Homem que matou mulher e jogou em fossa será julgado nesta quinta-feira


Florisvaldo G. Silva é acusado de feminicídio / Foto: Divulgação.
Acontecerá nesta quinta-feira (30), a partir das 13h30 no auditório da Câmara Municipal, a sessão do Tribunal do Júri para julgamento de Florisvaldo Gama da Silva, 45 anos, acusado de feminicídio e ocultação de cadáver da sua amásia Alzira Mara Francisco.

O crime foi cometido no mês de novembro do ano passado (leia aqui) em um barraco que o casal residia, no bairro da Lavrinha, próximo ao entreposto da empresa MNS, as margens da rodovia Nestor Fogaça (SP-250).

Segundo a denúncia, durante uma discussão por ciúmes, o catador de materiais recicláveis matou a mulher com golpes de ferro e ocultou o cadáver na fossa.

Florisvaldo Gama da Silva é acusado de homicídio, triplamente qualificado, cometido por motivo fútil, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, praticado contra a mulher por razões de condição de sexo feminino.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário