Ladrão é preso em flagrante após furtar sindicato no bairro Campo Grande


Câmeras flagraram o roubo. Assista aqui / Foto: Reprodução
A Polícia Militar prendeu Derik Garcia da Silva, 22 anos, acusado de roubar uma bolsa com R$ 1.950, em dinheiro, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais no bairro Campo Grande.

O roubo aconteceu por volta de 14h desta quarta-feira (25) e foi flagrado pelas câmeras de monitoramento do estabelecimento (assista aqui).

O presidente do sindicato, Odair Ricardo, 57 anos, disse que se ausentou do escritório por alguns minutos para ir ao banheiro e, nesse momento, o indivíduo adentrou o estabelecimento, pegou a bolsa e fugiu.

O sindicalista disse que ainda perseguiu o ladrão, mas desistiu porque o indivíduo sacou de um revólver e o ameaçou.

A PM foi acionada e a equipe composta pelo sargento Rossi, cabo Francis, soldados Júlio e Silva Oliveira, iniciaram as buscas ao suspeito.

Com a filmagem e a característica do ladrão, ele foi localizado e preso no bairro Santa Cecília. Já tinha se livrado da arma e de parte do dinheiro roubado. Com ele foi recuperado apenas R$ 170.

Derik confessou o crime, mas negou que estivesse armado e se recusou a revelar para quem havia repassado o restante do dinheiro.

Conduzido à Delegacia e apresentado ao delegado Milton Andreoli, ele foi autuado em flagrante acusado de roubo.

Ainda na delegacia, Derik confessou um furto à uma loja de departamento, ocorrido na terça-feira (24), e também foi autuado por esse crime e recolhido à cadeia local, ficando a disposição da justiça.

Derik Garcia da Silva já é um antigo conhecido dos meios policiais. Ele tem diversas passagens por furto e responde a, pelo menos, 15 inquéritos policiais em Pilar do Sul, Piedade, Tapiraí e Juquiá.

Em Pilar do Sul ele ficou conhecido como ‘ladrão de orquídeas’, pelos diversos furtos desse tipo de planta na cidade.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário