Caminhoneiros aderem à greve e interditam rodovia em Pilar do Sul


O movimento foi deflagrado em todo o país e conta com adesão de trabalhadores de 21 estados e do distrito federal

Caminhoneiros interditaram nesta terça-feira (22) o trecho urbano da rodovia Francisco José Ayub (SP-264) na altura do quilômetro 142, entre as rotatórias de acesso a SP-250 e do Portal da entrada de Pilar do Sul.

O protesto, realizado neste momento por profissionais autônomos e por funcionários de transportadoras, é contra o aumento dos combustíveis, as tarifas das praças de pedágios e a alta carga tributária.

Apenas carros de passeio, veículos transportando produtos perecíveis, ônibus e ambulâncias estão sendo liberados pelos manifestantes para prosseguir viagem pela SP-264.

Os caminhoneiros queimam pneus, exibem faixas e pedem a adesão dos demais motoristas que tentam passar pelo local, mas o movimento é pacífico.

Uma viatura da Polícia Militar de Pilar do Sul estava no local e informaram que estavam apenas observando e orientando os manifestantes, podendo intervir em algum eventual conflito, mas que aguardavam a chegada da Polícia Rodovia, que tem jurisdição sobre a rodovia.

Os manifestantes disseram que o protesto não tem hora, nem data, para terminar. 

Manifestações parecidas estão sendo realizadas na rodovia SP-250, região de Piedade, Sorocaba e Votorantim.

A greve geral da categoria foi deflagrada na segunda-feira (21) em todo o país e conta com adesão de trabalhadores em, pelo menos, 21 estados e no distrito federal.

Fotos: Sérgio Santos / Portal Pilar News


Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário