Família procura por jovem e bebê desaparecidas há mais de 20 dias



A família da estudante Tainá de Queiroz Mendes, 18 anos, e da filha dela, Sofia Helena da Silva, de apenas 8 meses, estão desesperados a procura delas, que não são vistas desde sábado, dia 3 de novembro.

Segundo Raul Kennedy da Silva, 19, marido de Tainá, ele estava trabalhando em uma cidade no extremo noroeste do estado e se ausentou de casa em Sorocaba, onde o casal residia, por alguns dias e quando retornou não encontrou a mulher e a filha.

Segundo as informações obtidas por ele, Tainá e Sofia teriam saído de casa em companhia de um colega seu de trabalho, que teria convencido a mulher que ela iria se encontrar com o marido.

Segundo Raul a mulher e a bebê foram raptadas pelo colega, uma vez que ele não teria pedido para ele as levar ao seu encontro.

Raul disse que, por conta do trabalho, conheceu o colega havia cerca de quatro meses e pouco sabe sobre ele, mas que foi informado que o mesmo já tem passagem pela polícia, costuma utilizar documento falso e é foragido da justiça.

“Eu não acredito que a Tainá foi com ele de livre e espontânea vontade, uma vez que estava tudo bem entre a gente, sem avisar o pai dela, a família dela e eu”, disse Raul.

Com todos os envolvidos são de Pilar do Sul, um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia de Pilar e posteriormente encaminhado para a Delegacia de Sorocaba, onde se deu o desaparecimento, que está investigando o caso.

Quem tiver qualquer informação do paradeiro de moça e do bebê pode entrar em contato com a Polícia Militar (190), Polícia Civil de Pilar do Sul (15) 3478-5340 (ou 147), Disque Denúncia 181 ou com a família pelos celulares: (015) 99125-7066 e 99688-1548.



O caso repercutiu na TV Record e foi divulgado no programa Cidade Alerta (veja aqui).

Fotos: Divulgação.


Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário