Aposentado também é vítima de golpe e perde mais de R$ 2 mil em agência bancária de Pilar do Sul


Golpista estão agindo no final de semana no BB / Arquivo/BSS.
Um aposentado de 76 anos procurou a Delegacia de Polícia nesta segunda-feira (18) para registrar um boletim de ocorrência de um golpe que sofreu na tarde de sábado (16) dentro do setor de autoatendimento do Banco do Brasil de Pilar do Sul.

Segundo suas declarações, ele se dirigiu ao banco para utilizar o caixa eletrônico, mas o seu cartão ficou retido no equipamento.

Dentro do saguão da agência havia dois homens e um deles, gordo e alto, falou para ele utilizar um telefone que estava próximo ao caixa para ligar para a central de cartões do banco.

O idoso disse que se distanciou do terminal para efetuar a ligação. Ao pegar o telefone a pessoa do outro lado da linha pediu para que ele relatasse o ocorrido e que informasse a senha e o CPF.

Ao terminar a ligação, retornou ao caixa e percebeu que o cartão não estava lá e que os dois homens tinham ido embora.

Apenas na segunda-feira, ao retornar a agência, o aposentado percebeu que o telefone que utilizara não estava lá e perguntou a um funcionário do banco se eles o tinham retirado.

O funcionário estanhou o fato e disse ao cliente que jamais o banco tinha colocado tal telefone.

O aposentado então relatou o ocorrido e o funcionário tirou um extrato e descobriu os desfalques da conta do idoso.

Os golpistas utilizaram o cartão do aposentado para efetuar pagamentos de licenciamentos de dois veículos, um VW Bora e uma motocicleta Yamaha YBR (ambas com placas de São Paulo, capital), um total de R$ 1.705,33, e para fazer um empréstimo de R$ 574,83, causando um prejuízo total de 2.280,16 ao idoso.

Duas vítimas, apenas no sábado

O aposentado é a segunda vítima de golpistas dentro da mesma agência bancária.

Ainda no sábado (16) uma mulher de 48 anos foi vítima do mesmo tipo de golpe (leia aqui).

Após ter o cartão ‘engolido’ pelo caixa eletrônico, os golpistas a induziram a ligar no mesmo telefone. Depois furtaram seu cartão e o utilizou para fazer duas compras, de R$ 2.300 e R$ 1.000.

Nota do Banco

Em nota enviada a TV Tem, o Banco do Brasil informou que está apurando os casos e que reforça seu compromisso em orientar seus clientes durante os atendimentos por meio de avisos em todos os terminais, especificamente com relação à proteção de senhas e a não aceitar auxílio de estranhos, com o objetivo de evitar ações de criminosos.

Disse ainda que possuí monitoramento de imagens de suas dependências e que irá colaborar com as investigações policiais.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário