Trabalhadores e estudantes pilarenses anunciam adesão à greve geral desta sexta-feira


O Conselho Municipal da Juventude e os sindicatos dos Servidores Públicos Municipais (Sindpub) e dos Trabalhadores Rurais (STR) anunciaram adesão à greve geral programada para acontecer nesta sexta-feira (28) em todo o Brasil.

A greve geral foi convocada pelas centrais sindicais e movimentos sociais em protesto às reformas da previdência e trabalhista, propostas pelo governo Michel Temer (PMDB).

A paralisação está prevista para começar nas primeiras horas da manhã e já conta com adesão de professores, motoristas, policiais, bancários, funcionários do Correios e diversas categorias de trabalhadores de todas as regiões do país.

Pilar do Sul
De acordo com Ovídio José de Góes, presidente do sindicato dos funcionários públicos, a concentração terá início às 8 horas na Praça Cel. Fernando Prestes, centro, onde será realizada uma assembleia sobre a manifestação. Veja o edital:

Edital de Convocação
Assembleia de mobilização para o dia 28 de abril de 2017, sexta-feira, aos sócios e não sócios para participar do ato de Paralisação Geral, salvo os 30% essenciais por lei, em protesto das reformas trabalhista e previdenciária, onde o governo na pessoa do Presidente do Brasil Sr. Michel Temer, enviou aos parlamentares mudanças estas que prejudicam e muito as constituições da CLT (Consolidações das Leis Trabalhistas) e da Seguridade Social. Contamos com o apoio das Centrais Sindicais e Sindicatos do Ramo e jurídicos na área trabalhista, sito a Praça Central da cidade na parte da manha às 8 horas.

“Luta em direitos dos Servidores e de toda a Sociedade”

Ovídio José de Góes – Presidente
Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Quando tínhamos outros na presidência e eles estavam iludindo o povo, cometendo crime de responsabilidade fiscal, não podia pois era errado, mesmo eles não mechendo em nossos direitos adquiridos e agora que temos um outro que está dando um choque de realidade na população , falando de reformas na previdência , reforma na CLT ,tirando contribuição sindical obrigatória , este também está errado, o que se Fassa pra agradar o povo nunca será o bastante,
    Tá mais que na hora de se fazer a reforma dá previdência a nossa sociedade está a cada dia reduzindo o número de crianças nas famílias isso vai ter um custo a longo prazo que não vê quem não quer , nossas leis trabalhistas estão muito antigas são do tempo de Vargas , os sindicatos e lógico que são contra a não ser obrigatório a contribuição se eu fosse sindicalista eu também seria não poderia se esperar menos .
    As robalheiras não as diminuo mas são apenas um dos fatores que está levando a nossa sociedade a entrar em colapso , o segredo para que nossa sociedade não entre em um declínio maior e a educação formar cidadãos críticos e não somente os ensinar para serem apenas funcionários , nosso governo não quer pessoas críticas eles querem pessoas que não questionam, e mais fácil de controlar​

    ResponderExcluir