Homem que matou colega durante briga vai a Júri Popular nesta quinta


Será realizado nesta quinta-feira (25) a partir das 10h no plenário da Câmara Municipal o julgamento de Arnaldo Caetano, 43 anos, acusado de matar Brasílio de Proença Filho, 58, durante uma briga em 22 de fevereiro deste ano (leia aqui).

Segundo a denúncia, a dupla consumia bebidas alcoólicas na Praça Central quando se desentenderam e iniciaram uma briga. Arnaldo sacou de um canivete e golpeou o colega no tórax. Brasílio foi socorrido, mas morreu 8 dias depois no Hospital Regional em Sorocaba (aqui).

Preso em flagrante e réu confesso, Arnaldo alegou ter sido xingado e ofendido por Brasílio e que, por isso, lhe golpeou com o canivete.

O réu foi denunciado por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima.

A sessão do Tribunal do Júri será presidida pelo juiz Ricardo Augusto Galvão de Souza, titular da comarca de Pilar do Sul.

A acusação ficará a cargo do promotor público Luiz Fernando Guinsberg Pinto, enquanto que a defesa do réu será exercida pelo advogado Rodrigo da Silveira Camargo.
Como o Fórum não dispõe de plenário, o julgamento é realizada na Câmara Municipal / Foto: Arquivo / Sérgio Santos.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário