Homem que estava desaparecido é encontrado morto em mata no Jardim Cananéia


Dinho Tostão tinha 56 anos / Foto: Arquivo de Família.
O pedreiro José Antonio Neto (Dinho Tostão), de 56 anos, foi encontrado morto no início da noite desta sexta-feira (14) em uma área de mata no Jardim Cananéia, em Pilar do Sul.

Dinho estava desaparecido havia aproximadamente um mês, quando, segundo a família, teria se envolvido em uma confusão com três indivíduos , sendo perseguido por eles, e desde então não foi mais visto.

O boletim de ocorrência de desaparecimento foi registrado nesta sexta-feira e o corpo foi encontrado por familiares e pessoas que faziam buscas numa mata próxima a casa onde Dinho residia sozinho.

O corpo estava em um local de difícil acesso, próximo a um lago, em adiantado estágio de decomposição e, de acordo com a polícia, apenas uma perícia detalhada a ser realizada pelo IML (Instituto Médico Legal) poderá apontar a causa da morte.

Uma filha de Dinho declarou à polícia que as pessoas que localizaram o corpo perceberam perfurações no abdome de Dinho, mas que não é possível afirmar se eles foram provocados por violência, ou por conta da decomposição.

Após a perícia no local feita pela Polícia Cientifica, o corpo foi resgatado pela Funerária Paraíso e conduzido para necropsia no IML, em Sorocaba.

Por conta do avançado estágio, não haverá velório e assim que o corpo retornar do IML já será sepultado, mas o local e horário inda não foram definidos.

Foi goleiro da seleção da cidade

Um dos hobbies de Dinho Tostão foi o futebol e o futsal onde se destacou com galhardia. 

Depois de autuar durante anos como goleiro, apontado como um dos melhores da posição na cidade, Dinho se tornou árbitro e bandeirinha.

Entre tantas conquistas no esporte, já veterano, em 5 de novembro de 2002,  Dinho defendeu a meta da Seleção de Pilar do Sul em um amistoso contra os juniores do Ituano FC, jogo comemorativo alusivo ao aniversário da cidade.

O time perdeu de 3 a 0, mas tanto Dinho como os demais atletas pilarenses fizeram bonito contra os profissionais da cidade de Itú.

Dinho era divorciado, deixa 3 filhos e 7 netos

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Comentar
    Comentar com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário