Marido que matou mulher é condenado por feminicídio há 14 anos de prisão


O juiz Ricardo Augusto Galvão de Souza proferindo a sentença / Fotos: Sérgio Santos
O ajudante geral Marcos de Amorim Silva, 45 anos, foi condenado pelo Tribunal do Júri por feminicídio* e sentenciado pelo juiz Ricardo Augusto Galvão de Souza a uma pena de 14 anos de prisão por ter matado a mulher Suzana da Silva, 44.

O julgamento aconteceu na manhã desta quinta-feira (9) no plenário da Câmara Municipal e contou com a atuação do promotor Vitor Petri, na acusação, e do advogado piedadense Éder Lima Fresneda e sua assistente Tatiane Cristina Ferraz, na defesa do réu.

Defesa e acusação convergiram na mesma tese, de feminicídio* praticado com crueldade, mas ambos postularam pelo afastamento das agravantes (qualificadoras) de motivo fútil e emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, tese acatada pela maioria do Conselho de Sentença, formado por quatro mulheres e três homens.

Marcos de Amorim Silva foi condenado por feminicídio* praticado por meio cruel (cuja pena varia entre 12 e 30 anos de prisão).

Ao proferir a sentença, o juiz Ricardo Augusto Galvão de Souza considerou as agravantes, mas reconheceu a atenuante da confissão e fixou a pena base em 14 anos de reclusão, regime inicial fechado.

Como já tem passagens por tráfico de drogas, embriagues ao volante e lesão corporal seguida de morte, o réu, que está preso desde o dia do crime, terá que cumprir três quintos da pena (8 anos e 6 meses) para progredir para o regime semiaberto.

O crime

O crime ocorreu no dia 4 de março deste ano na residência do casal no Jardim Panorama (leia aqui).

Segundo a denúncia, na madrugada de 5 de março deste ano, desconfiado de que a mulher o traía, durante uma discussão, o acusado investiu contra a mulher com murros e a esfaqueou no ombro.  Em seguida, a puxou pelo cabelo e apertou seu pescoço, asfixiando-a até a morte.

*Feminicídio é o crime de ódio, baseado no gênero, principalmente quando cometido pelo homem contra a esposa ou companheira no ambiente doméstico.
Advogado de defesa Éder Lima Fresneda / Fotos: Sérgio Santos
Promotor púbico Vitor Petri / Fotos: Sérgio Santos

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário