Polícia identifica e indicia casal acusado de matar boi e furtar carne


Parte da carne furtada e o machado usado para matar o boi.
O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Pilar do Sul esclareceu o furto ocorrido na noite de terça-feira em um sítio no bairro Turvo dos Antunes.

Naquela ocasião, ladrões invadiram o sítio, mataram e esquartejaram um boi e furtaram parte da carne do animal (leia aqui).

Na tarde desta quarta-feira (5), enquanto apuravam denúncias anônimas referentes ao caso, os investigadores se deslocaram até uma residência no Jardim Panorama onde localizaram um veículo Ford Belina, utilizado para transportar a carne, o machado, usado para matar o boi, ambos ainda sujos de sangue, e 28 quilos de carne, acondicionado em diversas sacolas de supermercado dentro da geladeira.

Na casa estava apenas uma mulher, Maria da Gloria Santos da Silva, 42 anos, que, diante das evidências, confessou que ela e o marido, Marcelo Garcia de Morais, 30 anos, realizaram o furto do boi.

Segundo a polícia, a mulher disse que ela e Marcelo, que são amasiados, vão se casar no próximo sábado e que a carne seria utilizada na festa.

A mulher, o carro, o machado e a carne foram conduzidos a Delegacia, onde mais tarde o homem compareceu e também confessou o furto. Ele disse que agiu sozinho e que matou o boi a machadadas, enquanto a mulher ficou esperando dentro do carro.

Após ser interrogado, o casal foi indiciado por furto pelo delegado Milton Andreoli, mas, como já havia transcorrido o período do flagrante, eles responderão o inquérito em liberdade.

Fotos: Divulgação / Polícia Civil.

O carro utilizado no furto foi apreendido e recolhido ao pátio do guincho.

Compartilhar no Google Plus

Sobre Sergio Santos

Jornalista, radialista e publicitário. Editor responsável pelo Blog do Sérgio Santos. Registro de Jornalista MTB 51.754 / SP.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. O bandido não ficou preso? Então vou comentar o que? Se a própria justiça incentiva a bandidagem, tinha ao menos fazer ressarcir o proprietário pelos danos, vamos esperar o que? Lamentável.

    ResponderExcluir