza no dia seguinte.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. QUE MATÉRIA EM SÉRGIO, MEUS PARABÉNS ISSO QUE É PASSAR A NOTÍCIA COM QUALIDADE E DETALHADAMENTE ! JUSTIÇA SEJA FEITA E QUE O VERDADEIRO CULPADO SEJA PRESO !

    ResponderExcluir