Acusado de furtar orquídeas ganha a liberdade mais uma vez


Derik Garcia da Silva, preso na sexta-feira (16) acusado de furtar orquídea de uma residência na Santa Cecília (aqui), ‘ganhou’ o direito de responder a mais um inquérito em liberdade.

A decisão da justiça foi proferida durante a audiência de custódia realizada pelo plantão judicial, em Sorocaba, no sábado (17), pelo juiz Emerson Tadeu Pires de Camargo., que observou que o flagrante se encontrava em ordem, mas que Derik “fazia jus ao benefício da liberdade provisória”.

“Com efeito, não vislumbro a permanência dos motivos ensejadores da necessidade da prisão cautelar. A prisão processual é medida de caráter excepcional, possível apenas nos casos em que justificada a sua imprescindibilidade”, justificou.

A liberdade ao acusado, sem fiança, foi concedida mediante o compromisso de ele comparecer a todos os atos e termos do processo, sob pena de revogação.

O acusado não poderá se ausentar da cidade por mais de 15 dias, sem autorização da justiça, e terá que que se recolher no período noturno, entre as 22h e às 6 horas da manhã do dia seguinte, durante os dias úteis, e durante todo o período nos finais de semana e feriados.

Responde a 13 processos

Segundo a polícia, Derik Garcia da Silva, 22 anos, está indiciado em sete inquéritos policiais em Pilar do Sul e outros dois na cidade de Tapiraí.

Além disso, tem quatro processos dele na Justiça, todos por furto, sendo dois em Juquiá (2013 e 2016) e outros dois em Piedade (ambos em 2016).
Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário